sábado, 31 de março de 2018

Segundo pesquisa, 58% dos brasileiros não se dedicam às próprias finanças

Seis em cada 10 brasileiros (58%) admitem que nunca, ou somente às vezes, dedicam tempo a atividades de controle da vida financeira, e 17% dos consumidores, sempre ou frequentemente, precisam usar cartão de crédito, cheque especial ou até mesmo pedir dinheiro emprestado para conseguir pagar as contas do mês. O percentual aumenta para 24% entre os mais jovens. Há, também, aqueles que precisam recorrer ao crédito para complementar a renda.

Os dados, obtidos em pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais, mostram que a organização financeira não é uma tarefa que atrai os consumidores.

Para o educador financeiro José Vignoli, do portal Meu Bolso Feliz, uma vida financeira saudável depende do esforço de cada consumidor em buscar informação e exercitar a disciplina para incorporá-la no seu cotidiano.

 “Muitas pessoas poderiam, facilmente, ter acesso às informações necessárias para ter um orçamento mais equilibrado, mas não parecem conseguir. Elas pensam que dá trabalho, ou que é muito difícil manter o controle sobre as despesas, e se esquecem de que trabalhoso mesmo é encarar o endividamento e a restrição ao crédito. Lidar com o dinheiro exige disciplina e comprometimento para viver dentro da sua realidade financeira e não tomar decisões equivocadas”, afirmou Vignoli.

O mestrando Murilo Gouveia disse que espera mudar seus hábitos financeiros em breve. “Eu já fiz planilhas anos atrás, mas hoje não faço mais porque os gastos variam, e ganho muito mal, mas agora vou trocar de emprego e quero me organizar.”

Equilíbrio

Uma prova de que a vida financeira equilibrada traz mais satisfação e tranquilidade é que 56% dos consumidores ouvidos no levantamento disseram que se sentem melhor quando planejam as despesas para os próximos seis meses. O problema, novamente, é que nem sempre isso acontece na prática, porque 48% deles nunca ou somente às vezes fazem um planejamento cuidadoso dos passos a seguir para ficar dentro do orçamento nos meses seguintes. O problema surge com mais força entre os consumidores de baixa renda (classes C, D e E), com 51% de citações.

A executiva de vendas Marta Ferreira afirmou que já perdeu o controle das contas e que hoje tenta ser mais organizada. “Dedico meu tempo sempre para fazer minhas contas quando recebo, uso uma caderneta e faço minhas anotações. Antes, confesso que não fazia, mas depois que fui perdendo o controle do que pagava resolvi anotar meus gastos.”

Planejar-se para realizar um sonho de consumo também não é um hábito comum para a maioria dos consumidores. Os que estabelecem metas e as seguem à risca, quando querem adquirir um bem de mais alto valor, como uma casa, um automóvel ou realizar uma viagem, por exemplo, somam 48% da amostra.

Nesse caso, o comportamento é mais frequente entre as pessoas das classes A e B, com 59% de menções. Os que nunca ou somente às vezes fazem esse tipo de esforço somam outros 48% dos entrevistados. Há ainda 38% que nem sempre têm planos.

A contabilista Iana Leite, que se definiu como “bem controlada nas finanças”, só neste ano começou a juntar dinheiro para investir em um imóvel. “Este ano comecei a transferir todo mês um dinheiro fixo para uma poupança. Assim que tiver um valor, vou comprar um apartamento ou uma casa.”

Matemática

Os consumidores ouvidos no levantamento afirmaram que ter algum tipo de familiaridade com matemática e conhecimento sobre números torna mais fácil exercer controle sobre a vida financeira. Em cada 10 brasileiros, seis (61%) consideram que informações numéricas são úteis na vida financeira diária e 62% dizem que aprender a interpretar números é importante para tomar boas decisões financeiras. Porém, nem sempre essas pessoas procuram, de fato, informar-se a respeito desses temas.

A pesquisa detectou que 19% dos entrevistados não costumam prestar atenção em assuntos que envolvem números, percentual que aumenta para 24% entre os homens e 27% entre os mais jovens. Há ainda 39% que nunca ou somente às vezes calculam o quanto pagam de juros ao parcelar uma compra e 53% que fazem esse cálculo com frequência. Quando parcelam alguma compra, um terço (33%) dos entrevistados nem sempre sabem se já têm outras prestações para pagar.

 “O conhecimento sobre juros é essencial para as finanças de quem parcela compras ou contrata algum financiamento. Os juros encarecem o valor total a ser pago pelo consumidor, principalmente em casos de atrasos, e se não são bem analisados e pesquisados em várias instituições, podem comprometer a organização do consumidor”, ressaltou a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

A busca de informações com especialistas também não é hábito de boa parte dos brasileiros. Apenas três em cada 10 (31%) disseram que sempre, ou frequentemente, procuram dicas de especialistas sobre gestão financeira. Além disso, somente 17% costumam participar de cursos, palestras e seminários para aprender a administrar o próprio orçamento; e 49% nunca participam dessas atividades, ao passo que 25% dizem que, às vezes, procuram esse tipo de informação.

 “Hoje com a facilidade de acesso à internet, esse número poderia ser muito maior. Há uma grande oferta de conteúdo de qualidade, e gratuito em portais, vídeos e até mesmo nas redes sociais, que tratam da relação com o dinheiro de forma leve, descomplicada e aplicada às situações comuns do dia a dia”, destacou Vignoli.

Mesmo com as novas tecnologias, a professora Aline Ferraz controla as contas no papel mesmo. “Eu dedico um tempo para me organizar e uso agenda. Sou meio antiquada, anoto o que eu gasto e confronto para saber o que sobra.”

Já a empregada doméstica Eliane Neres disse que faz um controle mental das despesas e depois anota tudo. “Quando recebo o salário, anoto tudo o que já foi pago no lápis, e também não gasto mais do que ganho.”

Consumo por impulso

Parte expressiva dos entrevistados revelou que compra por impulso e toma atitudes de consumo desregradas. Quando estão fazendo compras, um terço (33%) dos brasileiros nunca, ou apenas às vezes, avalia se realmente precisa do produto, para não se arrepender depois. Além disso, 45% nunca, ou somente às vezes, conseguem resistir às promoções e comprar apenas aquilo que está planejado.

A analista de qualidade Mayara Ruda Silveira disse que é bem controlada e raramente cede às tentações. “Adoro fazer planilhas. Geralmente eu planejo os gastos antes, sou bem controlada. Uma coisa ou outra acabo comprando por impulso.”

A pesquisa mostra também que os consumidores adotam posturas desaconselháveis do ponto de vista financeiro. Por exemplo, 19% dos entrevistados consideram mais importante gastar dinheiro hoje do que guardar para o futuro, embora 77% reconheçam que, às vezes, ou nunca, se comportam assim.

Sobre pensar no futuro, a pesquisa detectou que muitos não se sentem preparados para investir. Somente 38% disseram que confiam na própria capacidade de identificar bons investimentos e 22% que desconhecem os tipos de aplicações com melhor taxa de retorno. Apenas metade (51%) da amostra sabe sempre, ou com frequência, o quanto precisa guardar todos os meses.

 “Certas modalidades podem render muito mais, mas também estão sujeitas a variações e perdas mais significativas. Adequar o tipo de investimento à personalidade e à situação financeira de quem vai investir é essencial. Perfis mais avessos ao risco pedem modalidades mais conservadoras, enquanto consumidores mais ousados podem optar por investimentos mais voláteis e com maior possibilidade de retorno”, explicou a economista Marcela Kawauti.


Fonte: Agência Brasil

SDS proíbe que funcionários do IML passem informações para a imprensa sobre homicídios

Foto: Izaias Rodrigues/Rádio Liberdade

Esta semana, a Secretaria de Defesa Social (SDS) baixou portaria proibindo que funcionários do Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife passem informações para a imprensa sobre homicídios. No IML de Caruaru também já está valendo a proibição.


Fonte: Rádio Liberdade de Caruaru

Pernambucano 2018: primeiro duelo entre Central e Náutico será neste domingo

Central e Náutico se enfrentam neste domingo (01), no Lacerdão, às 16h, primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano 2018. Já o último duelo da decisão está marcado para acontecer no dia 8, a partir das 16h, na Arena de Pernambuco. Mais de 8 mil ingressos já foram vendidos. No dia do jogo, os portões do Estádio Lacerdão serão abertos às 14h.

As ruas no entorno do Estádio serão interditadas a partir das 8h. A Polícia Militar espera um público de 15 mil torcedores.

Em paralelo, pela disputa do terceiro lugar e em jogo único, Sport e Salgueiro se enfrentam na segunda-feira (02), a partir das 20h, na Ilha do Retiro.


Fonte: Liberdade.com.br

MOTORISTA É FEITO REFÉM E CARGA DE GELADEIRAS ROUBADA EM CORRENTES

Uma carga de geladeiras foi roubada na noite da última quinta-feira (29), em Correntes, no Agreste pernambucano.

De acordo com informações, três elementos abordaram o caminhão, fizeram o motorista refém ficando com ele circulando em um veículo, enquanto a carga era roubada, a vítima ficou em poder dos elementos por cerca de três horas, até o momento não a pistas do paradeiro da carga que pertence a empresa Casas Santo Antônio.

Quem tiver qualquer informação que leve a localização da carga, deve informar a empresa ligando para (82) 9.8221-9707, será mantido sigilo e dada gratificação.

BRIGA ENTRE DONOS DE GALO TERMINA EM HOMICÍDIO

Uma briga entre donos de galos em uma rinha no Sítio Bela Vista, em São Benedito do Sul, na Zona da Mata. Paulo Bernardino de Santana, 37 anos, matou a tiros Leonardo Mariano Felício, 47, e foi preso em flagrante.

Páscoa do Instituto ‘Dom Pedro I’ surpreende com belíssimas apresentações

Páscoa é uma celebração com grande significado para os cristãos. É um momento de reflexão para muitos. Nossas crianças estão envolvidas em um contexto de muitas informações a respeito da Páscoa e a escola também participa na mediação dessas informações.

Desta forma, o tema Páscoa foi trabalhado no Instituto Dom Pedro I, na Educação Infantil e no Ensino Fundamental I. Na ultima terça (27) alunos, dos dois turnos, juntamente com professoras, apresentaram aos pais lindas apresentações de formas lúdicas na Educação Infantil e abordando o verdadeiro sentido da Páscoa no Ensino Fundamental I.

Foi um verdadeiro Show de talentos! Tivemos coreografias, apresentação em LIBRAS e um coral que encantou os presentes.

A direção agradece a presença de todos e deseja uma Feliz Páscoa!


Assessoria

Bandeira tarifária nas contas de luz continua verde em abril e sem cobrança extra, diz Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou na ultima quinta-feira (29) que a bandeira tarifária de abril continuará na cor verde, o que significa que não haverá cobrança extra nas contas de luz. Com isso, desde janeiro não há cobrança adicional nas contas de energia.

Em fevereiro e março, a Aneel decidiu manter a tarifa nesse patamar. A manutenção da bandeira verde em abril significa que a situação nos reservatórios das hidrelétricas continua a melhorar, devido à volta das chuvas.

Nos últimos meses de 2017, por causa do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas, houve cobrança extra nas contas de luz via bandeira tarifária. Isso ocorre para arrecadar recursos necessários para cobrir custos extras com a produção de energia mais cara, gerada por termelétricas.

AGRICULTOR FOI PRESO EM FLAGRANTE POR TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Um agricultor de 48 anos foi preso em flagrante após tentar assassinar um homem de 31 anos no Sítio Lagoa Grande, área rural do município de São João/PE. O caso aconteceu na quinta-feira (29).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi alvejada por dois disparos de arma de fogo no abdômen. Ela foi socorrida em estado grave por populares ao hospital de São João em seguida encaminhado ao Hospital Dom Moura em Garanhuns e posteriormente para o hospital da cidade de Palmares, na Mata Sul pernambucana.

Ainda segundo a polícia, após várias incursões o elemento foi localizado pelo efetivo policial, porém ele ao visualizar o policiamento empreendeu fuga adentrando em um matagal, mas após algumas buscas foi localizado novamente e preso. O acusado se desfez do armamento utilizado no crime, mas com ele foi encontrado uma capsula de calibre 38, e nas imediações, um projétil.

Geraldo Dias da Silva, de 48 anos, morador da localidade, foi levado à Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante por Tentativa de Homicídio.

COLISÃO ENTRE CARRO E MOTO MATA HOMEM EM ÁGUAS BELAS

Uma colisão frontal deixou um homem moto na tarde da ultima quinta-feira (29), na BR-423, no Povoado Campo Grande, em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco.

A vítima Josimar Pereira da Silva, de 34 anos, conduzia uma motocicleta Honda, cor preta, placa KKL-9398, quando no Km 160 tentou ultrapassar uma carreta e bateu de frente com uma Kombi que presta serviço aos Correios, o impacto da batida foi tão forte que a moto ficou destruída, Josimar teve morte instantânea tendo sua massa encefálica caído dentro da Kombi.

O condutor da Kombi permaneceu no local e prestou esclarecimentos a polícia, segundo relatos de familiares a vítima tinha problema de visão, após o levantamento cadavérico o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

IDOSO MORRE ATROPELADO NA RODOVIA PE 90 NO AGRESTE DE - PE

Na manhã de ontem sexta-feira (30), populares encontraram sem vida o corpo do idoso, José Heleno da Silva, de 62 anos, caído às margens da PE-90. O trecho faz a divisa entre os municípios de Toritama e Vertentes. O agricultor que era alcoólatra, estava na lateral da rodovia com ferimentos após ser atingido por um veículo não identificado.

Seu Zezinho residia no Sítio Oitis, zona rural de Taquaritinga do Norte e não foi informado para onde ele estava seguindo quando sofreu o acidente. O condutor do veículo fugiu, sem prestar socorro.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Jovens encenam Paixão em Cristo em Serra Branca; grande público prestigia espetáculo

A história de vida do maior homem que a humanidade já viu foi contada por jovens serra-branquenses na noite desta Sexta-feira Santa (30) na praça da matriz. A encenação da Paixão de Cristo teve a coordenação da Renovação Carismática Católica e do ativista cultural Jabel Júnior e foi assistida por um grande público que superlotou as laterais da praça.

Cenas desde o Batismo de Jesus até sua ressurreição encantaram o público e confirmaram ainda mais a certeza de que o espetáculo deverá se profissionalizar e se tornar um atrativo permanente da Semana Santa em Serra Branca.


Fonte: Portal de Olho no Cariri

Shareaholic