sexta-feira, 22 de março de 2019

HOMICÍDIO – RADIALISTA CLAUDEMIR NUNES É ASSASSINADO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE - PE

Foi assassinado a tiros no início da tarde desta quinta-feira (21) o radialista Claudemir Nunes Silva, 38 anos. O crime ocorreu próximo a Rádio Comunidade FM, onde o mesmo trabalhava na Rua José Gerônimo, Bairro São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Pernambucano.

Segundo informações de testemunhas, o criminoso estaria a pé e encostado a Igreja São Cristóvão, após o radialista deixar o prédio da emissora, o assassino se aproximou de Claudemir e efetuou os disparos.

Após o crime, o assassino trocou a camisa e fugiu a pé no sentido avenida 29 de Dezembro, Centro da cidade.

Foto: Blog do Ney Lima

Uma equipe do Instituto de Criminalista (IC) esteve no local, onde realizou o levantamento cadavérico e constatou quatro perfurações. No local, não foram localizados o celular e a carteira porta com os documentos da vítima.

O Delegado disse que nesse primeiro momento a Polícia Civil trabalha para colher informações que possa ajudar na captura do criminoso e que as informações dão conta que um única pessoa teria praticado o homicídio. “A princípio, as investigações a priora, estão bem no início ainda, vamos apurar com mais cautela todas as informações colhidas, mas a informação início é de que um único indivíduo portando, a princípio, um revólver calibre 38 efetuou os disparos, fez uma abordagem inicial na vítima, porém, populares não souberam dizer o que ele teria proferido para a vítima, logo em seguida efetuou os disparos fatais”. 

Ainda de acordo com Dr. Bruno Machado, ainda é cedo para afirmar se o elemento esperava pela saída do radialista da emissora aonde apresentava um programa, mas que, imagens possivelmente capturadas pelas câmeras do circuito de interno de alguns estabelecimentos comerciais podem ajudar nas investigações.

 “Nesse momento é muito precipitado a gente fazer qualquer tipo de conclusão, então a gente colhe o máximo de informações possíveis, na Delegacia a gente começa a fazer um filtro, também estamos buscando aqui na região, como tem muitos comércios, eventuais câmeras de segurança que possa nos auxiliar, tanto na dinâmica do crime em si, se era realmente só uma pessoa, se chegou a pé, se chegou de moto, como também tentar identificar o autor do delito.

Dr. Bruno disse que não descarta nenhuma linha de investigação e conta com a ajuda da população para elucidar o crime que vitimou o radialista Claudemir Nunes.

 “Alguns populares disseram que antes dele ser executado, o indivíduo tomou algum dos seus pertences, outros já disseram que ele chegou e proferiu algumas palavras não identificadas executando em seguida. Então a gente não pode descartar nesse primeiros momento nenhuma linha, seja um latrocínio ou seja uma execução”, pontuou o delegado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic