terça-feira, 5 de maio de 2020

Moradores matam Jacaré ameaçado de extinção próximo ao Açude de Boqueirão, na Paraíba

Na noite do último domingo 3 de maio, um vídeo que mostra pessoas agredindo um jacaré de papo amarelo (Caiman latirostris), viralizou nas redes sociais e deixou a população da região do Cariri revoltada com a forma como o animal foi morto.

Segundo informações, o jacaré apareceu num local conhecido como o túnel, nas proximidades do Açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão.

Moradores encontraram o animal e infelizmente o mataram com pedradas e pauladas. Toda a agressão foi registrada através de vídeos e fotos que rapidamente se espalharam nas redes sociais.

Este tipo de ação é crime ambiental, com pena de detenção de três meses a um ano, e multa. Até o momento os envolvidos não foram identificados.

O jacaré de papo amarelo tem cor é esverdeada, quase pardo, com o ventre amarelado, o focinho largo e achatado e pode medir até 3 metros de comprimento. Os jacarés são animais de hábitos noturnos e durante o dia formam grupos para tomar sol. Alimenta-se de peixes, aves e mamíferos. Seu período de reprodução é entre janeiro e março, época das grandes enchentes dos rios e põe entre 30 e 60 ovos por ninhada. Pode viver até 50 anos.

Os jacarés são animais ecologicamente importantes, pois fazem o controle biológico de outras espécies de animais, pois se alimentam dos animais mais velhos e fracos que não conseguem escapar de seu ataque. Além disso, suas fezes servem de alimento a peixes e outros seres vivos aquáticos. Hoje, os jacarés-de-papo-amarelo fazem parte da lista de animais em extinção do IBAMA. Isso se deve, principalmente, pela destruição de seu habitat e à poluição dos rios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic