sábado, 12 de agosto de 2017

PRESOS EM CARUARU SUSPEITOS DE PRATICAREM DIVERSOS HOMICÍDIOS


Na ultima quinta-feira (10/8), policiais da 19ª Delegacia de Homicídio de Caruaru deram cumprimento a dois Mandados de Prisões Preventivas. Os suspeitos presos foram Elison Tavares da Silva, vulgo “Bolo” de 21 anos, Paulo Henrique da Silva, vulgo “Bigode” de 32 anos, que já estava preso deste o mês de abril pelo fato da PM ter encontrado uma arma em sua casa.

A delegada Dra. Sérvulla Waleska, disse que eles são acusados de terem matado os irmãos gêmeos, Wemerson Sandro da Silva, de 17 anos, morto no dia 25 de outubro do ano passado na Rua Verona, no bairro São João da Escócia e Weverson Sandro da Silva, de 17 anos, assassinado no dia 4 de novembro do ano passado, que foram mortos a tiros. Segundo a delegada, os gêmeos foram mortos por terem denunciado um dos acusados de possuir uma arma de fogo. O acusado teriam se juntado com o comparsa e assassinaram os menores para vingar o prejuízo da arma que havia sido apreendida pela polícia.

Além das mortes do gêmeos, os dois elementos também são suspeitos de matarem mais 07 pessoas, Jorael da Silva Filho, vulgo “Jorinha”, de 17 anos, assassinado no dia 08 de julho do ano passado no São João da Escócia; José Edson Lopes da Silva, vulgo “Vampirão” de 39 anos e José Nilson de Oliveira, de 50 anos, que foram mortos dentro de um Honda Civic do “Vampirão” na Avenida Brasil na noite do dia 11 de novembro do ano passado; a morte do “Olhão” que era tio dos adolescentes; Iran Santiago Alexandre, conhecido como “Iran do Mármore” de 26 anos, morto no dia 18 de novembro em Riacho das Almas, do menor, David Antonio da Silva, de 17 anos, morto esta semana em Cupira e de Felipe Lucas Belo, morto aqui em Caruaru.

Segundo a delegada, eles são ligados ao José Roberto Bezerra de Menezes dos Santos, vulgo “Chacal”, que foi preso há 40 dias pela sua equipe, o qual é suspeito de possuir envolvimento no homicídio ocorrido em 1º de abril desse ano, na Rua Navarro, São João da Escócia, havendo como vítima Leandro Bezerra da Silva, vulgo “Kiko” que foi morto ao lado do circo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shareaholic