quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

HOMEM FOI BRUTALMENTE ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE CATENDE - PE

Foi brutalmente assassinado na noite de ontem terça-feira (10), no Distrito de Laje Grande, na área rural do município de Catende na zona da Mata Sul do Estado de Pernambuco, Roberto Ferreira da Silva, de 30 anos, que residia na comunidade. De acordo com informações, a vítima estava na frente de casa, nisso, foi levado por dois elementos para um local ermo, onde mataram a vítima com diversos golpes de facão, sendo a maioria dos golpes na cabeça.

A Polícia Civil já identificou os autores desse homicídio, eles ainda não foram localizados. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML.

HOMICÍDIO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE - PE

Na tarde desta quarta-feira (11), a estatística nos números de homicídios do mês de dezembro subiu, mais um crime de morte foi registrado na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Pernambucano, O crime foi na Avenida Principal do bairro Santo Agostinho.

A vitima identificada como sendo Cleiton de Souza Silva, vulgo “Pó”, de 20 anos de idade, segundo informações ele estava caminhado na a venida no momento em que foi surpreendido por alguns elementos armados que desferiram varios disparos de arma de fogo contra o mesmo, que não resistiu as gravidades dos ferimentos e veio a óbito no local mesmo antes de receber qualquer tipo de socorro.

O “Pó”, já teve passagem pelo sistema prisional, quando foi atuado por porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores.

A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas, porém os policiais civis já iniciaria as investigações na tentativa de chegar aos autores desse crime.

Policiais do 24° BPM – Batalhão da Polícia Militar – estivera no local realizando o isolamento da área, onde uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) junta aos Policiais Civis realizaram o levantamento cadavérico, o corpo foi encaminhar para o IML – Instituto de Medicina Legal – em Caruaru.

Polícia Civil identifica acusado de iniciar incêndio no Cariri Paraibano

O fogo retornou na manhã desta quarta-feira (11), com mais intensidade e continua devastando uma área na zona rural de Monteiro, no Cariri paraibano. O fogo teve início na tarde da última segunda-feira (09) no Sítio Tigre dos Torres, e já atingiu as regiões do Uruçu, Moconha e Pitombeira.

Durante a madrugada desta quarta-feira o fogo havia sido controlado, mais os focos de incêndio reacenderam no período da manhã. O fogo já atingiu uma grande área, causando grandes prejuízos para os agricultores e produtores rurais, que perderam pastagem, animais e cercas.

A Polícia Civil de Monteiro foi informada que o incêndio havia sido criminoso, e começou as investigações, e já conseguiu identificar o suspeito da ação criminosa, que está causando um grande dano ao meio ambiente e aos moradores da região.

Em depoimento na 14° DSPC, uma testemunha afirmou que na segunda-feira estava em sua propriedade no Sítio Tigre dos Torres, quando um suspeito passou no local e pediu uma carona para casa, no sítio pinheiro, Zona rural, Camalaú -PB. A testemunha declarou que pediu que suspeito esperasse de 20 a 30 minutos pois o mesmo iria terminar os seus afazeres da sua propriedade para poder deixá-lo, o suspeito disse que não ia esperar e seguiu a pé pela estrada sentido a comunidade do Uruçu.

Minutos depois, já aproximadamente 100 metros da sua propriedade, testemunha notou uma fumaça muito grande pra direção que o suspeito saiu, de imediato pediu para que a sua esposa ligasse para o primo do declarante, para que viesse ajudar a apagar o incêndio que enquanto a sua esposa ligava a testemunha percebeu outro foco de fogo há aproximadamente 200 metros do primeiro foco de incêndio, foi quando pegou a sua motocicleta que quando saiu percebeu um terceiro foco de incêndio nas proximidades do segundo, que distante um quilômetro do primeiro foco de incêndio e viu a pessoa suspeita que estava abaixado na beira da estrada ateando fogo com um isqueiro.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal de Monteiro e moradores continuam os trabalhos para tentar controlar o incêndio. A Prefeitura Municipal de Monteiro enviou carros-pipa e uma equipe do SAMU para dar assistência às pessoas que apresentarem problemas de saúde provocados pela fumaça, além de montar um ponto de apoio na região para da suporte.

A Prefeita de Monteiro Anna Lorena acompanhada de auxiliares, esteve pessoalmente visitando a região e acompanhando os trabalhos na tarde desta terça-feira (10). Segundo a prefeita Ana Lorena, um acampamento foi formado na unidade básica de saúde da Pitombeira para dar apoio às pessoas que estão trabalhando para conter as chamas.

 “Enviamos todo nosso maquinário e carros pipas e ainda conseguimos a solidariedade de prefeitos de cidades vizinhas, que destinaram máquinas e carros para ajudar no controle das chamas. Solicitamos ao governador e ele nos atendeu enviando mais 12 bombeiros, que se somaram aos que já estavam no controle às chamas para que o trabalho não fosse interrompido nem na madrugada”, explicou a prefeita.

Anna Lorena ainda afirmou que está reivindicando junto ao governador João Azevedo a instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros, ou pelo menos uma viatura permanente no município, que é o maior da região do Cariri.

CASAL FOI PRESO COM 15 QUILOS DE MACONHA NA BR-232 EM SÃO CAETANO - PE

Um homem e uma mulher que transportavam 15 quilos de maconha foram presos nesta terça-feira (10), pela Polícia Rodoviária Federal e pelo 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), na BR-232 na cidade de São Caetano, no Agreste de PE. A droga estava sendo transportada no porta malas de um carro, dentro de bolsas plásticas envolvidas por um saco de nylon.

Durante uma fiscalização integrada no quilômetro 145 da rodovia, os Policiais abordaram um veículo com placa de Olinda, no Grande Recife, quando o policiamento percebeu que os ocupantes do veículo estavam nervosos, foi realizada uma vistoria no interior do automóvel e encontrada todo esse entorpecente no compartimento de carga.

O casal, que não informou onde havia pego a droga e nem onde seria entregue, foi apresentado na Delegacia local, onde ficou á disposição da autoridade policial.

INCÊNDIO SE PROLONGA NO CARIRI PARAIBANO

Um incêndio na Zona Rural de Monteiro, no Cariri da Paraíba, está preocupando moradores, as autoridades locais e até estaduais. Com focos iniciados na última segunda-feira (09), a queimada segue sem controle e neste momento devasta uma grande área rural, envolvendo os sítios Pitombeira, Uruçu, Moconha e Poções, alguns já na divisa com o município de Camalaú.

Apenas nas últimas semanas, pelo menos cinco incêndios foram registrados no município de Monteiro, o que deixa até Polícia instigada e a investigar se as causas não são criminosas.

Para a queimada ainda em curso, o Corpo de Bombeiros já enviou pelo menos duas equipes com vários homens da unidade de Campina Grande, que se unem a moradores das comunidades atingidas e funcionários das Prefeituras de Monteiro, Camalaú, São Sebastião do Umbuzeiro e Sumé.

Segundo a prefeita Ana Lorena, um acampamento foi formado na unidade básica de saúde da Pitombeira para dar apoio às pessoas que estão trabalhando para conter as chamas. A gestora, ouvida no fim da noite desta terça-feira (10) pela reportagem do portal De Olho no Cariri, disse que o incêndio continua intenso e o trabalho de controle das chamas segue sem interrupção.

 “Enviamos todo nosso maquinário e carros pipas e ainda conseguimos a solidariedade de prefeitos de cidades vizinhas, que destinaram máquinas e carros para ajudar no controle das chamas. Solicitamos ao governador e ele nos atendeu enviando mais 12 bombeiros, que se somaram aos que já estavam no controle às chamas para que o trabalho não fosse interrompido nem na madrugada”, explicou a prefeita.

Anna Lorena ainda afirmou que está reivindicando junto ao governador João Azevedo a instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros, ou pelo menos uma viatura permanente no município, que é o maior da região do Cariri.

Shareaholic