quinta-feira, 14 de agosto de 2014

POLÍCIA MILITAR CAPTURA DOIS DOS TRÊS FUGITIVOS DA CADEIA DE LAJEDO

A Polícia Militar conseguiu recapturar dois dos três detentos foragidos na madrugada da última segunda-feira (11), da cadeia de Lajedo no Agreste.

Os irmãos Jairo Martins de Melo e Manoel Adirailson de Melo foram presos durante uma abordagem na cidade de Olinda na Região Metropolitana, em poder deles estava uma moto Honda BIZ de placa PGR-4067, os policiais consultaram os dados dos marginais e contataram que eles eram foragidos do sistema prisional.

A dupla foi encaminhada ao COTEL em Abreu e Lima de onde devem ser recambiados para a Cadeia de Lajedo.

A INCRÍVEL TRAJETÓRIA DE MARINA SILVA QUE VOCÊ NÃO CONHECIA

A ex-senadora Marina Silva passou pelo PT e pelo PV e ano passado ela subiu num palanque adornado com a bandeira do Brasil, deu a mão esquerda ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (1965-2014) e, citando o poeta amazonense Thiago de Mello, de quem tanto gosta, disparou: “Se não é possível um novo caminho, há que se aprender uma nova forma de caminhar”.



LISTA DAS PESSOAS MORTAS EM QUEDA DE AVIÃO QUE MATOU EDUARDO CAMPOS

Saiu agora a pouco a lista com o nome dos outros mortos no acidente que vitimou o candidato a presidência e ex-governador de PE Eduardo Campos.

Os mortos são:
Alexandre Severo Silva – fotógrafo
Carlos Augusto Percol – assessor
Eduardo Campos – candidato à presidência

Geraldo Henri Cunha – piloto
Marcelo Lira – Cinegrafista
Marcos Martins – piloto
Pedro Valadares Neto – advogado e político de Sergipe

A QUEDA
A aeronave caiu em uma casa ao lado de uma academia em Santos, no litoral de São Paulo, por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira (13). Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na esquina das ruas Vahia de Abreu e Alexandre Herculano, no bairro Boqueirão. Eduardo Campos e os outros seis ocupantes da aeronave morreram. Ao todo, três imóveis foram atingidos. De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave é um Cessna 560XL, prefixo PR-AFA e caiu quando se preparava para pousar na cidade de Guarujá. Chovia no local e por conta da baixa visibilidade o piloto decidiu arremeter.

AERONÁUTICA JÁ COMEÇOU A INVESTIGAR QUEDA DE AVIÃO QUE MATOU EDUARDO CAMPOS

O Comando da Aeronáutica já começou a investigar as causas do acidente com a aeronave em que estava o candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos. O órgão, porém, ainda não tem informações sobre a quantidade de pessoas que estavam no avião, nem sobre o estado dos tripulantes.

O Comando da Aeronáutica confirmou apenas informações iniciais sobre o acidente. A aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu por volta das 10 horas, em Santos, litoral de São Paulo.

O avião decolou do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto do Guarujá (SP). Quando a aeronave se preparava para pousar, arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A nota é assinada pelo Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.

Análise política

O cientista político e colunista do jornal “O Estado de S. Paulo”, Carlos Melo, disse ser difícil fazer agora qualquer análise a respeito das implicações políticas da morte do candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos.

“Com a morte de Eduardo Campos o País perde, neste momento, uma liderança que estava colocada”, afirmou. Segundo ele, no entanto é preciso esperar “como as coisas vão se acomodar, como o PSB vai agir e como o eleitor vai se comportar” em relação ao falecimento do ex-governador de Pernambuco

EDUARDO CAMPOS MORREU NO MESMO DIA DO AVÔ MIGUEL ARRAES

O candidato a presidente do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) após a queda do jato particular em que viajava em um bairro residencial em Santos, no litoral paulista. Campos tinha 49 anos e morreu no mesmo dia que seu avô, Miguel Arraes, que também foi governador de Pernambuco. Arraes morreu de infecção generalizada em 13 de agosto de 2005.

Miguel Arraes de Alencar, de 88 anos, nasceu em Araripe, no Ceará. Filho de pequenos agricultores, estudou direito no Rio de Janeiro, mas concluiu o curso no Recife. Começou a carreira política em 1947, como secretário da Fazenda de Pernambuco. Três anos depois, foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Democrático.

Assumiu novamente a secretaria da Fazenda em 1959 e, no mesmo ano, venceu as eleições para a prefeitura do Recife. Miguel Arraes chegou ao governo de Pernambuco em 1962, com o apoio do partido comunista brasileiro. Ele foi responsável, por exemplo, pelo acordo do campo, uma negociação entre os cortadores de cana de açúcar e os usineiros, que criou um salário acima do mínimo para os trabalhadores rurais.

Em 1964, Arraes foi cassado e preso pelos militares e se exilou na Argélia. Só voltou ao Brasil em 1979 com a lei da anistia. Em 1982, foi eleito deputado federal. Quatro anos depois, governador de Pernambuco, pela segunda vez. Em 1990, deixou o PMDB e criou o Partido Socialista Brasileiro. De 1994 a 1998 governou o estado de Pernambuco, pela terceira vez.

Com informações do Globo.com

LUTO E DESPEDIDAS

Além de Eduardo Campos, tragédia levou mais três pernambucanos brilhantes

Da Rádio Jornal
Irmãos albinos foram imortalizados em fotografia genial. Foto: Alexandre Severo

A tragédia aérea que vitimou Eduardo Campos, na manhã da quarta-feira (13), deixou Pernambuco “órfão” de três outros grandes Pernambucanos, craques de primeira em suas áreas. Alexandre Severo, Marcelo Lyra e Carlos Percol fazem e farão muita falta.
Foto: reprodução/facebook

O fotógrafo Alexandre Severo, ex-membro do Jornal do Commercio, era um daqueles craques da fotografia que conseguem deixar qualquer um perplexos com tudo que ele consegui traduzir de palavras para imagens.
Foto: reprodução/facebook

Marcelo Lyra era, sobretudo, um poeta. Não que escrevesse versos, ao que se sabe, mas pelo modo como tecia as críticas cinematográfica e como costurava seus filmes. Era jornalista, assim como Carlos Percol, mas preferia a sensibilidade das imagens.
Casamento de Percol e Cecília Ramos foi realizado em abril. Foto: reprodução/facebook

Carlos Percol, que nasceu Carlos Augusto, era filho de Carlinhos Ramos Leal, um dos maiores pontas-direita que o Sport já viu. Dizem que filho de peixe, peixinho é, e ele foi durante muito tempo um dos artilheiros do time da imprensa. Era também um craque das letras, um assessor de ponta.

E lá se foram. Só temos que agradecer pelo legado que deixaram.

POLÍCIA PROCURA ACUSADO DE ASSASSINAR MULHER NO ANO DE 2012, EM GARANHUNS


A Polícia Civil de Garanhuns pede ajuda da população para localizar o paradeiro de Ercleiton Mastroiane Nunes da Silva, elemento acusado de assassinar a golpes da faca peixeira a ex-companheira, Patrícia da Silva Serafim, de 23 anos. O crime ocorre no dia 18 de fevereiro do ano de 2012, na Travessa Leão Treze, bairro do Indiano em Garanhuns. De acordo com a polícia, após a prática do crime, o acusado se evadiu e nunca mais foi visto.
O homicídio é investigado pela 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns.

Qualquer informação dever ser repassada imediatamente para os telefones da 22ª Delegacia de Homicídios, através dos números: (87) 3761 – 8585 / (87) 3761 – 8587. Sigilo Garantido.


Para o internauta a delegacia disponibiliza o e-mail: 22dph.garanhuns@policiacivil.pe.gov.br

TRAGÉDIA

Ex-governador Eduardo Campos morre em queda de avião que ia do Rio de Janeiro a São Paulo

Da Rádio Jornal

Atualizada em 14.08.2014 às 10h05
Crédito: Valmir Lima/ Ouvinte JP

Muitas decisões ainda estão sendo tomadas nesta quinta-feira (14), um dia após a tragédia que matou o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos. A reportagem da Rádio Jornal está acompanhando as investigações sobre o acidente aéreo, bem como os preparativos para o traslado dos corpos das vítimas.

O velório de Campos será no Palácio das Princesas, segundo o governador João Lyra Neto (PSB). O enterro será no Cemitério de Santo Amaro, na Zona Central do Recife. As datas ainda não foram definidas, pois dependem da liberação do corpo pelo IML (Instituto de Medicina Legal).

Em entrevista a Rádio Jornal, o governador de Pernambuco, João Lyra Neto, explicou que viaja nesta quinta para São Paulo, onde conversará com o governador do Estado, Geraldo Alckmim, sobre o cronograma de despedida das vítimas. Ele também conversou com as famílias sobre os procedimentos.

Também em entrevista a Rádio Jornal, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, comentou os difíceis momentos que todos estão passando. De acordo com ele, as vítimas e as famílias das vítimas estão recebendo o mesmo tratamento que o ex-governador Eduardo Campos e sua família estão recebendo.

Muito emocionado, o ex-deputado Federal e coordenador da campanha presidencial de Eduardo campos, Maurício Rands (PSB), comentou a enorme tristeza que está sentindo pela perda do amigo. Ele está em São Paulo e tem acompanhando o resgate dos restos mortais e dos fragmentos do avião. Em relação as decisões políticas que serão tomadas para nortear os rumos da disputa presidencial, Rands disse que “o momento de pensar nas eleições não é agora. Ainda estamos nos reconfortando e tentando reconfortar as famílias”.

A TRAGÉDIA

O candidato à presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, era um dos passageiros que estava no jato particular que caiu, na manhã desta quarta-feira (13), em Santos, no litoral de São Paulo, e matou sete pessoas. O voo saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, onde o candidato cumpriu agenda, nessa terça-feira (12), em entrevista ao Jornal da Nacional, da Rede Globo, com destino ao Aeroporto de Guarujá, em Santos, onde cumpriria uma agenda de visitas a meios de comunicação.

A caixa-preta da aeronave foi encaminhada para Brasília. Dez investigadores do Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticas (Cenipa) apurarão os fatores do acidente. A polícia já investiga as causas e eventuais culpados pela tragédia.

A confirmação de que Eduardo Campos estava no avião foi dada pelo secretário de Imprensa de Pernambuco, Ivan Maurício. Morreram em acidente com Eduardo os pernambucanos Carlos Percol, jornalista; Alexandre Severo, Fotógrafo; e Marcelo Lyra, cinegrafista. faleceram ainda Pedro Valadares, da direção do PSB nacional, e os dois pilotos do avião, Geraldo Magela Barbosa da Cunha e Marcos Martins.

De acordo com informações da Aeronáutica, o jato do modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, arremeteu devido ao mau tempo e, logo em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com o piloto. Nesta mesma data, há nove anos, morria Miguel Arraes, avô de Eduardo Campos.

A presidente Dilma Rousseff emitiu nota de pesar e decretou luto oficial de três dias. Atividades culturais e esportivas no estado também tiveram datas alteradas. As bandeiras do Palácio do Campo das Princesas estão a meio mastro em sinal de luto.


A reportagem da Rádio Jornal acompanhou a dor da perda do ex-governador do Estado, tanto em Pernambuco quanto em Brasília.

Acompanhe as últimas informações abaixo:

Em coletiva de imprensa realizada no Palácio do Campo das Princesas, o governador de Pernambuco, João Lyra Neto, expressou o pesar pela morte de Eduardo Campos. “Que a vida dele sirva de exemplo para todos nós”, afirmou o político. O governador decretou luto oficial de sete dias no Estado. 

A movimentação na casa do ex-governador Eduardo Campos foi intensa durante todos os momentos. Familiares, amigos e políticos estiveram no local.
Foto: Vanessa Falcão/Rádio Jornal
Foto: Vanessa Falcão/Rádio Jornal

O Arcebispo de Olinda e Recife esteve na residência do presidenciável para prestar solidariedade à família.

O velório de Campos será no Palácio das Princesas, segundo o governador João Lyra Neto (PSB). O enterro será no Cemitério de Santo Amaro, na Zona Central do Recife. As datas ainda não foram definidas, pois dependem da liberação do corpo pelo IML (Instituto de Medicina Legal).

ÚLTIMOS MOMENTOS

Na última entrevista de Eduardo Campos à Rádio Jornal, o comunicador Geraldo Freire abordou os planos do candidatos para o caso de ser eleito. Ele também declarou posição firme em ser contra a redução da maioridade penal.

Relembre abaixo ou clique aqui:


PERSONALIDADES LAMENTAM A MORTE TRÁGICA DE EDUARDO CAMPOS

A presidenta da República, Dilma Rousseff , a candidata à vice-presidente, Marina Silva, e o candidato à presidência da República, Aécio Neves, lamentaram a perda do ex-governador de Pernambuco, em pronunciamento:

Personalidades políticas pernambucanas também se manifestaram sobre a tragédia:

Veja também:


Homem é executado a tiros dentro de oficina de motos na cidade de Jataúba

Autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas pela polícia. Fotos: Blog Jataúba News.

Na tarde de quarta-feira (13) mais um homicídio foi registrado no município de Jataúba. O fato aconteceu na Avenida José Lopes Siqueira, no Centro da cidade.

De acordo com as informações, o policiamento foi acionado pelo proprietário de uma oficina de motos, que informou que bandidos entraram em seu estabelecimento efetuando diversos disparos de revólver, contra Alexandre da Silva Ramos (29 anos).
Os tiros atingiram a cabeça e as costas da vítima, que morreu no local. Até o momento, a motivação e o autor do crime ainda são desconhecidos, mas sabe-se apenas que a vítima residia na cidade, era ex-presidiário e que havia cumprido pena por furto e porte ilegal de arma de fogo.
Muitos pessoas estavam no local da ocorrência com a chegada da polícia.

Um adolescente, que trabalhava na oficina, também foi ferido com um disparo, que atingiu a boca. O mesmo foi socorrido ao hospital municipal de Santa Cruz do Capibaribe e transferido para o HRA.

O policiamento efetuou buscas na tentativa de localizar e prender os criminosos, mas, não obteve êxito

EDUARDO CAMPOS MORRE EM ACIDENTE AÉREO EM SANTOS

Eduardo Campos, 49 anos, candidato para a presidência pelo PSB, morreu na manhã desta quarta-feira após acidente aéreo na cidade de Santos, em São Paulo.

Estavam na aeronave o candidato e mais outras pessoas. Todos foram encaminhados para a Santa Casa de Santos, mas não houveram sobreviventes. Marina Silva não se encontrava no voo.

Campos tinha uma entrevista marcada com uma emissora local, e não houve mais contato com o candidato após as notícias do acidente.
A aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo

90% dos restos mortais já foram encontrados e buscas estão praticamente encerradas

.

Já estão praticamente finalizadas as buscas pelos restos mortais de Eduardo Campos, de seus assessores e dos dois pilotos que estavam no jato que caiu na manhã de ontem (13) na cidade de Santos, litoral paulista.

De acordo com informações reveladas pelos peritos que realizam buscas no local do acidente, 90% de todo o material humano que se espalhou por um raio de até 100 metros do local do acidente já foram recolhidos e encaminhados para o IML.

Ainda não há uma data prevista para que os primeiros resultados das investigações, que possam esclarecer como aconteceu o acidente, sejam divulgados, mas as duas caixas pretas do jato cessna já foram localizadas.

As duas caixas contem áudios das conversas do piloto com as torres de comando, além de todos os dados dos instrumentos da aeronave, itens cruciais para o andamento das investigações

Shareaholic