sexta-feira, 24 de maio de 2019

TORITAMA = POLÍCIAS CIVIL E MILITAR REALIZARAM OPERAÇÃO EM TORITAMA E PRENDERAM OITO MARGINAIS ENVOLVIDOS EM HOMICÍDIOS E TRÁFICO DE DROGAS.


Foi realizada na manhã desta sexta-feira (24), na sede da Dinter-01 da Polícia Civil em Caruaru, uma coletiva de imprensa com a delegada da cidade de Toritama, Dra. Érica Feitosa, o Delegado Seccional de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Flaubert Queiroz, o Comandante da 2ª Companhia do BEPI, Major Pedro Morais, o Comandante do 24º BPM de Santa Cruz, Tenente-Coronel Lúcio Flávio e o Comissário, Charliston, para falar dos detalhes da operação de intervenção policial tática denominada “Operação Coqueiral” realizada na manhã desta sexta (24), em Toritama.

Essa operação contou com a atuação de aproximadamente 70 policiais civis e militares com o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisões de integrantes de uma quadrilha de traficantes que é responsável por alguns homicídios na cidade e vinha aterrorizando os moradores de Toritama.

A delegada de Toritama, Dra. Érica Feitosa, informou que as investigações tiveram início em fevereiro de 2019 em face de vários crimes de homicídio ocorridos na cidade com ligação ao Tráfico de Drogas e que durante a operação, foram cumpridos 02 (dois) mandados de prisões, bem como, dez mandados de busca e apreensão domiciliar, todos expedidos pelo Excelentíssimo Juiz de Direito da Vara da Comarca de Toritama. Da ação, foram oito pessoas presas em flagrante delito pelos crimes de tráfico ilícito de entorpecentes e posse de arma de fogo.


Os presos na operação são: Diego Henrique da Silva; Vagner Antônio da Silva; Evaldo Jelson da Silva; Gilson Silva Dias; Ruan Junior da Silva; Rogério Manoel dos Santos; Renê Martins de Moura e Clebson José da Silva, que após os procedimentos de praxe, foram encaminhados para o Hospital local para a realização de exames traumatológicos, dois serão levados para o Presídio de Santa Cruz do Capibaribe, enquanto que os demais terão que passar por uma audiência de custódia.

Na ação, foram apreendidos 160 papelotes de maconha; um pé de maconha; uma porção de maconha com aproximadamente 60 gramas; 53 cartuchos de espingarda Calibre 12 e um de Calibre 20 intactos; três revólveres Calibre 38 com oito munições intactas e dois aparelhos celulares.

O Comandante da 2ª Companhia do BEPI, Major Pedro Morais, disse que a sua corporação está trabalhando em parceria com a Polícia Militar e não descansará com a sua tropa enquanto houver criminosos na área.



Fonte: Blog do Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic