sexta-feira, 22 de junho de 2018

NO SUFOCO BRASIL VENCE A COSTA RICA

Philippe Coutinho marca aos 45 do segundo tempo contra a Costa Rica, Foto: Divulgação/Fifa

Não adiantou a defesa certeira de Navas. Não adiantaram os erros absurdos da arbitragem, que deixou de aplicar faltas e pênaltis contra o Brasil e cancelou um pênalti já aplicado. O Brasil venceu a Costa Rica com gols de Philippe Coutinho, aos 45 minutos do segundo tempo, e de Neymar, aos 52, nos acréscimos do segundo tempo.

Ouça os gols na narração de Aroldo Costa:

Primeiro tempo

O primeiros tempo do jogo foi mais equilibrado. Apesar do Brasil ter maior posse de bola, a Costa Rica chegou à área do Brasil e chutou contra o gol de Alisson. A Seleção Brasileira também errou muito na troca de passes e nas finalizações. Nesta primeira etapa, Philippe Coutinho foi o destaque do Brasil.

Segundo tempo

Na segunda etapa do jogo, o nome que mais se ouvia na voz de Aroldo Costa durante o transmissão do jogo era o do goleiro da Costa Rica, o famigerado Navas. Neymar, Philippe Coutinho, Firmino, Gabriel Jesus. Todos eles tentaram chegar ao gol, mas esbarraram no adversário.

Pênalti desmarcado e VAR

Aos 32 minutos do segundo tempo, o árbitro holandês Bjorn Kuipers marcou pênalti de González em cima de Neymar. A torcida comemorou o possível fim da agonia da torcida. Ledo engano. Mas, após consultar o VAR, o árbitro voltou atrás causando nova polêmica entre o árbitro de vídeo e Seleção Brasileira. Na estreia do Brasil contra a Suíça, o VAR não foi utilizado e causou uma carta de reclamação da CBF para a Fifa.

Philippe Coutinho

O meia Phlippe Coutinho abriu o placar aos 45 minutos do segundo tempo. Ele foi o autor do gol do empate contra a Suíça, na estreia do Brasil na Copa, e conseguiu chegar ao gol de Navas na prorrogação. Depois de um cruzamento de Marcelo e Firmino, Gabriel Jesus dominou mal. Coutinho chegou, dominou a bola e mandou por baixo das pernas do goleiro.

Gol de Neymar

Gol de Neymar chegou aos 52 minutos do segundo tempo Foto: Divulgação/Fifa

O gol mais esperado da copa chegou depois do fim do tempo estimado pelo juiz para o fim do jogo. O atacante recebeu de Douglas Costa, que tinha recebido do contra-ataque de Casemiro.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 x 0 COSTA RICA

BRASIL – Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Roberto Firmino) e Philippe Coutinho; Willian (Douglas Costa), Gabriel Jesus (Fernandinho) e Neymar. Técnico: Tite.

COSTA RICA – Keylor Navas; Gamboa (Calvo), Giancarlo González, Óscar Duarte, Acosta e Oviedo; Guzman (Tejeda), Celso Borges, Venegas e Brian Ruiz; Ureña (Bolaños). Técnico: Óscar Ramírez.

GOLS – Philippe Coutinho, aos 46, e Neymar, aos 51 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bjorn Kuipers (Holanda).

CARTÕES AMARELOS – Neymar e Philippe Coutinho (Brasil); Acosta (Costa Rica). PÚBLICO – 64.468 espectadores. LOCAL – Arena Zenit, em São Petersburgo (Rússia).


Fonte: Rádio Jornal do Recife 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic