quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Banco do Brasil de Riacho das Almas abre para pagamento de servidores


Prefeitura deve pagar a servidores os salários de fevereiro e os atrasados da gestão anterior

A Prefeitura de Riacho das Almas libera, nesta quinta-feira (28), o pagamento dos servidores municipais referente ao mês de fevereiro, além de pagamentos atrasados que foram herdados da gestão anterior de funcionários das secretarias de educação e saúde. De acordo com o secretário de finanças Gustavo Almeida, os pagamentos atrasados são referentes ao retroativo do piso salarial dos professores dos meses de março e abril de 2012, bem como parte da folha de pagamento dos servidores da saúde que deixou de ser paga no mês de dezembro, pela gestão anterior do município .

E para trazer maior comodidade aos servidores para o recebimento dos honorários, a agência do Banco do Brasil local funcionará excepcionalmente para o pagamento dos funcionários, com apoio de escolta policial. A medida foi tomada para que não seja necessário o deslocamento dos servidores até outras cidades como Caruaru, para receber o salário.

Ao todo, 863 servidores terão o pagamento liberado nesta quinta-feira, com uma folha de pagamento que corresponde a mais de R$ 1,2 milhão.

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe é arrombada

Na madrugada desta quarta-feira(27), o Palácio Municipal Braz de Lira, sede do Governo Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, agreste do estado de Pernambuco, foi arrombado.


De acordo com informações dos servidores que estiveram no local, os invasores vasculharam documentos importantes e espalharam material de trabalho, porém até o momento, só foi dado falta de um notebook que continha informações da gestão e uma CPU da Sala de Finanças e alguns documentos.


O Gabinete do Prefeito, a Sala da Tributação, a Sala de Finanças, a Sala da Chefe de Gabinete, a recepção e a cozinha foram os alvos dos invasores.


As Polícias Civil e Militar e a Guarda Municipal, estiveram no local e deram início às investigações.


O Prefeito Edson Vieira (PSDB), declarou que foi muito estranha à questão de não terem levado objetos de valor, pois só mexeram na documentação e furtaram o computador do gabinete e a CPU da sala das finanças. A possibilidade de crime político não foi descartada pelo prefeito.


O Secretário da Receita Municipal, Roberto Soares também comentou sobre o ocorrido. “Acreditamos que alguém pode estar querendo sabotar os órgãos da prefeitura”, disse.


Em virtude do arrombamento, a prefeitura terá suas atividades suspensas por um período de 48 horas. Tal medida servirá para que seja feito o trabalho investigativo, como também o levantamento preciso daquilo que foi roubado na ação criminosa.


COM FIRA AS IMAGES 

Vertentes: Diogo Moraes em busca de ações para o homem do campo


O deputado estadual Diogo Moraes (PSB), que é presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural, recebeu na manhã desta terça-feira (26) a visita de representantes do bloco de oposição da cidade de Vertentes. Estiveram com o socialista, o Procurador Federal da República, Dr. Paulo Lima e o ex-vereador Paulo de Lú.
Segundo Dr. Paulo Lima, o principal tema do encontro foi a busca por soluções para a situação enfrentada por agricultores de Vertentes, que sofrem com as consequências da seca.  “O povo da zona rural vive uma situação de flagelo. Buscaremos através de Diogo, ações que possam minimizar o sofrimento de centenas de famílias”.
Para Paulo de Lú, medidas urgentes terão que ser adotadas. “Muitas famílias estão passando necessidade, em decorrência da estiagem. Contamos com o empenho de Diogo Moraes, que é um grande parceiro de Vertentes, para que em breve a ajuda chegue aos nossos agricultores”, pontuou o líder político.
Diogo fez questão de frisar que os pedidos feitos serão encaminhados, em caráter de urgência aos setores competentes do Governo Estadual. “Ações como perfuração de poços, recuperação de dessalinizadores e distribuição de ração (cana de açúcar distribuída pelo Governo do Estado e assegurada pelo secretário Ranilson Ramos) para os animais serão adotadas o mais rápido possível, já que o homem do campo não pode mais esperar”, afirmou o deputado.

Ciro e Cid deixam PSB "se houver decisão não democrática"


 Antes de ir ontem para a audiência com a presidente Dilma, o governador Cid Gomes disse ao GLOBO que ele e o irmão poderão deixar o PSB se houver uma “decisão não democrática” do partido em favor da candidatura própria, e sugeriu que se Eduardo Campos quer mesmo levar adiante seu projeto, o PSB tem que sair já do governo Dilma.

— Sou forçado a pensar sobre isso. Se for uma decisão democrática, tomada por todo o partido de forma majoritária, sem imposição, é uma coisa; se não, eu me sinto obrigado a deixar o partido — pontuou. — Não é que eu seja contra a candidatura dele, mas nós participamos do projeto de eleição da presidente Dilma. Por que motivo o deixaríamos agora? Acho que essa decisão tem que ser tomada agora, ou deveria ter sido tomada até há mais tempo. Não acho que essa seja a conduta correta, não podemos pensar em candidatura própria com essas incoerências. Pode parecer oportunismo, porque dá a impressão de que vamos ficando enquanto as coisas estão dando certo e, se na última hora derem errado, nós saímos. Temos que fazer isso à luz do dia.
Recebido em audiência no Palácio do Planalto, que durou cerca de duas horas, Cid Gomes deixou Brasília com a promessa de visita da presidente no dia 21 de março para a inauguração de uma barragem; com sinal verde para tocar a construção de uma refinaria de petróleo com parceiros estrangeiros e com a garantia que o Centro Olímpico do Nordeste será no Ceará.(Informações de O Globo - Junia Gama)

Coluna da quarta-feira

       PT continua refém
Sem quadros para uma disputa majoritária no Estado em 2014, o PT pernambucano já admite continuar refém do PSB. Em entrevista, ontem, ao Frente a Frente, o deputado João Paulo, que saiu da toca, afirmou, sem arrodeios, que o partido não teria dificuldades em apoiar um candidato ao Palácio das Princesas indicado pelo governador.
Só colocou como condição básica o alinhamento de Eduardo ao projeto da reeleição de Dilma, o que não será fácil. A cada dia que passa, o governador dá mais indicativos de que sonha 24 horas em consolidar a travessia estadual para o plano nacional.
Já percebeu que existe um vácuo diante da postura exageradamente discreta do senador Aécio Neves, pré-candidato tucano. Aécio é um fenômeno mineiro e parece que não une sequer a sua legenda. Nomes novos, além de Aécio?
A ex-senadora Marina Silva, mas esta depende da viabilização de um partido novo, que atende pelo estranho nome de Rede. Marina peca, igualmente, por ser uma liderança em cima do muro. Na eleição presidencial de 2010, não apoiou Dilma nem Serra.
Ao lançar a nova legenda, disse que a Rede não se passaria ao papel de oposição nem tampouco de governo. Vai gostar de muro assim na China!
Por isso, Eduardo tem espaços para avançar e, avançando, se distanciará do PT, jogando por água abaixo a pretensão dos petistas em Pernambuco, como João Paulo, de continuarem numa mesma coligação.
Neste caso, só restará ao PT lançar um nome para governador em faixa própria ou se compor com uma alternativa que de fato represente um projeto de oposição.
CONVOCAÇÃO– O secretário da Fazenda, Paulo Câmara, vai à Assembleia Legislativa explicar como o Estado investirá a cota dos royalties se o projeto da sua redistribuição vier a ser aprovado pelo Congresso. O depoimento será na Comissão de Justiça e atende a um requerimento de autoria do deputado Sílvio Costa Filho (PTB). Câmara deu uma forte contribuição à formulação do pacote de bondades do Governo lançado em Gravatá.
Pressão em Brasília - Biu Farias, presidente da União dos Vereadores de Pernambuco e candidato à reeleição, leva uma caravana de parlamentares municipais a Brasília para pressionar o Congresso a reprovar o projeto do senador Ciro Miranda (PSDB-GO), que acaba a remuneração de vereadores em municípios com população inferior a 50 mil habitantes.



Fim das câmaras - Em Pernambuco, o projeto do senador goiano contraria um verdadeiro exército. Dos 182 municípios encravados no Estado, apenas 23 têm população superior a 50 mil habitantes. Traduzindo: a pressão pela rejeição da proposta se concentrará no Senado. Com a palavra, os senadores Armando Monteiro Neto, que é candidato a governador, Humberto e Jarbas.
Miopia nacional - O senador Vital do Rêgo, do PMDB da Paraíba, Estado governador pelo socialista Ricardo Coutinho, fez, ontem, uma advertência na coluna do companheiro Ilimar Franco, de O Globo, aos que ainda desconfiam que o governador pernambucano  blefa ao alimentar sua candidatura ao Planalto. “Quem não trabalha com a hipótese de uma candidatura competitiva de Eduardo Campos é politicamente míope”, disse.
Quadro sombrio - Março se aproxima e não há notícias de chuva no sertão pernambucano. Se até o próximo dia 15, consagrado ao padroeiro São José, o quadro continuar de estiagem o Governo terá que preparar um novo plano de socorro aos municípios. O gado continua sofrendo, não choveu suficiente para criar pastagem e o mais preocupante é a crescente demanda por carros pipas.
CURTAS
FESTA RENTÁVEL– O secretário estadual de Turismo, Alberto Feitosa, comemora o incremento de R$ 1 bilhão durante o Carnaval. Segundo ele, os números representam 30% a mais do que o ano passado, quando foram contabilizados R$ 773 milhões. Os dados foram levantados pela Empetur.
RELATOR– O senador Armando Monteiro foi escolhido relator da MP que amplia os incentivos fiscais às exportações brasileiras e ao mesmo tempo estimula os setores de construção civil e do comércio varejista.
Perguntar não ofende: A tese de João Paulo terá acolhimento no resto do PT?
'Sendo os caminhos do homem agradáveis ao SENHOR, até a seus inimigos faz que tenham paz com ele'. (Provérbios 16:7)
Escrito por Magno Martins

Tony Gel é eleito para Comissão de Ética Parlamentar da Alepe


O deputado estadual Tony Gel (DEM) foi eleito para integrar a Comissão de Ética Parlamentar da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) no próximo biênio. A escolha aconteceu por meio de votação secreta, na tarde desta segunda-feira (25), no Plenário da Alepe.
Além de Tony, foram escolhidos como titulares da Comissão os deputados Ângelo Ferreira (PSB), Antônio Moraes (PSDB), Clodoaldo Magalhães (PTB), Gustavo Negromonte (PMDB), Raimundo Pimentel (PSB) e Rodrigo Novaes (PSD). A eleição do presidente e do vice-presidente acontecerá nos próximos dias, durante a reunião de instalação do colegiado.
O grupo tem como objetivo zelar pelo funcionamento harmônico e a imagem do Poder Legislativo, além de apresentar pareceres às proposições legislativas que envolvam matérias relacionadas à disciplina e à ética parlamentar. “Toda Casa Legislativa deve ter sua comissão de ética e os seus membros devem zelar pela sua aplicação. Esperamos que nesses dois anos não tenhamos que analisar nenhum caso, mas se houver, vamos punir ou inocentar quem merecer. Posteriormente, escolheremos o presidente da Comissão”, explicou Tony.

Taxa de desemprego fica em 5,4% em janeiro


A taxa de desemprego no país em janeiro ficou em 5,4% em janeiro, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada pelo IBGE nesta terça-feira. É a menor desde o início da série histórica, iniciada em março de 2012. O número está acima do registrado em dezembro, quando foi de 4,6%, mas levemente abaixo do de janeiro de 2012 (5,5%).
Nas seis regiões pesquisadas, o rendimento médio real da população ocupada ficou em R$ 1.820, estável em comparação a dezembro. Em relação a janeiro do ano passado, cresceu 2,4%. O total de desocupados foi de 1,3 milhão, elevação de 17,2% em comparação a dezembro. Já o total de pessoas ocupadas registrado no período foi de 23,1 milhão de pessoas, uma diminuição de 1,2% em relação a dezembro.
Em 2012, o desemprego fechou o ano em 4,6%, o menor resultado mensal para a pesquisa iniciada em 2002, o que mostrou que o baixo crescimento econômico estimado para o ano — na sexta-feira, o IBGE divulga os dados oficiais — não afetou fortemente o mercado de trabalho. 

Pagando a conta


 Doar dinheiro para a campanha eleitoral é uma coisa (que envolve até aaposta na vitória do candidato); doar dinheiro depois da  campanha, já com o vitorioso no cargo, é outra coisa. O aroma que se desprende de doações feitas a quem tem condições de retribuí-las é definitivamenteoutro. E acaba de acontecer: o Diretório  Municipal do PT de São Paulo promoveu jantar no luxuoso restaurante Leopolldo, cobrando R$ 10 mil por pessoa.

O objetivo foi pagar parte da dívida da campanha de Fernando Haddad à Prefeitura paulistana. "Tivemos a felicidade de
obter ajuda para saldar a dívida", diz o homem de finanças do p artido,Alfredo Alves Cavalcanti, "Alfredinho". 

E quem doou? Segredo: Alfredinho prometeu só revelar os nomes à
Justiça Eleitoral. "Vamos manter a ética", disse. O gasto oficial da
campanha de Haddad é de R$ 67,9 milhões. Antes da eleição, tinham sido levantados R$ 42 milhões.

O meu Brasil lindo e trigueiro


 A Polícia ocupou o gabinete do presidente do Senado, Renan Calheiros,do PMDB alagoano, neste início de semana. Vários delegados passaram ali um bom tempo. Mas nada de conclusões precipitadas, caro leitor ingênuo.

Estamos no Brasil! Os delegados representavam a Associação dos Delegados de Polícia, Adepol, e foram ao gabinete de Renan entregar-lhe um prêmio: a Medalha Romeu Tuma, 'por suas ações de fortalecimento da segurança pública nacional'.

Quando o caro leitor parar de rir, preste atenção às linhas seguintes:

A Comissão de Ética da Câmara Distrital de Brasília bem que tentou,
mas a lei não permitiu que Agaciel Maia se tornasse o seu presidente.

Como Agaciel já é vice-presidente da Câmara Distrital, não poderia
ocupar simultaneamente a presidência da Comissão de Ética, como era desejo de seus pares.

Agaciel Maia, lembre-se, foi por 14 anos o diretor-geral do Senado,
homem de confiança de Sarney. Foram coisas de Agaciel os atos secretos -- nomeações de parentes e funcionários-fantasmas, concessões de vantagens, tudo sem a divulgação obrigatória no Diário Oficial; sua mansão, avaliada em R$ 5 milhões, não declarada à Receita; o quarto subterrâneo secreto, no Senado, onde havia um famoso sofá todo manchado.

Agaciel é alvo de diversos processos movidos pelo Ministério Público. E lhe cobram a devolução do pagamento de contratos firmados sem licitação.

Mas não estranhe, caro leitor: se há cara-dura para existir Comissão
de Ética na Câmara Distrital, é pena que Agaciel não possa comandá-la.

Quinto acusado de matar Jennifer Kloker começa a ser julgado nesta quarta (27)


Será realizado nesta quarta-feira, no Fórum de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, o julgamento do quinto acusado pela morte da turista alemã Jennifer Nadja Kloker. Alexsandro Neves dos Santos é apontado como autor dos disparos que atingiram a alemã. O crime ocorreu no dia 16 fevereiro de 2010, na BR 408.
De acordo com as investigações da polícia, o crime teria sido premeditado, com objetivo de obter o dinheiro de um seguro de vida no nome da alemã. Alexsandro Neves dos Santos deveria ter sido julgado com os demais réus, em dezembro do ano passado. Porém, o advogado de defesa do réu não compareceu a audiência e o julgamento foi adiado.
A sessão desta quarta-feira está marcada para às 8h30. Serão ouvidas testemunhas de defesa e de acusação. De acordo com o promotor de justiça André Rabelo a acusação vai utilizar, entre outros recursos, a confissão dos quatro réus para provar a culpa de Alexsandro no crime.
A reportagem tentou entrar em contato com os advogados de defesa de Alexsnadro Neves dos Santos, mas não obteve retorno. Os outros quatro envolvidos no crime, Delma Freire, Dinarte Dantas, Ferdinando e Pablo Tonelli foram julgados em dezembro de 2012. Todos confessaram participação e foram condenados, com penas que variam entre 14 e 32 anos.

Shareaholic