terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Motorista que atropelou e matou ciclistas é solto em audiência de custódia

Foto: WhatsApp/Rádio Jornal Petrolina

Apesar das mudanças na Legislação do Código de Trânsito Brasileiro, que aumentam a punição e diminuem as brechas para motoristas embriagados ou drogados que causarem acidentes com vítimas no trânsito, o motorista que ocasionou o acidente dos dois ciclistas Anaelton Rodrigues Macêdo e Rogério Teles de Siqueira, ambos de 34 anos, em Petrolina, Sertão do Estado, foi liberado após audiência de custódia. O condutor estava com a autorização para dirigir vencida e tinha sinais de embriaguez. 

Atualmente, com a alteração no código de trânsito brasileiro, que entrou em vigor em abril deste ano, motoristas bêbados enquadrados na lei de trânsito por homicídio culposo, sem intenção de matar, devem cumprir pena de 5 a 8 anos de prisão, além de ter o direito de dirigir suspenso ou proibido.

Segundo o delegado e ex-diretor do Detran-PE, Tancredo Loyo, como o crime continua sendo apontado como culposo no Código Brasileiro de Trânsito, a liberação do motorista está prevista em lei. Para Tancredo, uma nova mudança na legislação é necessária.

Ciclistas mortos

Os dois ciclistas vítimas do acidente foram enterrados sob forte comoção na manhã desta segunda-feira, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O ciclista Alex da Silva, que era amigo das vítimas, afirma que os colegas não tiveram a menor chance de escapar do atropelamento.

O acidente aconteceu na manhã deste domingo, quando um carro atingiu dois ciclistas que trafegavam pelo acostamento, na BR-428. O motorista de 20 anos estava embriagado e teria cochilado ao volante. Ele foi detido por outros ciclistas que pedalavam na área. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas morreram no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic