quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Limites de municípios de Pernambuco podem sofrer alterações

Santa Cruz do Capibaribe se encontra na lista do novo mapeamento

Foto: Divulgação.

Um novo mapeamento em Pernambuco, feito por meio dos dados do programa Pernambuco Tridimensional (PE3D), poderá alterar os limites de diversos municípios, alertou o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB). O programa utiliza a varredura a laser para fazer medições precisas das referências definidas nas leis de criação dos municípios.

No plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nesta terça-feira (17), IIsaltino Nascimento revelou que as alterações podem modificar o tamanho da população das cidades, afetando o repasse de recursos para as prefeituras.


 “As possíveis mudanças nos territórios municipais podem influir no tamanho da população do município, aumentando ou diminuindo o repasse de recursos para as prefeituras e os prefeitos precisam estar atentos, e esta discussão precisa ser trazida para esta Casa”, afirmou.

Por fim, Isaltino solicitou que a Comissão de Negócios Municipais da Assembleia realizasse uma audiência pública sobre o tema.

O PE3D está sendo executado pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem), com a contribuição do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O projeto teve um custo de R$ 21,5 milhões, financiado pelo Banco Mundial.

Entre os municípios que estão na lista do novo mapeamento e que poderão sofrer alterações estão Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Brejo da Madre de Deus, Caruaru, Belo Jardim, São Bento do Una, Surubim, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic