terça-feira, 19 de setembro de 2017

Governo de Pernambuco afirma que dinheiro para o FEM atendeu pedido de emendas parlamentares

Foto: Leonardo Brito.

Nesta terça-feira (19), a Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco (Seplag) divulgou uma nota para prestar esclarecimentos em relação ao decreto assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB) que retira recursos da educação, saúde e até segurança pública para colocar no Fundo de Apoio aos Municípios (FEM), no valor de R$ 640 mil.

De acordo com a Seplag, o “crédito suplementar” é decorrente de emendas parlamentares vindas da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A secretaria ressaltou que a transferência dos recursos tem sido destinada exclusivamente para investimentos e que tem sido mantido mesmo no período de crise para aquecer a economia local.

“Já foram liberados R$ 145 milhões, destinados a obras de infraestrutura urbana e rural, educação, saúde, desenvolvimento social, meio ambiente e sustentabilidade. Inclusive, obras de ampliação e reforma de unidades de saúde e escolas. Ao todo, em suas três edições, o fundo deverá injetar R$ 732 milhões em investimentos nos 184 municípios do Estado”, diz.

Shareaholic