quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Suspeito de tentar matar secretário da Ammpla em Petrolina é identificado

Foto: Marco Aurélio/Rádio Jornal Petrolina

A Polícia Civil divulgou ontem quarta-feira (18) a identidade do suspeito de ser o autor do atentado contra o secretário-executivo da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), José Carlos Alves, de 48 anos, no dia 11 de dezembro de 2019. O secretário foi atingido por quatro tiros, quando saía de casa, no bairro Cidade Universitária, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Segundo o delegado Dr. Gregório Ribeiro, responsável pelo caso, a polícia chegou ao marceneiro Wellington Pereira dos Santos, 27 anos, depois que refez o percurso dele após crime, o que foi gravado por algumas câmeras de monitoramento. Com isso, a corporação conseguiu um mandado de prisão para deter o suspeito, o que ainda não foi cumprido devido à fuga dele desde o dia do crime.

 "Tentamos cumprir o mandado de prisão, mas a notícia que nós temos é que, desde o fato, ele está sumido da cidade. Por conta disso, não foi possível dar cumprimento ao mandado de prisão", afirma o delegado Gregório.

Ainda de acordo com o delegado, Wellington Pereira andou cerca de 3 km após o crime para tentar despistar a polícia em uma possível investigação. "O suspeito organizou a fuga muito bem. Ele tirou a balaclava, a camisa de proteção solar e dispensou todo esse material em um terreno. Ele ainda trocou de camisa durante a fuga”, contou o delegado.

A investigação da Polícia Civil mostrou que o suspeito passou a noite em frente à casa da vítima por ter chegado dois minutos após a chegado do secretário em sua residência. "Ele se atrasou por dois minutos e, por isso, passou das 22h da noite anterior ao crime, até as 6h40 do dia do atentado sentado, escondido atrás de uma árvore, na frente da casa da vítima", falou Gregório Ribeiro.
Motivo

Para o delegado, ainda é muito cedo para apontar a possível motivação do atentado, ele explicou que a polícia priorizou, inicialmente, a busca pelo suspeito de ser o autor do crime, para a partir disse, iniciar uma outra fase em busca do mandante.

A polícia pede a colaboração da população que pode notificar a corporação caso tenha qualquer informação sobre Wellington Pereira dos Santos por meio do Disk Denúncia, no telefone: (87) 98808-4513.



Fonte: Rádio Jornal do Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic