terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Feminicídio: homem mata esposa com tiro na cabeça e depois se mata em Olinda

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Mais um caso de feminicídio em Pernambuco. Edniz da Silva Izídio, de 30 anos, matou a esposa dele, Debora Marcelino Izídio, de 25, e depois se matou, na rua Agave, em Jardim Fragoso, Olinda, na noite desta segunda-feira (22).

O crime ocorreu por volta das 21h na residência do casal. Segundo informações da polícia, o motivo seria o pedido de separação dela. Sem aceitar, Edniz da Silva, que era ex-soldado do exército, atirou na cabeça da esposa e depois na própria cabeça. Eles foram encontrados no quarto onde dormiam. A delegada, Gleide Ângelo, relatou que foi achado uma mensagem de despedida no celular do homem que não chegou a ser enviada. O texto dizia:

 “Peço desculpa a todos. Chegou o fim de duas vidas. Meus filhos, mãe e sogros...”

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Homem tranquilo

O casal tinha dois filhos, um de sete e outro de quatro anos de idade. Eram evangélicos. Débora Marcelino era filha de pastor de uma igreja loca e de acordo com a comunidade, o suspeito não era violento. Informações da Polícia Civil apontam que 38% dos Boletins de Ocorrências de mulheres são por ameaças, 23 por injúria e 17% por agressão.


Fonte: Rádio Jornal Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic