terça-feira, 13 de setembro de 2016

HOMEM MATA IDOSO E É PRESO EM FLAGRANTE, EM VENTUROSA



Um aposentado foi assassinado com um golpe de enxada na tarde desta terça-feira (13), o crime aconteceu no Sítio Macaco, área rural de Venturosa, no Agreste de Pernambuco.

A Polícia Civil informou que o crime aconteceu após uma bebedeira, a vítima Lourival Gomes de Oliveira, de 71 anos, passou a tarde bebendo com o autor do crime identificado como, Ivanilton Elias da Silva, de 43 anos, depois foi para casa quando populares perceberam que ele estava matando o idoso.


Revoltados moradores da comunidade dominaram o acusado que foi amarrado, a vítima chegou a ser socorrida para a emergência da Unidade Mista Justa Maria Bezerra, onde deu entrada sem vida, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, o homicida foi autuado em flagrante e recolhido ao Sistema Prisional.

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM ENVOLVIDO EM HOMICÍDIO EM GARANHUNS

Policiais civis da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, prenderam nesta terça-feira (13/9), Valdemir de Souza, 35 anos, vulgo “Paulista”, morador do bairro da Massaranduba em Garanhuns.

De acordo com a civil, a prisão foi em cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Garanhuns/PE, onde Paulista, é suspeito de ter participado do homicídio que vitimou Charles da Silva Ferreira, de 15 anos, que havia fugido do Fórum de Garanhuns quando ia ser ouvido em audiência, após ter sido apreendido acusado de práticar um homicídio no município de Iati/PE. Charles foi assassinado com um tiro na cabeça, dentro de um matagal no dia 16/10/2015 no bairro da Massaranduba.

Durante as investigações realizadas pela equipe da 22ª Delegacia, sob o comando do delegado João Lins, a prisão de Paulista foi solicitada ao poder judiciário que acatou o pedido e expediu o mandado de prisão.

O suspeito que nega as acusações, foi preso em sua residência, na Rua Itapemirim, e após ser apresentado na delegacia, foi recolhido a Cadeia Pública de Saloá no Agreste pernambucano.

RELEMBRE O CASO



Moradores do bairro Maçaranduba em Garanhuns encontraram um adolescente assassinado debaixo de uma arvore em um terreno baldio no final da Rua Santo Afonso, por volta das 8h desta sexta-feira (16/10).

Com a chegada das polícias Militar e Civil foi constatado que a vítima se tratava de Charles da Silva Ferreira, de 15 anos. Ele havia sido apreendido no último sábado (10) após assassinar o cunhado a facadas no município de Iati no Agreste. Levado ao Fórum de Garanhuns ele conseguiu fugir do policiamento e foi encontrado morto na manhã de hoje com um tiro do lado direito da testa.

Moradores da localidade disseram ter ouvido cerca de 3 disparos de arma de fogo por volta das 20h, mas por se tratar de um local ermo ninguém foi ver o que havia acontecido.


No local onde o adolescente foi encontrado havia bastante indicio de ser frequentado por usuários de droga, pois havia muitas embalagens como papel laminado e trouxinhas de plástico que normalmente são usadas para embalar droga.

Familiares disseram à polícia que ele havia feito uma ligação telefônica, informado que estava escondido na casa de amigos, porém, não disse quem eram essas pessoas. A mãe dele disse que suas vestes a qual ele foi encontrado hoje não lhe pertencia e que pode ter sido dos amigos que ele havia relatado.

A Polícia Civil realizou o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o IML de Caruaru. As investigações do assassinato ficará por conta da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns.

PORTEIRO DE ESCOLA É ASSASSINADO EM LAGOA DO OURO



Um crime de morte na noite desta segunda-feira (12), abalou os moradores de Lagoa do Ouro, no Agreste de Pernambuco.

Arão Teixeira Galindo, de 44 anos, trabalhava como porteiro na Escola Jandira Pedrosa, quando elementos desconhecidos chegaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo, pelo menos 11 tiros atingiram a vítima na região do tórax e pescoço, ele chegou levado a Hospital José Josy Duarte, e veio a óbito após receber os primeiros socorros.

A vítima era uma pessoa querida na cidade o que deixou a comunidade em estado de choque, Arão era tido como um cidadão de bem, sem envolvimento com a criminalidade, até o momento a autoria do crime é desconhecida, do necrotério do hospital de Lagoa do Ouro o corpo seguiu para o Instituto de Medcina Legal (IML) de Caruaru.

Shareaholic