quinta-feira, 23 de abril de 2020

Mais de dez profissionais do Samu de Campina Grande testam positivo para Covid-19, diz SES

Onze profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Campina Grande testaram positivo para Covid-19, segundo informação divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quinta-feira (23). Dentre os infectados, seis deles são médicos. A direção geral do serviço na cidade também confirmou os dados.

Na última sexta-feira (17), uma carta aberta, sem assinatura, constando uma denúncia referente às condições de trabalho dos profissionais do Samu da cidade foi divulgada nas redes sociais. A principal queixa presente no texto estava relacionada a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para a atuação com segurança desses profissionais.

A denúncia alcançou o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) e foi determinado que a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande deverá enviar um relatório semanal para que o órgão possa acompanhar o fornecimento dos equipamentos de proteção individual (EPIs) a profissionais de saúde do município, entre eles, aqueles que atendem no Samu. Além disso, deverá ser enviado dados sobre possíveis profissionais infectados com o novo coronavírus e quais medidas serão adotadas.

As determinações foram decididas após uma reunião que aconteceu na terça-feira (21), por videoconferência, com secretário de Saúde do Município de Campina Grande, gestores de unidades de saúde geridas pelo município e membros dos três ramos do Ministério Público (MPT, MPF e MPPB), com o objetivo de tratar sobre medidas de prevenção e controle para evitar o contágio de profissionais de saúde pela Covid-19 e saber que medidas estão sendo observadas nas unidades de saúde de referência para a doença, no município de Campina Grande.


G1 PB – Foto: Wellison Vagner/Polícia Civil

ADOLESCENTE FOI ASSASSINADO A TIROS PELO AMIGO EM BEZERROS.

Foi baleado na noite desta quarta-feira (22), no Bairro Salgado na cidade de Bezerros, o menor, Isael Rocha da Silva Júnior, conhecido por "Juninho", de apenas 16 anos, que morava na mesma cidade. Ele foi atingido por cerca de seis disparos, foi socorrido pelo SAMU e em seguida levado para o Hospital local, onde deu entrada com vida, mas, pouco tempo depois foi á óbito.

Apurou-se que "Juninho" vivia junto com pessoas erradas. A Polícia Militar foi acionada, apurou as primeiras informações e chegou até o assassino que também é menor de idade. Esse menor foi apresentado na Delegacia local juntamente com um revólver calibre 38 com seis munições deflagradas, que foi utilizado no cometimento do crime. A arma já estava de posse de um indivíduo identificado por Paulinho que também foi conduzido para a Delegacia.

O autor do crime era amigo da vítima e disse que matou seu amigo á mando de um detento. Ele deverá ser apresentado na sede do Ministério Público. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Homem é alvejado com vários tiros por dupla criminosa na cidade de Monteiro na Paraíba

Na noite desta última quarta-feira(22) um homem sofreu uma tentativa de homicídio na cidade de Monteiro, Cariri da Paraíba.

Segundo informações chegadas a nossa reportagem, um homem identificado por Adeildo da Paz conhecido por Pequeno, foi alvejado por cerca de seis tiros por dois homens de capacete em um moto. O crime aconteceu na rua do Bujão, na zona urbana de Monteiro.

A vítima foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Monteiro e em seguida transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

A dupla segue foragida e a Polícia Militar está em busca de informações que possam chegar até os autores do crime.

INTERNOS PROMOVERAM PRINCÍPIO DE REBELIÃO NA FUNASE DE CARUARU.

Ocorreu um princípio de rebelião na noite desta quarta-feira, 22 de Abril, na Funase de Caruaru, os internos promoveram quebra-quebra na unidade, inclusive, atearam fogo num espaço. Várias guarnições da Polícia Militar foram mobilizadas e foram imediatamente ao local, onde cercaram a unidade para evitar fugas.

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para apagar o fogo, enquanto que o Policiamento controlou os ânimos dos reeducandos.

Shareaholic