sábado, 25 de abril de 2020

Sergio Moro rebate Bolsonaro e nega ter usado permanência de Valeixo como moeda de troca para nomeação ao STF

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou na noite de ontem sexta-feira (24), em uma rede social que nunca utilizou a permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, como moeda de troca para minha nomeação para o STF.

A fala foi em réplica a uma afirmação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em pronunciamento no final da tarde. Bolsonaro alegou que Moro disse o diretor só poderia ser trocado após ele ser nomeado para o Supremo Tribunal Federal.

 “A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para o STF. Aliás, se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição do Diretor Geral da PF”, disse Moro no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic