quarta-feira, 21 de março de 2018

No Recife, homem é submetido a reimplante das duas mãos após acidente

O paciente, um sul-coreano que sofreu o acidente de trabalho em um navio, passa bem após reimplantar as duas mãos, procedimento inédito no Nordeste

Foto: Divulgação

Um sul-coreano oficial de máquinas que trabalhava em um navio cargueiro recebeu no Recife o reimplante das duas mãos após ter sofrido um acidente no momento em que manuseava um rolo metálico acionado sem querer por um colega de embarcação. Este é o primeiro reimplante bilateral de membros realizado no Nordeste.

O acidente aconteceu no estado do Maranhão na manhã do último sábado (17) e o paciente chegou ao Recife na madrugada do domingo (18), quando foi submetido ao procedimento. O operador de 34 anos Park Suyeong foi operado pelo médico Rui Ferreira, que é especialista em mãos.

O procedimento foi realizado em um hospital particular na Ilha do Leite, na área central do Recife. Foram seis horas de procedimento realizado com sucesso. Dr. Rui detalha a cirurgia e fala sobre a importância dos primeiros cuidados após acidentes envolvendo amputação. “Nós orientamos o acondicionamento dos membros, colocar num saco fechado, não em contato direto com o gelo, o que não foi seguido. Uma das mãos chegou congelada, mas mesmo assim nós tentamos e fizemos o reimplante das duas mãos”, explicou. “Estamos no quarto dia de pós-operatório e as duas mãos estão totalmente viáveis, sem nenhum problema até o momento”, comemorou.

Recuperação

O oficial está em um quarto e passa bem. Ainda não há previsão de alta hospitalar. De acordo com o cirurgião o prazo para recuperação total dos membros é de até dois anos.

O médico da companhia de embarcação que acompanha o paciente e que responsável pelo navio onde estava o oficial não permitiu acesso ao operador.


Fonte: Rádio Jornal Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic