quinta-feira, 16 de maio de 2019

POLÍCIA CIVIL PRENDEU NO INTERIOR DA PARAÍBA O ELEMENTO QUE COMETEU O DUPLO HOMICÍDIO EM VERTENTES NO AGRESTE DE PERNAMBUCO.

Nesta quinta-feira (16), por volta das 16 horas, a Polícia Civil de Vertentes teve notícia de que acabou de ocorrer um duplo homicídio no Sítio Serra Seca, na zona rural da cidade. De imediato, policiais civis se dirigiram ao local do fato e verificaram que após uma discussão em família, Felipe Ramos dos Santos, assassinou o padrasto da sua esposa e também sogro e seu cunhado, José Arnaldo Gonçalves e José Bonifácio da Silva, respectivamente, utilizando arma de fogo. Sendo assim, policiais civis da Delegacia de Vertentes, sob o comando do Delegado Ednaldo Moscoso, passaram a diligenciar a procura do suspeito. O José Arnaldo considerava o Felipe como seu genro.

De início, as informações davam conta de que o suspeito teria se evadido pela rodovia estadual PE-90, sentido Surubim. Em seguida, descobriu-se que Felipe teria se escondido numa casa situada na zona rural de Umbuzeiro, na Paraíba. No dia de hoje, 17/05/2019, dando continuidade às diligências para capturar o suspeito, policiais civis da delegacia de Vertentes com o apoio de Policiais da Delegacia de Casinhas, conseguiram localizar e capturar o assassino, que estava escondido numa casa na zona rural de Umbuzeiro, fato ocorrido por volta das 13 horas.

Com o imputado, foi localizada a arma de fogo, possivelmente, a utilizada no crime, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. Sendo assim, foi dada voz de prisão ao imputado e encaminhado até a delegacia de Vertentes. Após os procedimentos de praxe, o preso será encaminhado à audiência de custódia em Limoeiro.

EX-PRESIDIÁRIO MATOU O SOGRO E O CUNHADO NA ZONA RURAL DE VERTENTES EM PERNAMBUCO.

Uma tragédia aconteceu na tarde desta quinta-feira (16), no Povoado Serra Seca, na zona rural de Vertentes. O ex-presidiário conhecido por Felipe, matou o sogro, José Arnaldo Gonçalves, conhecido como “Zé Neto”, de 47 anos e o cunhado, José Bonifácio da Silva, conhecido como “Zé da Galinha”, de 27 anos, que era enteado do Arnaldo. O Arnaldo que possuía uma mercearia, foi morto no local, o enteado foi baleado, foi socorrido e morreu após dar entrada no hospital local. O bandido era um desocupado e era sustentado pelo sogro.

Acusado 

De acordo com testemunhas, o assassino, Felipe Ramos, morava com o sogro, chegou em casa embriagado, começou a espancar o filho de 4 anos, o sogro reclamou e ele ficou chateado, nisso, sacou um revólver e da janela mesmo, efetuou os disparos na direção do sogro Arnaldo e o matou, o enteado foi socorrer o padrasto e também foi baleado. Depois do caso, o assassino pegou uma moto e fugiu, depois, muito nervoso, passou na casa da ex-companheira e pediu um capacete, ela viu que ele estava armado e correu, ele então, pegou um capacete e fugiu pela PE-90 no sentido da cidade de Surubim, ele já ateou fogo na casa dessa ex-esposa e por isso, passou um tempo preso. Este marginal na fuga, abandonou a motocicleta no Sítio Alto do Fogo e está foragido. Essa moto usada na fuga foi comprada pela sua atual companheira.

Os corpos das duas vítimas foram encaminhados para o IML de Caruaru.

Shareaholic