quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Presidente do STF nega habeas corpus a Lula e aliados reconhecem a impossibilidade de candidatura pelo petista

Depois do julgamento, alguns dos principais aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reconheceram a inviabilidade de candidatura do petista para a próxima eleição a presidência da república. Lula foi condenado em segunda instância por unanimidade no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com pena ampliada de nove para 12 anos e um mês de prisão.

Agora, junto ao TRF-4 o único recurso disponível para defesa, são os embargos de declaração, que não podem reverter a condenação, mas podem esclarecer pontos que não ficaram claros, omissões ou contradições. A defesa ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal. Enquanto o julgamento dos embargos estiver acontecendo, o ex-presidente não pode ser preso.

Na manhã desta quinta (25), a Presidente do STF, Cármen Lúcia, negou três pedidos de habeas corpus que foram impetrados por acadêmicos do direito, pedindo a suspensão da execução da pena aplicada a Lula.

Foto: Karlla Oliveira

No programa Show da Cidade desta quinta-feira (25), Gláucia Oliveira, entrevistou o professor e analista político Marco Aurélio e o advogado eleitoral, Marcílio Cumaru. Eles debateram e esclareceram várias questões sobre o assunto. Ouça a entrevista e entenda mais sobre o caso!

Fonte: Rádio Liberdade de Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic