sábado, 10 de setembro de 2016

Eletricista comete suicídio através de descarga elétrica em Taquaritinga

Na noite deste sábado (10) um eletricista cometeu suicídio através de um choque elétrico na Rua Francisco de Assis, Centro de Taquaritinga do Norte. O fato ocorreu por volta das 20h.

Segundo informações repassadas por familiares ao policiamento, a vítima José Ismar de Oliveira (58 anos), teria tirado a própria vida devido a um problema de saúde e que o mesmo ele fazia tratamento de quimioterapia por conta de um câncer.

Ainda de acordo com as informações, ele teria retirado a sua camisa e a encharcou com água, colocando a no chão, se molhou completamente e colocou o chinelo ao lado da camisa, sendo que então pisou na camisa e pegou um pedaço de ferro e o conectou em uma caixa de energia, onde recebeu a descarga elétrica e foi a óbito no local.

O SAMU chegou a ser acionado, porém ao chegar na residência já tinha constatado que a vítima já estaria em óbito. O corpo de Ismar foi conduzido para o Instituo de Medicina Legal (IML) em Caruaru.

Médica e agricultora da Paraíba são finalistas de prêmio nacional voltado as mulheres



A médica de Campina Grande, Adriana Melo, que a primeira cientista a descobrir a relação entre infecção de gestantes por Zika vírus e bebês com microcefalia e a agricultora Rozimere Santos Oliveira Souto de Pedra Lavrada, que criou a Associação Centro de Cidadania das Mulheres de Pedra Lavrada para plantio, processamento e distribuição de alimentos baseado em hortaliças e frutas nativas, estão representando o estado na final de um prêmio nacional.

Na premiação realizada pela Revista Cláudia, a médica concorre na categoria Ciências e a agricultora concorre na categoria Consultora.

Ações desenvolvidas por mulheres inspiradoras em diferentes setores como Ciências, políticas públicas, Consultora natura, revelação, negócios, trabalho social e cultura serão destacadas e homenageadas nessa 21º edição do Prêmio Claúdia, que busca valorizar histórias memoráveis de mulheres excepcionais e atuantes na sociedade brasileira

Clique
aqui e conheça quem são essas mulheres inspiradores e os seus trabalhos desenvolvidos.

As ganhadoras serão definidas pela avaliação do júri, dividido em um grupo de notáveis e um grupo de representantes da Editora Abril, e pela votação popular no site
www.premioclaudia.com.br. Cada um dos grupos tem peso igual na decisão final.

A cerimônia de entrega dos troféus do 21º Prêmio Claudia acontece na noite de 4 de outubro em São Paulo, no Teatro Santander.

Deputada federal e prefeito afastado de Montes Claros são alvos da PF

Léo Rodrigues - Correspondente da Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou na sexta-feira dia 09 de setembro.

A Operação Véu Protetor, cujo objetivo é desarticular uma organização criminosa que atuava no norte de Minas Gerais. Entre os envolvidos estão a deputada federal Raquel Muniz (PSD) e seu marido, o prefeito afastado de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB).

A deputada federal Raquel Muniz e o marido são acusados de fraudes tributárias e previdenciárias Divulgação/Agência Câmara


Eles são acusados de desvio de verbas públicas de diferentes origens. Também seriam responsáveis por fraudes tributárias e previdenciárias e estelionatos qualificados, gerando um prejuízo de R$300 milhões à Receita Federal. Os recursos desviados eram utilizados para benefício econômico e político de ambos e de pessoas ligadas a eles, incluindo familiares.

A operação ocorre nos municípios mineiros de Montes Claros, Belo Horizonte, Lavras e Contagem, além de Brasília e Lages (SC). Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em empresas e endereços residenciais de pessoas supostamente ligadas ao esquema.
Ruy Muniz já havia sido preso no dia 18 de abril, acusado de sabotar o funcionamento de hospitais públicos e filantrópicos para beneficiar o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, pertencente e gerido pelo prefeito e por familiares. A prisão ocorreu um dia após a votação da Câmara dos Deputados que aprovou a admissibilidade do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Na ocasião, a deputada Raquel Muniz votou favorável ao prosseguimento do processo e justificou seu voto elogiando o marido. "Meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão."

O prefeito de Montes Claros ficou quase um mês preso e atualmente cumpre medidas cautelares. Ele está afastado de suas funções e não pode sequer entrar no prédio da prefeitura. Mesmo assim, Ruy Muniz é candidato à reeleição em uma coligação que reúne dez partidos. Além do PSB e do PMDB, que indicou o vice Danilo Fernando Narciso, a chapa conta com PSD, PTB, PTC, PRB, PPL, PMN, PHS e PRTB.

Esquema

No novo esquema investigado pela Polícia Federal, a própria deputada estaria implicada. Os políticos envolvidos seriam administradores de 133 instituições que prestam serviços nas áreas de educação e saúde em todo o país. Para manter essas instituições, eles criaram uma entidade beneficente e deixaram de recolher mais de R$ 200 milhões em tributos, além de outros R$ 100 milhões que já estão devidamente lançados e inscritos em dívida ativa.

Empresas de familiares estariam sendo usadas para blindagem patrimonial. Eles transferiam os empregados para a instituição, gozando assim da isenção de tributos federais.

Além disso, Ruy e Raquel Muniz teriam desviado recursos públicos federais e estaduais que eram repassados às entidades por força de convênios. A maior parte dessa verba seria do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), recebidos do Ministério da Educação.

Os envolvidos no esquema poderão responder pelos crimes de organização criminosa, crimes tributários e previdenciários, descaminho e furto qualificado, estelionato majorado, fraudes à execução, crimes contra o sistema financeiro, falsificação de documentos públicos e particulares, peculato, prevaricação e lavagem de dinheiro.

A Agência Brasil entrou em contato com o gabinete da deputada Raquel Muniz, mas uma funcionária informou que a assessora de comunicação estará ausente até segunda-feira (12). A reportagem também tentou, sem sucesso, contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Montes Claros.
Edição: Armando Cardoso

Adolescentes são apreendidos após assalto em Santa Cruz

Na tarde deste sábado (10), o efetivo do GATI apreendeu dois adolescentes com celulares e uma arma de fogo no bairro São Miguel, após assalto em Santa Cruz do Capibaribe.

Segundo informações, os elementos teriam furtado algumas vitimas no bairro Dona Lica e foram perseguidos pelo efetivo, que conseguiram detê-los. Com eles, foram encontrados dois aparelhos celulares e uma arma de fogo.

Os adolescentes foram conduzidos para a audiência de custódia e deverão ser liberados.

Fugitivo da cadeia pública de Serra Branca se entrega à justiça

Antonio Marques Suares, fugitivo da Cadeia Pública de Serra Branca, se entregou a justiça na manhã da sexta-feira (09).

O detento tinha fugido da Cadeia Pública na noite da última segunda-feira (05). Durante a fuga, o detento acabou saindo em uma motocicleta e seguindo com destino a sua cidade natal, Parari.

A informação foi confirmada pelo Diretor da Cadeia Pública, Elusivan Florêncio.

Moradores reclamam de buraco em via pública exalando mau cheiro em Santa Cruz do Capibaribe




Moradores enviaram fotos ao Blog mostrando um buraco no calçamento na Rua Major Negrinho, próximo à sede do bolsa família, em Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com moradores, já foi solicitado várias vezes que uma providência seja tomada, pois ninguém aguenta o mau cheiro, mas até agora nada foi feito.

Algumas pessoas colocaram até uma placa de protesto dentro do buraco, na tentativa de chamar a atenção das autoridades.

Pedimos à equipe da prefeitura municipal que resolva esse pequeno problema.
Do Blog Merece Destaque

OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL PRENDE SÓCIOS DA KMC LOCADORA

Ilanna Motta e os prefeitos de Emas e São José de Espinharas são presos


José Aloysio da Costa Machado Júnior, José Aloysio da Costa Machado Neto e Cláudio Roberto Medeiros Silva

Os prefeitos de Emas, José William Segundo Madruga; de São José de Espinharas, Renê Trigueiro Caroca, além da chefe de Gabinete da prefeitura de Patos, Ilanna Motta, e dois sócios da empresa Malta Locações Ltda., Carlos Alexandre Fernandes Malta e Rafael Guilherme Caetano dos Santos foram presos na manhã desta sexta-feira (9) pela Polícia Federal, no bojo da operação Veiculação. Os dois prefeitos foram afastados do cargo e estão sendo presos temporariamente, enquanto que Ilanna e os outros dois foram presos preventivamente. A prefeita de Patos, Francisca Motta, mãe de Ilanna, também foi afastada temporariamente do cargo, mas não chegou a ser presa.

Todos são acusados de participação em um suposto esquema de irregularidades em licitações e contratos públicos, em especial ao direcionamento de procedimentos licitatórios e superfaturamento de contratos, em razão de serviços de locação de veículos, realizados pelas prefeituras municipais de Patos, Emas e São José de Espinharas, todas no Sertão da Paraíba. Entre os suspeitos, o traço peculiar é a ligação familiar. Ilanna é filha de Chica Motta, prefeita de Patos, e casada com Renê Trigueiro Caroca, prefeito de São José de Espinharas. José William é ex-marido de uma das filhas de Ilanna, enquanto que Rafael Guilherme é genro de Renê Trigueiro.

O esquema de locações de veículos foi denunciado no ano passado,
pelo blog de Suetoni, mostrando a relação delicada entre os empresários e agentes políticos da Paraíba. A denúncia foi desencadeada por uma operação em Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, onde o Ministério Público descobriu a ligação da administração municipal com empresas de locação de veículos fantasmas. A ligação com a Paraíba se deu por conta de uma conta bancária de uma agência do Itaú, em Patos, pertencente a uma das empresas. O MPPE descobriu pagamentos feitos pelo deputado federal Hugo Motta (PMDB) a uma das empresas fantasmas.

Ao todo, a força-tarefa composta por Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU) está cumprindo 8 mandados de busca e apreensão, 5 de prisão e afastamentos de funções públicas de 7 envolvidos, sendo quatro secretários municipais, além dos três prefeitos. Todos os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5). As fraudes envolvem mais de R$ 11 milhões em recursos aplicados em ações dos Programas de Transporte Escolar (PNATE), Fundeb, Pró-Jovem Trabalhador e Bloco de Média e Alta Complexidade (Saúde).~
Por Suetoni Souto Maior
Jornal da Paraíba

PARA VOCÉ RELEMBRAR:

Prefeito Edson Vieira tem bens bloqueados pela justiça

Publicado em
6 de agosto de 2015 por TV Replay Replay
Foto Folha PE

A justiça determinou o bloqueio de bens de oito pessoas que foram denunciadas pelo Ministério Público de Santa Cruz do Capibaribe por envolvimento no escândalo que ficou conhecido como “Farra das Locações”.

Entre os denunciados estão o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), a chefe de gabinete, Áurea Priscilla Ferreira, integrantes da comissão de licitação e supostos sócios da empresa KMC Locadora, contratada de fachada para alugar veículos à prefeitura da cidade.


O juiz Hildemar Macedo De Morais, decidiu na tarde desta quarta-feira 05 de agosto de 2015, acatar a denúncia que foi apresentada pelos promotores e ordenou liminarmente o bloqueio de bens para possível reparação de danos causados ao erário público.

De acordo com os autos da decisão, os envolvidos vão continuar usufruindo dos bens até que a ação seja julgada, mas não poderão vender ou transferir os que forem bloqueados.

O valor bloqueado será superior a R$ 1,6 milhão e seria equivalente ao montante pago a empresa KMC Locadora nos primeiros meses do Governo Edson Vieira. Os oito acusados deverão responder solidariamente pelos valores supostamente desviados.


Através de recurso na justiça, Edson Vieira garante desbloqueio de conta bancária para recebimento de salário


Veículos e imóveis do prefeito continuam bloqueados

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), conseguiu uma liminar na Primeira Câmara Regional De Caruaru, garantindo a liberação de uma conta corrente na Caixa Econômica Federal usada para receber o salário de prefeito.

A tentativa era que outros bens também fossem desbloqueados, alegando que uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado identificou que o prejuízo causado pela empresa KMC Locadora foi de R$ 245.227,10, diferente do valor de R$ 1.685.887,80 apontado pelo Ministério Público.

O Desembargador Humberto Vasconcelos Júnior aceitou parcialmente o pedido do prefeito, em decisão tomada no início desta semana, atendendo ao pedido de liberação dos valores do salário, entendendo “se tratar de verba de natureza alimentar, imprescindível ao provimento de sua subsistência e da sua família”, mas manteve bloqueados quatro veículos e dez imóveis que permanecem em nome do prefeito.

Uma decisão semelhante havia sido tomada recentemente no processo que apura os contratos da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe com a empresa KMC Locadora. O servidor Pedro Ramos teve os valores referentes ao salário liberados pelo Tribunal de Justiça Local.

O prefeito Edson Vieira é réu na ação que investiga a contratação de uma empresa considerada fantasma, usada para locação de veículos com valores superfaturados. Ao todo, nove pessoas são acusadas, entre elas está a chefe de gabinete, Áurea Priscilla Ferreira, integrantes da comissão de licitação e supostos sócios da empresa KMC Locadora.

Fonte: Blog do Ney Lima
Fontes: Blog do Ney Lima TV Replay, o que é noticia se repete!

Mãe do deputado Hugo Motta é presa pela PF. Avó, prefeita de Patos-PB, é afastada



A Polícia Federal cumpril mandados de buscas, apreensões e prisões nesta sexta-feira dia 09 de setembro de 2016. no Sertão da Paraíba por meio da Operação Veiculação; foram presos dois prefeitos, além da chefe de Gabinete da prefeitura de Patos, Ilanna Motta (mãe do deputado federal Hugo Motta - DEM), e dois sócios da Empresa Emas Locações Ltda; a prefeita de Patos, Francisca Motta, mãe de Ilanna e avó do deputado, também foi afastada temporariamente do cargo; todos são acusados de participação em um suposto esquema de irregularidades em licitações e contratos públicos

A Polícia Federal cumpre mandados de buscas, apreensões e prisões nesta sexta-feira (9), no Sertão da Paraíba. Os prefeitos de Emas, José William Segundo Madruga; de São José de Espinharas, Renê Trigueiro Caroca, além da chefe de Gabinete da prefeitura de Patos, Ilanna Motta, e dois sócios da Empresa Emas Locações Ltda., Carlos Alexandre Fernandes Malta e Rafael Guilherme Caetano dos Santos. Eles estão envolvidos em suposto esquema de irregularidades em licitações e contratos públicos.

Ilanna Motta é mãe do deputado federal Hugo Motta (DEM-PB).

Os dois prefeitos foram afastados do cargo e estão sendo presos temporariamente, enquanto que Ilanna e os outros dois foram presos preventivamente. A prefeita de Patos, Francisca Motta, mãe de Ilanna e avó do deputado Hugo Motta, também foi afastada temporariamente do cargo, mas não chegou a ser presa, de acordo com o site WSCOM.

Todos são acusados de participação em um suposto esquema de irregularidades em licitações e contratos públicos, em especial ao direcionamento de procedimentos licitatórios e superfaturamento de contratos, em razão de serviços de locação de veículos, realizados pelas prefeituras municipais de Patos, Emas e São José de Espinharas, todas no Sertão da Paraíba.

Entre os suspeitos, o traço peculiar é a ligação familiar. Ilanna é filha de Chica Motta, prefeita de Patos, e casada com Renê Trigueiro Maroca, prefeito de São José de Espinharas. José William é ex-marido de uma das filha de Ilanna, enquanto que Rafael Guilherme é genro de Renê Trigueiro.

Ao todo, a força-tarefa composta por Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU) está cumprindo 8 mandados de busca e apreensão, 5 de prisão e afastamentos de funções públicas de 7 envolvidos, sendo quatro secretários municipais, além dos três prefeitos.

Todos os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5). As fraudes envolvem mais de R$ 11 milhões em recursos aplicados em ações dos Programas de Transporte Escolar (PNATE), Fundeb, Pró-Jovem Trabalhador e Bloco de Média e Alta Complexidade (Saúde).

Fonte: www.brasil247.com

SARGENTO REFORMADO DA POLÍCIA MILITAR É ASSASSINADO EM TENTATIVA DE ASSALTO




Um sargento reformado da Polícia Militar de Pernambuco foi assassinado na madrugada deste sábado (10), no bairro da Cohab I em Garanhuns, no Agreste do estado.

De acordo com informações da polícia, Eraldo Burgos da Silva, de 54 anos, voltava de viagem com a esposa e a nora, quando próximo da residência que morava foram abordados por elementos em um carro branco, três bandidos todos armados teriam desembarcado, anunciado o assalto e efetuado disparos de arma de fogo.

Para salvar sua família o sargento reagiu e foi baleado, ele ainda tentou fugir quando colidiu violentamente em um poste, o Corpo de Bombeiros e SAMU foram acionados, quando os socorristas chegaram o policial já estava sem vida.


Burgos morreu defendendo sua família, é mais uma vítima da violência que de forma assustadora castiga o nosso estado e nossa região, cabe agora as forças de segurança se unirem e prenderem estes assassinos, e que este não seja simplesmente o 32º homicídio registrado em Garanhuns.

Que Deus tenha piedade de todos nós!

Paulo Fernando.

Eleições 2016 – Cobertura Completa!

Reivindicações, propostas e críticas a aliança com José Augusto Maia movimentam sabatina de Fernando Aragão com professores


Fotos: Thonny Hill


Na noite desta sexta-feira (09) foi realizada a segunda rodada da sabatina com candidatos a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe.

O evento foi organizado pelo Sindicato Único dos Profissionais do Magistério Público das Redes Municipais de Ensino (Sinduprom-PE) e teve como sabatinado o candidato Fernando Aragão (PTB).

O candidato respondeu 14 perguntas que foram sorteadas, de um total de 20 inscritos. As perguntas traziam temas como pagamento de retroativos, preocupação com a qualidade da merenda, a forma de escolha do Secretário de Educação, manutenção do diálogo com a categoria, recolhimento e regime de previdência própria entre outros.

Baixa presença de professores é alvo de críticas por sindicato


Um fato que chamou a atenção é que a sabatina contou com menos presença de professores em relação a que foi realizada com o candidato a prefeito Edson Vieira (PSDB), que abriu a série.

A pouca presença de professores foi lamentada por representantes do Sinduprom e provocaram diversos comentários nos bastidores e críticas de Fernando Aragão, direcionadas ao prefeito. De forma aberta e representando a entidade, a professora Elieudes Bezerra falou pelo sindicato.


“É lamentável que isso aconteça e quero deixar aqui registrado. Ficamos triste porque abrimos um espaço para a discussão e acredito que só a sociedade é transformada por nossas mãos e o papel da discussão política deve ser feita de forma igualitária. Quando temos uma plateia esvaziada, a gente se entristece. Pensávamos que hoje seria igual a ontem, mas os que estão aqui com certeza, tem o compromisso e vão fazer desse espaço um momento produtivo” – disse.

Parcelamento de retroativos

A professora Sandra Maranhão abriu a série de perguntas e questionou Fernando acerca do pagamento dos retroativos em reajustes salariais, fato que gerou diversas cobranças da categoria ao prefeito Edson Vieira devido ao atraso do pagamento das parcelas. Questionado sobre como esse atraso poderia ser evitado em sua gestão, caso eleito, ele respondeu:

“Quero assegurar aos professores e a todos os funcionários da prefeitura que iremos realizar um calendário para o pagamento para que, no dia, a gente possa efetuar esses pagamentos sem atrasos e garanto mais. Todo aumento que houver, não haverá retroativos para pagar e os salários serão corrigidos automaticamente” – pontuou.

Fernando ainda destacou que os atrasos que aconteceram no pagamento dos retroativos seriam reflexo, segundo ele, de uma falta de planejamento da atual gestão.

Merenda escolar

A professora Taís Feitosa destacou o tema, que vem sendo alvo de embates especialmente entre políticos das duas principais alas do município.

Sobre o que faria para solucionar esse impasse, caso eleito, o candidato respondeu que terá, no seu quadro de governo, uma equipe técnica que, segundo o mesmo, fará uma melhor administração dos recursos. De acordo com Fernando, estudos comprovariam que os recursos atuais são suficientes para seguir o cardápio recomendado.

“No meu governo, cuscuz seco não terá. Vamos fazer nossas crianças terem uma alimentação de qualidade, que sirva para eles, senão melhor a que tem em casa, mas igual. Não é possível que esses alunos, que serão os homens do futuro, não tenham uma boa alimentação” – pontuou.

Escolha do Secretário de Educação e construção de novas escolas


Questionado pela professora Sueli Olinda (foto acima) sobre como seriam os critérios para a escolha da equipe a compor a Secretaria de Educação, Fernando voltou a enfatizar que a escolha do secretário da pasta passará por uma lista tríplice, com nomes indicados pela categoria.

“Vocês terão o prazer, a alegria, uma participação maior, em uma lista tríplice, que eu escolha aquela que será o secretário. Tantas pessoas que assinam até documentos aqui e não cumpriram, quero dizer que tudo na minha vida, sempre discuti com a população. Nunca fiz nada só” – frisou Fernando.

Já questionado quanto a construção de novas escolas, o candidato citou que tem a meta quatro escolas de tempo integral e, segundo ele, a categoria terá a garantia que pelo menos uma delas será construída no bairro Santo Agostinho ou Acauã. As demais podem, segundo ele, ser construídas ou implantadas em prédios já existentes, que seriam readequados.

Santa Cruz Prev

O tema da Previdência também foi pautado na sabatina. O candidato foi questionado pela professora Claudiana Alves quanto a falta do repasse de recursos, segundo ela, em gestões anteriores e também a polêmica em relação ao Santa Cruz Prev, cuja dívida da prefeitura com o fundo foi parcelado em 48 vezes. Sobre esse ponto, Fernando fez críticas ao prefeito Edson Vieira.

“Em menos de dois anos, o prefeito não sabe onde colocou os R$ 2,5 milhões que deveriam ter sido repassados a previdência e não foram. Hoje, ele nem sequer diz para onde esse dinheiro foi. Essa casa não tem notícia, pedimos informações e nem sabemos a parcela como é. Isso é um absurdo. Os recursos que entram em Santa Cruz, que são calculados e descontados, serão destinados a previdência” – disse.

Falta de Projetos de Lei direcionados aos professores e aliança com José Augusto Maia


No primeiro ponto mais quente da sabatina, o candidato foi questionado por não ter, segundo o professor Emerson Ivonildo (foto), projetos de lei direcionados a categoria ao longo de seus 30 anos de vida pública.

Ele ainda foi questionado pela sua aliança com José Augusto Maia (PTN) que, segundo o professor, Fernando teria votado pela aprovação de contas do mesmo, sendo que possuíam parecer de rejeição pelo TCE, inclusive com dois fatos relevantes: o escândalo da merenda e suposto não repasse de contribuições previdenciárias.

Sobre os questionamentos, ele respondeu:

“De fato, eu votei contra uma recomendação do Tribunal de Contas porque, quando se lê por dentro todo o processo que tem, se enxerga que o tribunal também erra. Para você que diz que estou compactuando ou não como corrupção, está aqui as contas de 2007, onde consta todas essas coisas que você falou, aprovadas. O tribunal voltou atrás e mandou a gente aprovar. O tribunal de Contas também é político e faz política errada. O tribunal reviu e está aqui mandando aprovar” – disse e completou: “O Tribunal reviu as contas de Edson e vai julgar novamente. Possivelmente, vai ser reprovada e aí?! Quem votou está compactuando com as coisas dele?” – frisou.

Em seguida, Fernando falou sobre a suposta falta de projetos, citando que votou favoravelmente em todos os projetos que beneficiariam a categoria que já foram postos na Casa.

Implantação de concurso público


O candidato foi questionado pela professora Danielly Moura (foto) sobre garantias de implantação de concurso público em caso de eleição. De acordo com ela, nas últimas três gestões, professores contratados não teriam voz e direitos assegurados, além de ameaças de demissões em caso de críticas a problemas nas escolas onde ensinam. Sobre o tema, ele respondeu:

“Eles não têm segurança nenhuma e, por muitas vezes, 1700 que estão aí servindo como contratados, servem para fazer com que essa casa ficasse lotada ontem (na sabatina de Edson), porque a maioria eram de contratados. Ou vinham para cá ou perdiam seus empregos. Quero dizer a todos os contratados: na nossa administração vamos mudar isso. Vamos fazer concurso público para que todos tenham seus direitos” – disse o candidato.

Segundo Fernando, esse concurso já teria possibilidade de ser realizado, caso eleito, a partir de maio ou junho de 2017.

Segurança nas escolas


Sobre o tema, Fernando Aragão prometeu aos professores a presença de segurança nos estabelecimentos com Guardas Municipais e também com os “Vigilantes da Paz”, equipe composta por policiais contratados para trabalhar em seus horários de folgas.

Fernando destacou também a necessidade de convênios a exemplo dos Conselhos de Paz e Antidrogas e também com as polícias Militar e Civil.

“Com isso, vamos reduzir a violência em até 70% do que temos aqui” – disse.

Novas críticas a aliança com José Augusto Maia


A professora Ana Paula questionou Fernando sobre mais outro ponto da aliança com José Augusto Maia. De acordo com ela, o ex-prefeito não mantinha diálogo e também foi acusado por ela de perseguir a categoria e que seria impossível acreditar na proposta de haver diálogo. Sobre esses pontos, ele respondeu:

“Ele faz parte de nosso grupo político, tem sua história em Santa Cruz, com seus erros e acertos. Fui muito crítico de José Augusto, mas hoje, é Fernando Aragão e quem deve ser julgado, é Fernando Aragão. No meu jeito de ser, na minha vontade de fazer, se alguém está aqui ou não está, a influencia é muito pouca. o que queremos é mudar essa cidade. Porque fulano errou eu sou obrigado a errar? Vou fazer minha administração com os que querem mudar Santa Cruz.

Ao final da sabatina, o candidato assinou o termo de compromisso posto pela categoria e sindicato e depois seguiu em passeata com sua militância e simpatizantes.

ASPOL/PE INFORMA: A CADA DUAS HORAS, UMA PESSOA É ASSASSINADA EM PERNAMBUCO

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), agosto foi o segundo mês mais violento do ano para o estado de Pernambuco. Ao todo, foram assassinadas 363 pessoas, um aumento de 10,6% em comparação a agosto de 2015, que fechou com 328 mortes.

Na contramão do Pacto pela Vida, que visa reduzir os índices de violência em 12% ao ano, esses números só aumentam desde 2014. Diante desse triste cenário, está claro que a segurança pública não é prioridade para o atual Governo de Pernambuco, o que torna cada vez mais distante o alcance da meta do respectivo programa.

Para a Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE), a crescente violência é resultado do descaso do Governo com a segurança pública e com as categorias de polícia. Diego Soares, presidente da ASPOL/PE, argumenta que o Pacto pela Vida continuará sendo falácia enquanto não houver investimento na valorização das polícias, com melhores condições de trabalho, remuneração digna e abertura de novos concursos.

AGRICULTOR SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM SALOÁ

Um agricultor de 34 anos sofreu uma tentativa de homicídio quando chegava a sua residência por volta das 14h40m de sexta-feira (9), no Centro da cidade de Saloá, no Agreste pernambucano.

De acordo com informações da polícia, a vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, por ocupantes de um veículo Corsa de cor preta e placa não anotada.

Ainda segundo a Polícia Militar (PM), a esposa da vítima percebeu que estavam sendo seguidos por um veículo, ainda tentaram despistar os elementos, dando volta no quarteirão, mas ao retornarem para sua residência foram surpreendidos pelos ocupantes do veículo suspeito que se aproximou já atirando. Os bandidos fugiram tomando destino ignorado.

A polícia realizou rondas no intuito de prender os criminosos, porém, os mesmos não foram encontrados.

A vítima foi socorrida para o hospital local, mas devido à gravidade dos ferimentos foi transferida para a capital Recife.

PLANTÃO – Filho de candidata a vereadora é assassinado a tiros em Santa Cruz



Um homem foi assassinado a tiros na noite desta sexta-feira em Santa Cruz do Capibaribe. A vítima foi identificada por Danrley Hugo França da Silva, tinha 20 anos e era filho da candidata a vereadora Vanda do Monza (PHS).

O homicídio aconteceu na rua esquina da Rua José Chagas, no Bairro Santa Tereza. Testemunhas relaram ter ouvido mais de 15 disparos de arma de fogo.


Danrley era mecânico de motos. Na noite da segunda-feira, 29 de agosto, ele foi preso portando uma arma de fogo, afirmando que precisava andar armado porque estaria sendo ameaçado de morte.

A coligação responsável pela campanha do candidato a prefeito Edson Vieira (PSDB), apoiado por Vanda do Monza, suspendeu as atividades na noite desta sexta.

USUÁRIO DE DROGAS É ASSASSINADO EM BEZERROS



Foi assassinado a tiros na noite da ultima quinta-feira (08), na Rua Felipe Nere, no bairro Salgado em Bezerros, Agreste de Pernambuco, Jadeilson Henrique de Oliveira, vulgo “Tiririca” de 39 anos, que morava na mesma rua do fato.

Ele foi morto com dois tiros nas costas e segundo informações o local é um ponto de venda de drogas e o mesmo era usuário de entorpecente.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Falta de delegado em Santa Cruz faz polícia liberar ocorrência de perturbação de sossego

A Polícia Militar apreendeu na noite da ultima quinta-feira (08) um Quadriciclo com compressor, buzina e som abusivo, causando perturbação de sossego á moradores de diversas ruas de Santa Cruz do Capibaribe.

A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de polícia local, porém o efetivo teve conhecimento que o município estaria sem delegado de plantão e que, a situação deveria ser conduzida para Caruaru. Diante do fato, os policiais acharam melhor liberar a ocorrência do que deixar parte da segurança de Santa Cruz ‘descoberta’.

De acordo com o policiamento, o veículo se encontrava com seu volume em 91 decibéis, sendo que o permitido pela lei é de 80.

EM PEDRA, CONFUSÃO GENERALIZADA TERMINA COM UMA PESSOA MORTA E QUATRO ESFAQUEADAS

Uma confusão generalizada terminou com uma pessoa morta e outras quatro lesionadas a golpes de faca na ultima quinta-feira (8), no Povoado Horizonte Alegre, área rural do município da Pedra, no Agreste do estado.

De acordo com informações do 3º Batalhão de Arcoverde, a vítima fatal foi João Carlos de Lima Soares, de 35 anos, ele deu entrada na emergência do hospital local onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. As outras vítimas também deram entrada no mesmo hospital, elas receberam os primeiros socorros e foram transferidas para o Hospital Regional de Arcoverde.

A Polícia Militar em uma ação rápida conseguiu prender dois homens e apreender um adolescente por participação no crime, eles foram identificados como; Maicon Clayton Castro da Conceição, de 21 anos, Willian Oliveira Bezerra, de 19 anos, e o adolescente que não teve o nome revelado, todos foram presos e levados a Delegacia Regional de Arcoverde, a PM não conseguiu identificar outros participantes do crime, os maiores foram autuados em flagrante e recolhidos ao Presidio Advogado Brito Alves, a decisão da autoridade policial com relação ao menor não foi informada.

Sócio do doleiro do Mensalão Pernambucano do PSB agride ex-prefeito João Paulo em restaurante no Rio Mar

Do Blog da Noelia Brito


O empresário paulista Bruno D'Carli dá entrevista coletiva em frente à Delegacia de Boa Viagem, sob o olhar atento de seu sócio, o doleiro Jordão Emerenciano (de óculos com a mão no queijo)

O empresário paulista, Bruno de Carli Farias, foi indiciado, pela Delegacia de Boa Viagem, pelos crimes deVias de Fato e Injúria, cometidos hoje, nas dependências do restaurante Tio Armênio, do Shopping Rio Mar, contra o ex-prefeito do Recife, João Paulo, do PT, que lidera as pesquisas, na disputa contra o atual prefeito da capital pernambucana, Geraldo Júlio, do PSB.

Imagem do Facebook


Os crimes cometidos pelo empresário paulista contra o ex-prefeito João Paulo foram filmados e as imagens viralizaram nas Redes Sociais, causando revolta entre os internautas, independentemente de suas colorações partidárias ou preferências ideológicas.


O doleiro Jordão Emerenciano (de óculos, com o dedo em riste, na boca) acompanhou o sócio, Bruno de Carli, durante a entrevista coletiva, depois de seu indiciamento pelos crimes cometidos contra o ex-prefeito João Paulo


Na delegacia, o agressor se fez acompanhar de seu sócio, o doleiro Jordão Emerenciano, conhecido por ter participado ativamente de esquemas para fraudar licitações no governo do Estado de Pernambuco, durante o governo Eduardo Campos, do PSB, juntamente com o ex-presidente da CEASA, Romero Pontual, a quem a própria Polícia Federal chamava de "o homem forte do PSB" (Leia
AQUI).

Matérias veiculadas em nosso Blog e que foram reproduzidas pelo Site Carta Maior revelaram o alto nível de intimidade entre o sócio do agressor do ex-prefeito João Paulo, e Romero Pontual, "o homem forte do PSB". Leiam essas matérias no link abaixo e tirem suas próprias conclusões sobre o inusitado dessa agressão aparentemente gratuita diante do fato de que o agressor do ex-prefeito que estea à frente de todas as pesquisas de intenção de votos para a sucessão do candodato do PSB é sócio de alguém que comandava um dos maiores esquemas de assaltos aos cofres públicos de nosso Estado, juntamente com quem a Polícia federal chamava de "homem forte do PSB, partido do atual prefeito do Recife:
Grampos da Polícia Federal revelam esquema milionário durante governo de Eduardo Campos

Leia um trecho:

"Nos grampos, é possível acompanhar a desenvoltura com que o ex-tesoureiro de campanha de Eduardo Campos e do PSB, juntamente com o doleiro Jordão Emerenciano, direcionavam as licitações milionárias nos mais diversos órgãos do Estado de Pernambuco, para favorecer as empresas comprometidas com o esquema de corrupção de seu grupo: fardamento, combustível, merenda, medicamentos, empreiteiras, Petrobras, influência política, instalação de empreendimentos em SUAPE, nada ficava fora do esquema do que a própria Polícia Federal chamou de "Organização Criminosa", que usava a própria sede da CEASA para reuniões de "negócios":

Shareaholic