quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Governador exonera dois auxiliares alvos da Operação Calvário

Alvos da sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final, os secretários Cláudia Veras Edvaldo Rosas foram exonerados pelo governador João Azevêdo (sem partido). A informação consta na edição desta quarta-feira (18) do Diário Oficial do Estado.

Veras é ex-secretária de Saúde do Estado e atualmente estava lotada na Secretaria de Executiva de Desenvolvimento e da Articulação Municipal. Ela foi presa preventivamente nesta terça-feira (18). Rosas, que deixa a Secretaria de Governo, era presidente estadual do PSB e foi alvo de mandados de busca e apreensão.

Cláudia Veras é apontada de participar ativamente do suposto esquema de corrupção na Saúde durante o governo de Ricardo Coutinho, enquanto Edvaldo Rosas é apontado como beneficiário direto de propinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic