quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

AGRICULTOR É ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE TEREZINHA


Um agricultor de 41 anos foi assassinado na manhã desta quarta-feira (21), o crime aconteceu em uma estrada vicinal de acesso a fazenda Catarina, na zona rural do município de Terezinha, no Agreste de Pernambuco.

A vítima foi identificada como sendo, Dorgival Soares Donato. Ele estava pedalando uma bicicleta, quando foi alvejado por disparos de arma de fogo, três tiros atingiram a cabeça do agricultor que não resistiu e veio a óbito no local.

Até o momento a motivação e autoria do crime são desconhecidas, o corpo foi encaminhado pela Polícia Civil, para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

EM ANGELIM, POLÍCIA CIVIL PRENDE ELEMENTOS COM CARRO ROUBADO E APREENDE ARMAS E CELULARES


Na manhã de hoje (21), Policias Civis das Delegacias de Angelim, São João e Canhotinho, sob o comando do Delegado Marcos Omena, diligenciaram no sentido de averiguar a possível localização de um veículo (Golf) roubado ontem em Alagoas.


Durante a diligência, que transcorreu na zona rural de Angelim, não só conseguiram recuperar o veículo como também apreender uma pistola .765 com munição, uma espingarda calibre 12 com munição, droga e vários celulares.


Na ocasião foram presos dois maiores identificados como Luilas dos Santos Torres, de 23 anos e Leandro Paulo da Silva, de 18 anos, e apreendido um menor, eles estavam começando a depenar o veículo no momento da abordagem, e acabaram confessando o crime.

Após os procedimentos foram autuados e encaminhados a audiência de custódia.

Ainda na manhã de hoje aconteceu uma operação policial da Delegacia de São João, coordenada pelo Delegado Marcos Omena, para o cumprimento de 6 (seis) mandados de busca e apreensão em desfavor de traficantes que atuam nos municípios de São João, Caetés e Garanhuns.

A operação contou com o apoio operacional do Delegado Seccional Flávio Pessoa e dos Delegados Jonas Fraga e Graça Canuto, bem como com o efetivo da 18ª DESEC e das Delegacias de Angelim, Canhotinho, Caetés, Jupi, Garanhuns e São João.

Na ocasião foram apreendidos, em Garanhuns, aproximadamente 200g de maconha pronta para o consumo e vários elementos de prova da existência do grupo criminoso, objetivo da operação.

Criminosos atacam agências bancárias em Belém de Maria e Jaboatão dos Guararapes


Bandidos atacaram uma agência bancária na madrugada desta quarta-feira (21), em Belém de Maria, na Zona da Mata, a 47 km de Caruaru. Cerca de 15 homens fortemente armados participaram da ação criminosa contra o Banco do Brasil.

A quadrilha explodiu caixas eletrônicos, trocou tiros com a polícia e houve perseguição. O bando também jogou grampos nas rodovias.

Em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, criminosos atacaram uma agência do Bradesco. Segundo a polícia, seis homens armados e encapuzados chegaram ao local atirando por volta das 3h. Eles colocaram explosivos nos caixas eletrônicos e destruíram a agência bancária.

De acordo com balanço da polícia, entre janeiro e novembro deste ano, foram registrados 130 casos em Pernambuco.

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio vai a 40 milhões de reais


Foto: Karlla Oliveira/Rádio Liberdade

A Caixa Econômica Federal realizou, na noite desta terça-feira (20), no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo, o sorteio do concurso 1.887 da Mega-Sena. Ninguém acertou as seis dezenas e o prêmio acumulou em 40 milhões de reais.

Dezenas sorteadas: 11 – 23 – 34 – 41 – 46 – 56.

A quina saiu para 54 apostadores e cada um receberá 40 mil 268 reais. A quadra premiou 3.496 com 888 reais cada.

A semana terá mais duas oportunidades para tentar a sorte na Mega-Sena, na quinta-feira (22) e no sábado (24).

Os três sorteios desta semana serão os últimos concursos antes da Mega da Virada, na noite do dia 31. A partir do dia 26, todas as apostas concorrerão para a Mega da Virada. A estimativa inicial de prêmio é de 200 milhões de reais.

POLÍCIA CIVIL FAZ OPERAÇÃO EM CARUARU E PRRENDE SETE PESSOAS SUSPEITAS DE ENVOLVIMENTO COM HOMICÍDIOS E O TRÁFICO DE DROGAS

A Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito do programa Pacto Pela Vida, desencadeou na manhã desta terça-feira (20), a 35ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Operação Pérgamo”, com o objetivo de cumprir mandados de prisão em desfavor de suspeitos de homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa, com atuação no município de Caruaru/PE.

Foram cumpridos 10 Mandados de Prisão e 07 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, expedidos pelo Juiz de Direito da Vara do Tribunal do Júri da cidade de Caruaru. Do total de mandados, 07 relacionam-se com alvos soltos, sendo todos decorrentes de prisão temporária. Os demais 03 mandados de prisão estão relacionados a alvos de dentro do sistema prisional.

Na execução do trabalho operacional, participaram 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães e a operação foi supervisionada pela Chefia da Polícia Civil e coordenada pela DINTER-I, Gerência de Controle Operacional do Interior I – GCOI-I e 3ª Divisão de Homicídios do Agreste.

De acordo com o delegado chefe da Dinter-01, Dr. Nehemias Falcão, os investigações tiveram início há 7 meses e foram efetuadas pela 20ª Delegacia de Polícia de Homicídios, apoiada pelo Centro Integrado de Inteligência e Defesa Social-CIIDS e pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil –DINTEL e o resultado foi exitoso com todos os alvos atingidos.

As 9h30min desta quarta-feira (21) o delegado Dr. Márcio Cruz titular da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, que preside as investigações, irá repassar os detalhes da participação de cada um dos acusados nessa quadrilha envolvida com o tráfico de drogas e homicídios, inclusive os nomes das vítimas que eles são acusados de terem assassinado.

Foram presos: Artur Gualberto Silva Junior, Valdenio Amauri Constante de Azevedo, Ericsson Porfírio da Silva, Everton Ramos da Silva, vulgo “Evinho”, Priscila Layane da Silva, Caio Wesley Santiago e Paulo José da Silva, vulgo “Bau”. Todos foram levados ao IML onde foram submetidos a exames traumatológicos, em seguida foram encaminhados ao sistema prisional, os homens a Penitenciária Juiz Plácido de Souza e a mulher para a Colônia Penal Feminina de Buíque.

MOTORISTA É DETIDO COM CNH FALSIFICADA EM PETROLINA


O homem disse que havia adquirido o documento por R$ 2.000,00


Um motorista que portava uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com indícios de falsificação foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta terça-feira (20), na BR 428, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O homem, de 57 anos, informou que não era alfabetizado e havia adquirido o documento na Bahia.

Por volta das 6h20, agentes do Grupo de Patrulhamento Tático da PRF abordaram um automóvel no quilômetro 181 da rodovia. Ao solicitar a documentação do motorista, ele apresentou uma CNH que continha sinais de adulteração e foi constatado que a habilitação não possuía registro.

O homem informou que havia adquirido o documento por R$2.000,00, no município baiano de Xique-Xique, sem passar por exames para retirar a habilitação. Ele foi detido e encaminhado junto com a documentação irregular à Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro. Quem faz uso de documento falso comete o crime previsto no artigo 304 do Código Penal, com pena prevista de dois a seis anos de reclusão e multa.

Fonte: Agreste Violento.

ACUSADO DE MATAR PM EM GARANHUNS NO ANO DE 2009 MORREU EM CONFRONTO EM ALAGOAS NO INÍCIO DE DEZEMBRO


Um homem acusado de assassinar em 2009, em Garanhuns, o policial Valdemar Gomes dos Santos, proprietário do Supermercado Santos, teve sua vida de crime encerrada no último dia 03 de dezembro, após ser morto junto com um comparsa em um confronto com a PM de Alagoas.

A dupla fazia parte de uma quadrilha envolvida em diversos crimes no estado de Alagoas e Pernambuco. Um dos mortos é Heleno Santana da Silva, vulgo ‘Baixote’, de 30 anos. Ele é acusado de participar da morte do PM Valdemar Gomes dos Santos. O crime chocou Garanhuns, já que a vitima era bastante conhecida na cidade. O outro morto é Gerson Cavalcante da Silva, o ‘Deto’, de 38 anos, comparsa de Baixote. A dupla foi alvo de uma operação policial no início de dezembro na cidade de São Miguel dos Campos, Alagoas.

Graças a um bem feito trabalho de inteligência, as polícias Militar e Civil de Alagoas descobriram que os dois integrantes da quadrilha estavam escondidos em residências na cidade. As forças de segurança montaram uma operação para capturar os marginais, mas durante a abordagem eles reagiram e acabaram mortos em uma troca de tiros com a PM.

De acordo com a polícia, também no dia 03, foram presos na mesma operação, mais três suspeitos de participação na quadrilha . Tanto os presos como os mortos tem participação em crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo, roubo de cargas, assaltos a ônibus interestaduais e homicídios, inclusive na morte de policiais no estado de Pernambuco. Todos tem passagem pela polícia.

A MORTE DE VALDEMAR


Valdemar foi morto em novembro de 2009 após ser vítima de um assalto em Garanhuns. Ele tinha 43 anos na época do crime e era soldado da Cavalaria do 9º BPM. Por ser proprietário do Supermercado Santos, na Cohab 2 era bastante conhecido na cidade. Além de baixote, outros indivíduos tiveram participação direta no assassinato do PM.

Com informaçõesdo VeC Garanhuns: http://www.vecgaranhuns.com

MINISTÉRIO PÚBLICO DEFLAGRA OPERAÇÃO COM A POLÍCIA CIVIL EM CUPIRA E APREENDEM DOCUMENTOS QUE PODEM COMPROVAR FRAUDES NA CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE


Foi deflagrada pelo Ministério Público de Pernambuco, na manhã desta terça-feira (20), na cidade de Cupira, no Agreste do estado Pernambucano a “Operação Irapuã” com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão nas residências de suspeitos de estarem envolvidos em crimes de associação criminosa, apropriação indébita, estelionato, peculato e falsidade ideológica com atuação na Câmara Municipal de Cupira/PE.

Foram cumpridos 11 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, todos expedidos pelo Juiz de Direito da Comarca de Cupira e na execução do trabalho operacional, participaram cerca de 55 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A operação foi supervisionada pela Chefia da Polícia Civil, contando com o suporte da Diretoria de Inteligência (DINTEL) e a Coordenação de Planejamento Operacional (CPO) da PCPE.

O promotor Dr. Frederico Magalhães, disse que as investigações estão sendo realizadas pelo Ministério Público de Pernambuco, com o suporte do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e que foram iniciadas há 08 meses graças a uma denúncia feita na promotoria local sobre a contratação de funcionários fantasmas por dois vereadores da cidade, Bena Júnior e o presidente da câmara Fábio Lessa, que de acordo com os indícios teriam contratado os funcionários fantasmas e um percentual dos salários seriam repassados aos vereadores citados e que esse desvio traria um prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 100 mil por ano.

Shareaholic