segunda-feira, 18 de junho de 2018

Saída do PRTB da base de Ricardo Coutinho pode acabar na justiça

A saída do PRTB da base do governador Ricardo Coutinho (PSB) pode acabar indo parar na justiça. Isso porque, segundo o presidente estadual do partido, Fábio Carneiro, pouco tempo depois de entregar a carta de demissão no Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran), a sala a qual ocupava foi lacrada e dois guardas foram colocados no local para impedir sua entrada. Fábio era diretor administrativo do órgão.

 “Pouco tempo depois recebi as fotos e a informação de que o gabinete onde eu trabalhava estava totalmente lacrado e com seguranças para impedir a minha entrada”, contou.

Ele garantiu que irá buscar a justiça para que a atitude seja explicada. “Irei entrar com uma interpelação judicial nos próximos dias para saber o motivo da medida desesperada e denunciar um flagrante constrangimento ilegal a um servidor público”, afirmou Carneiro.

Sala foi lacrada após pedido de exoneração de Fábio Carneiro. Foto: Reprodução WhatsApp


Tudo isso aconteceu depois que o PRTB anunciou a saída da base de apoio ao governo estadual e firmou aliança com a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo. De acordo com Fábio Carneiro, a carta de demissão do cargo que ocupava há três anos e meio foi entregue a Superintendência do Detran às 10h e quatro horas depois o partido anunciou o rompimento com o Governo e apoio a Lucélio Cartaxo.

Fábio lembrou que não é comum um partido deixar o governo e passar a integrar a oposição, mas ressaltou que o direcionamento foi decidido pela executiva estadual com o aval da direção nacional.

O presidente Estadual do PRTB também destacou que “a sigla conta com 46 pré-candidatos a estadual e seis para federal”, observou. Em breve, a legenda irá confirmar a chapa proporcional. “Esse é um compromisso com um novo momento para a Paraíba”, disse.


Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic