sábado, 7 de outubro de 2017

Operação Bar Seguro interdita mais de 600 estabelecimentos em Pernambuco

O número representa uma média mensal de 72 ações de interdição. (Imagem: Divulgação/Prefeitura de Olinda)

Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar fecharam 654 bares e restaurantes em Pernambuco por colocarem em risco a segurança dos consumidores ou por serem considerados “facilitadores de violência”. O número representa uma média mensal de 72 ações de interdição. Ao todo, 1.145 estabelecimentos passaram por vistoria.

De acordo com o coordenador da ‘Operação Bar Seguro’, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Erick Aprígio, o objetivo da iniciativa é reforçar o combate ao crime. “Geralmente, 20% desses lugares se regularizam e voltam a funcionar. Esse trabalho conjunto com a Polícia Militar tem por objetivo garantir segurança para a população”, afirma.

Entre os alvos da operação, há bares, boates, salões de festas e até postos de combustíveis. Nesse último caso, a iniciativa encontrou risco de incêndio e de explosão em sete estabelecimentos.

“Nós encaminhamos o que encontramos de irregularidades para as prefeituras e órgãos responsáveis. Após a fiscalização, nós voltamos ao estabelecimento, em um prazo de 60 dias, que é o tempo dado ao proprietário para se regularizar. Nesse período, percebemos uma redução de 40% no número de estupros nas proximidades desses locais”, explicou Aprígio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic