sábado, 29 de junho de 2013

HOMEM FOI ASSASSINADO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE



 Deu entrada no Hospital Municipal Raimundo Francelino 

Aragão de Santa Cruz do Capibaribe, José Eder da Silva 

(Edinho do Peixe) de 28 anos.

Ele foi alvejado covardemente por disparos de arma de fogo 

que o atingiu na face, populares tentaram socorrê-lo, mas, 

ao chegar ao hospital ele já estava em óbito.

Os elementos responsáveis pelo disparo se evadiram se 

deixar pistas.


Edinho vendia peixe na Avenida 22 de Abril. 

TEXTO: FERNANDO LAGOSTA
FOTOS: FERNANDO LAGOSTA

Popularidade de Dilma cai 27 pontos após protestos

20130626080016 capa Governo eleva gasto com maquiagem e penteado para falas de Dilma na TV
Pesquisa Datafolha finalizada ontem mostra que a popularidade da presidente Dilma Rousseff desmoronou. A avaliação positiva do governo da petista caiu 27 pontos em três semanas.

Hoje, 30% dos brasileiros consideram a gestão Dilma boa ou ótima. Na primeira semana de junho, antes da onda de protestos que irradiou pelo país, a aprovação era de 57%. Em março, seu melhor momento, o índice era mais que o dobro do atual, 65%.

A queda de Dilma é a maior redução de aprovação de um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do então presidente Fernando Collor de Mello, em 1990, quando a poupança dos brasileiros foi confiscada.
Naquela ocasião, entre março, imediatamente antes da posse, e junho, a queda foi de 35 pontos (71% para 36%).
Em relação a pesquisa anterior, o total de brasileiros que julga a gestão Dilma como ruim ou péssima foi de 9% para 25%. Numa escala de 0 a 10, a nota média da presidente caiu de 7,1 para 5,8.
Neste mês, Dilma perdeu sempre mais de 20 pontos em todas regiões do país e em todos os recortes de idade, renda e escolaridade.

PROTESTOS E INFLAÇÃO 
O Datafolha perguntou sobre o desempenho de Dilma frente aos protestos. Para 32%, sua postura foi ótima ou boa; 38% julgaram como regular; outros 26% avaliaram como ruim ou péssima.

Após o início das manifestações, Dilma fez um pronunciamento em cadeia de TV e propôs um pacto aos governantes, que inclui um plebiscito para a reforma política. A pesquisa mostra apoio à ideia.

A deterioração das expectativas em relação a economia também ajuda a explicar a queda da aprovação da presidente. A avaliação positiva da gestão econômica caiu de 49% para 27%.

A expectativa de que a inflação vai aumentar continua em alta. Foi de 51% para 54%. Para 44% o desemprego vai crescer, ante 36% na pesquisa anterior. E para 38%, o poder de compra do salário vai cair --antes eram 27%.
Os atuais 30% de aprovação de Dilma coincidem, dentro da margem de erro, com o pior índice do ex-presidente Lula. Em dezembro de 2005, ano do escândalo do mensalão, ele tinha 28%. Com Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a pior fase foi em setembro de 1999, com 13%.
Em dois dias, o Datafolha ouviu 4.717 pessoas em 196 municípios. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos (Informações da Folha de S.Paulo - Ricardo Mendonça)

Vaia: Dilma não vai à final da Copa amanhã no Rio

 A presidente Dilma Rousseff desistiu de assistir à final da Copa das Confederações, entre Brasil e Espanha, domingo, no Maracanã.

A assessoria do Palácio do Planalto disse que a presidente recebeu o convite da Fifa para a abertura e o encerramento, mas não confirmou presença na última partida da competição. Na abertura, no estádio Mané Garrincha, Dilma foi vaiada ao aparecer no telão, quando foi citada pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, e quando declarou aberta a Copa.

À tarde, durante entrevista coletiva no Maracanã, Blatter demonstrou certo desconforto ao ser perguntado sobre a ausência da presidente Dilma no encerramento do torneio, dizendo que gostaria de tê-la ao seu lado.

- Não recebi a confirmação se a presidente estará na final. Essa é uma questão para esse lado da mesa - disse o dirigente, apontando para Aldo Rebelo, ministro dos Esportes. - Eu ficarei feliz se ela estiver lá... mas não sou profeta e não posso dizer se ela estará lá ou não - comentou.

A avaliação de interlocutores da presidente é que, em meio a onda de protestos no país, o público do Maracanã seria hostil a Dilma. Além disso, dizem auxiliares da presidente, neste fim de semana, a presidente deve se reunir com ministros para discutir a proposta de plebiscito que mandará ao Congresso na próxima terça-feira. Dilma também deve preparar a reunião ministerial prevista para os próximos dias.(nformações de O GLOBO - Luiza Damé)


Homem forte de Eduardo faz Dilma engolir em seco

 Durante a reunião com os líderes da Câmara, ontem, no palácio do Planalto, pelo menos em um momento Dilma Rousseff ouviu o que não quis, conta Lauro Jardim, na sua coluna da VEJA:


Beto Albuquerque, homem de confiança e correligionário de Eduardo Campos, delicadamente, cutucou Dilma quando a turma tratava sobre as principais motivações dos manifestantes que vêm sacudindo o país.
Lembrou Albuquerque:


- Sabemos da importância da reforma política, mas, presidenta, a economia do país vai mal. As prioridades, mais do que nunca, são educação, saúde e segurança pública.

No RN: pouco se lixando para a voz rouca das ruas

 A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou dois projetos do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, entre eles o que concede uma gratificação de 5% a um juiz diretor de foro com mais de 15 varas. Também foi aprovada a proposta que cria o cargo de chefe de gabinete para a Secretaria de Planejamento Estratégico, pasta recém criada na estrutura organizacional do TJ, e a proposta que isenta o vice-presidente de participar das câmaras.


O outro projeto aprovado regulariza o pagamento de gratificação devida aos integrantes da Comissão Permanente de Licitação, da Comissão Orçamentista e das Comissões Disciplinares Permanentes do TJ-RN, mesmo caso para os pregoeiros e integrantes da equipe técnica de apoio aos pregões. (Informações daTribuna do Norte).

Identificada jovem encontrada morta em Taquaritinga do Norte

Postagens no Facebook revelam que jovem encontrada morta na zona rural de Taquaritinga do Norte chama-se Isabele Raysa de apenas 17 anos, ela era componente da MARCHING BAND ANA AMÉLIA da escola estadual Severino Cordeiro de Arruda. 

A notícia da morte de uma jovem adolescente chocou a cidade de Taquaritinga do Norte nesta sexta-feira (28), Isabele conhecida popularmente como "belinha" foi encontrada morta em uma lagoa na zona rural do município nas margens de uma estrada de terra entre os sítios Maracajá e a Vila do Algodão.

Fortes evidências levam a crer que a vítima pode ter sofrido violência sexual e agressões que a levaram a óbito, em seguida o corpo teria sido jogado na lagoa. Um crime brutal que entristeceu a população e deixou a cidade em clima de luto.

A adolescente era aluna da escola José Bezerra de Andrade, a direção da escola suspendeu a comemoração e as atividades dos festejos juninos devido ao fato.

Paulo Pereira

do PEmais

Donadon é mau sinal para os mensaleiros

 O ministro do STF Ricardo Lewandowski disse que a decretação da prisão de Natan Donadon é um "mau presságio" para os condenados no julgamento do mensalão. Dos 25 réus, 11 podem ir à cadeia já que tiveram penas que somam mais de oito anos. Os ministros ainda precisam decidir se os recursos apresentados pelas defesas dos réus são válidos ou não.


"A decisão é um mau presságio para os condenados no julgamento da Ação Penal 470 [a do mensalão]", afirmou Lewandowski, que foi o revisor no julgamento do mensalão.

Telhado de vidro

 Perguntado sobre desdobramentos das ameaças – publicadas num artigo de jornal recentemente – que fez de denunciar irregularidades no governo goiano de Marconi Perillo (PSDB), Carlinhos Cachoeira disse: “Marconi não caiu pra dentro”.


Traduzindo: Perillo não encarou a briga e ficou quieto. Cachoeira lançou o desafio depois que sua mulher, Andressa Mendonça, foi ignorada pela elite goiana num evento na capital do estado. (ÉPOCA - Murilo Ramos)

Donadon na cadeia: chinelo e roupa branca

 O deputado Natan Donadon (PMDB-RO) já está no Presídio do Distrito Federal 1, no Complexo da Papuda. Donadon deixou a Vara de Execuções Penais, no Setor de Rádio e TV Sul, num carro especial.O deputado tem direito a tratamento privilegiado porque formalmente é uma autoridade – seu mandato ainda não foi cassado pela Câmara. Por isso, ele não foi algemado e não recebe ordens dos agentes judiciários, mas pedidos. Foi assim que um deles cumpriu a formalidade de dizer a Donadon para tirar o cinto, a gravata e os cadarços dos sapatos, procedimento padrão para evitar que o preso ataque alguém ou tente cometer suicídio.


Donadon também não terá de raspar o cabelo ao chegar ao presídio, como fazem os demais presos. O deputado entregou-se de terno e gravata, acompanhado da família, em uma rua de Brasília. Seu advogado, Nabor Bulhões, já mandou providenciar chinelos e a roupa branca, padrão do presídio. Depois que sua situação política for resolvida, Donadon poderá escolher onde quer cumprir pena: em Brasília ou em Rondônia, seu estado de origem.  (ÉPOCA - Leandro Loyola)

Anote: passe-livre é maluquice!

 Tenho escrito praticamente sozinho contra a proposta de passe-livre, que é uma aberração. Por isso volto ao assunto. Sob pressão das ruas, tomaremos decisões erradas, das quais vamos nos arrepender dentro de algum tempo.


O passe-livre é uma aberração. Prejudica o sistema de transporte coletivo e gera corrupção, beneficiando gente que não precisa desse benefício.

Nenhum serviço público deve ser gratuito, pois isso banaliza o atendimento. Há quem argumente que a coleta de lixo é terceirizada  e é paga pelo Estado. Errado! Sabemos que, junto com o IPTU, vem uma taxa relativa a esse serviço, paga por nós.

Repito que o passe-livre vai incentivar a criação de empresas diversas, que venderão serviços ou comércios subsidiados por nós, os contribuintes, que vamos financiar o sistema de ônibus.

Pregadores, vendedores de balinhas e pedintes vão circular ainda mais livremente nos ônibus e os motoristas não terão autoridade para impedir essas ”invasões”, pois os veículos serão espaço tão livre de acesso quanto uma igreja, por exemplo (mais, pois há padres bastante rigorosos).



Shareaholic