sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Pastoral Carcerária envia nota sobre rebelião no presídio de Santa Cruz do Capibaribe

NOTA PÚBLICA SOBRE A REBELIÃO NO PRESIDIO DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE – PE.





A situação do Sistema Prisional Brasileiro há muito tempo é preocupante e apavorante. Quase sempre abandonados pelo Poder Púbico e esquecidos pela sociedade, as unidades parecem mais com campos de concentração para pobres, do que instituições que deveriam ressocializar. Locais onde são violados, nas mais das vezes, direitos básicos, inerentes a todos os seres humanos e, vale destacar, ocorrem casos de tortura, superlotação e discriminação de grupos, o cárcere sequer é lugar de gente, é local de morte e fonte de sofrimento físico e psicológico.

Há, inclusive, inúmeros casos de presos que, sem julgamento, já estão encarcerados há mais tempo do que uma eventual pena máxima de condenação, outros casos, em já tendo decisões, não conseguem o direito de progredir de regime, passando a poder trabalhar e reconstruir a vida, por exemplo. Diante destes e outros fatores e com a omissão do Poder Público, torna-se comum o acontecimento de rebeliões, motins em todo o Brasil.

Lamentavelmente ocorreu, neste sábado (21/01/2017), um motim no Presidio de Santa Cruz do Capibaribe. Este, que tem capacidade para receber 186 pessoas, mas, atualmente, está com 447, quase o triplo da sua capacidade e que resultou em uma morte e treze feridos.

Episódios como os que vem ocorrendo no Brasil e o que aconteceu em nossa cidade são reflexos, históricos, da forma equivocada que vem sendo conduzido este debate e da falta de envolvimento do Poder Público na busca por soluções eficazes, humanas e que possam, em uma realidade não muito distante, trazer um equilíbrio entre punição, justiça e garantia dos direitos básicos.

Educação e oportunidade são, sem dúvidas, meios a proporcionar que a população, em especial os jovens, possam trilhar caminhos que os afastem do ambiente de criminalidade e, por conseguinte, invertam a lógica do que, em lastimável medida, o sistema vigorante ocasiona: desigualdade e exclusão.

A lógica do encarceramento e o discurso de ódio disseminados na sociedade fogem completamente aos preceitos Cristãos e em nada contribuem para a pacificação social. O engajamento de todas as igrejas, organizações sociais e pessoas de boa vontade é, pois, essencial para fomentar a logica da misericórdia na busca de um novo olhar.

Por fim, a Pastoral Carcerária se solidariza com os familiares de todas as pessoas feridas neste episódio e roga soluções urgentes para a situação carcerária.
Pastoral Carcerária
Santa Cruz do Capibaribe

Horário de velório e sepultamento de ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus são divulgados

Foram divulgados, na manhã desta sexta-feira (27), os horários do velório e sepultamento do ex-prefeito e ex-vereador José Inácio da Silva (Zé Inácio, foto).

De acordo com as informações repassadas ao blog por amigos próximos, o corpo será inicialmente velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, sendo depois conduzido para a segunda etapa para da cerimônia, em Brejo.

A chegada do corpo ao município está prevista para as 14h, dando início ao velório, já na Prefeitura Municipal, a partir das 15h. Já o sepultamento será realizado as 10h de sábado (29), no cemitério São Vicente de Paula.

Zé Inácio foi prefeito de Brejo em quatro ocasiões, ocupou cargos de destaque junto a governos estaduais e a sua última participação em mandato foi como vereador, entre os anos de 2005 a 2008.

O mesmo estava internado em Recife há cerca de dois meses, para tratar de problemas de saúde decorrentes da diabetes. O falecimento se deu por insuficiência cardíaca no Hospital Memorial São José.

OS MORADORES DO LOTEAMENTO NEZINHO ARRUDA COBRA CONCENTO DO SANIAMENTO ESTOURADO.

Prefeito de Brejo envia nota de pesar por morte de Zé Inácio


“Foi com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento do ex-prefeito José Inácio da Silva ou simplesmente Zé Inácio, um político que tinha uma visão futurista e deixa seu legado de grandes ações que até hoje servem a nossa população de Brejo da Madre de Deus.

Zé Inácio teve um currículo invejável e uma história de sucesso ocupando os mais altos cargos políticos que um brejense já conseguiu ocupar.

Aproveito o momento para deixar nossos votos de pesar a todos os familiares e amigos pela perda, e decretar luto oficial de três dias pelo falecimento”.
Hilário Paulo da Silva – Prefeito de Brejo da Madre de Deus

Morre ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus


Político estava internado há dois meses em Recife – Imagem compartilhada em redes sociais

Faleceu, no final da noite de quinta-feira (26) o ex-prefeito e ex-vereador por Brejo da Madre de Deus, Zé Inácio.

De acordo com as informações iniciais, a morte do político aconteceu na cidade de Recife, já que o mesmo estava internado no Hospital Memorial São José. O mesmo faleceu diante de um quadro de insuficiência cardíaca e estava internado há cerca de dois meses para tratar de problemas de saúde.

José Inácio da Silva, que estava com 87 anos, foi prefeito de Brejo por quatro mandatos: 1955 a 1959, 1959 a 1963, 1988 a 1992 e 1996 a 2000.

O político era figura conhecida no cenário estadual, já tendo atuado em posições importantes junto ao Governo do Estado.

Inicialmente, o velório deve ser realizado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, para depois ser encaminhado para uma segunda etapa da cerimônia, desta vez em Brejo.
Fonte: Blog do Ney Lima

Shareaholic