sábado, 7 de julho de 2018

RESTRIÇÕES DETERMINADAS PELA JUSTIÇA ELEITORAL TEM INICIO HOJE

Image da Internet

A partir de hoje sábado (07) tem início a série de restrições que devem ser cumpridas pelos políticos durante o período eleitoral.

As restrições são uma praxe, já que faltam exatos três meses para as eleições. Uma delas está relacionada a proibição de comparecimento em inaugurações de obras públicas, bem como contratar artistas pagos com recursos públicos entre outras.

De acordo com a Justiça Eleitoral, as medidas são necessárias de modo a garantir a maior imparcialidade durante o processo eleitoral.

Além disso, os políticos não poderão nomear, contratar ou demitir sem justa causa os servidores e, até a posse dos eleitos, também não poderão transferi-los ou exonerá-los, salvo em determinadas situações, como em relação a comissionados.

Pronunciamentos na TV fora do horário eleitoral também ficam proibidos também a partir deste sábado.

Radialista do Sistema Correio diz que Monteiro vive no atraso e é representada por pessoas despreparadas

O radialista Nilvan Ferreira, causou polêmica, durante seu programa no Sistema Correio da Paraíba, ao fazer críticas a cidade de Monteiro, no Cariri paraibano.

Em seu programa, Nilva fez declarações polêmicas afirmando que “Monteiro vive no atraso e possui um índice de analfabetismo dos mais altos do Estado, convive com a dengue, de doenças contagiosas e é representada por pessoas despreparadas que vivem no lixo e sem ruas asfaltadas”.

As declarações do radialista causaram revolta na população, e na noite da ultima quinta-feira (5), o vereador Antônio Sobrinho – Toinho de Nequinho, apresentou um requerimento propondo um voto de repúdio no plenário da Câmara de Vereadores de Monteiro.

Todos os vereadores se manifestaram contra o radialista e ainda foi proposto uma representação de monteirenses agende uma audiência com o empresário Roberto Cavalcante e solicite um pedido de desculpas do Sistema Correio, não só ao município de Monteiro, mais aos demais municípios do interior da Paraíba que de forma generalizada foram agredidos por Nilvan Ferreira.

Um dos vereadores presentes à sessão, Cajó Menezes, disse ter certeza que o empresário Roberto Cavalcante e a direção da empresa não comunga com este tipo de comportamento. “Roberto Cavalcante acreditou na potencialidade de Monteiro desde o final da década de 80 quando instalou a Rádio Santa Maria em nosso município. Se ele acreditou em nossa potencialidade há décadas, como pode vir uma pessoa que não conhece Monteiro utilizar dos microfones de um programa de grande audiência na Paraíba desqualificar o nosso município e outros do interior paraibano. Exigimos respeito e um pedido de desculpas. Se Nilvan quiser conhecer Monteiro o convido, para ao lado do senador Roberto Cavalcante mostrar as nossas potencialidades, a educação do nosso povo, o respeito e admiração que temos pelo empresário Roberto Cavalcante, que inclusive possui uma propriedade rural em nosso município, coisa que Nilvan parece não conhecer os grandes empreendedores paraibanos. Respeite Monteiro, respeite a Paraíba”, disse o vereador.


Fonte: Portal de Olho no Cariri

Shareaholic