quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Bandidos assaltam pela segunda vez loja de celulares em Taquaritinga do Norte

No final da manhã desta quarta-feira (03) uma loja que comercializa aparelhos celulares, na cidade de Taquaritinga do Norte, foi alvo de bandidos.

De acordo com as informações, a loja “Goia Cell”, que fica na Rua Dom Moura (bairro Centro), foi o alvo da investida, onde criminosos que estavam em um Fiat Uno de cor escura e placas não anotados se aproximaram da loja e anunciaram o assalto.

Vários aparelhos celulares teriam sido levados. Os criminosos fugiram em direção a BR-104. Ainda de acordo com as informações, é o segundo assalto que o estabelecimento sofreu em pouco mais de um mês.

No crime anterior, cometido em 20 de julho, 22 celulares foram levados por bandidos. O caso deve ser levado a delegacia local.

POLÍCIA MILITAR PRENDE ASSALTANTES EM FLAGRANTE


Na manhã desta quarta-feira (03), a PM realizava a operação abordagem no município de Lajedo, Agreste de Pernambuco, quando perceberam dois elementos em atitudes suspeitas, tentando subir cada um em uma mototáxi. Os militares realizaram a competente abordagem encontrando na cintura de Alexandre Batista da Silva, 32 anos de idade, residente na Vila dos Prazeres um revólver calibre 32, importado, com marca ilegível com 04 munições, sendo uma delas pinada.



Com Álvaro Nascimento Muniz, de 22 anos, nada foi encontrado. No momento da condução uma mulher procurou a viatura informando que havia sido assaltada dentro de um frigorífico por dois rapazes. Neste momento, os milicianos apresentaram os imputados à vítima que reconheceu os mesmos, passando assim a acompanhar o policiamento. A dupla, a arma e a vítima foram apresentados na delegacia onde foram autuados em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e roubo qualificado, sendo em seguida recolhidos à Cadeia Pública de Lajedo.

Homens do Exército começam a atuar nesta quarta em Natal

Tropa do Exército chegou a Natal na manhã desta quarta (3) (Foto: Marsuel Figueredo/Inter TV Cabugi)

As tropas que chegaram na capital potiguar nesta quarta (3) começam a atuar nas ruas ainda nesta noite. A informação foi confirmada pela assessoria do Exército. Aproximadamente 1.200 militares - sendo 920 do Exército, 220 da Marinha e 60 da Força Aérea - vão participar da chamada Operação Potiguar. De acordo com a assessoria da operação, as tropas atuam nas ruas até o dia 16 de agosto.

De acordo com a assessoria do Exército, 55 homens vão para as ruas nesta quarta para patrulhar os principais corredores da cidade. O restante da tropa vai às ruas nesta quinta (4). O Exército Brasileiro vai realizar uma solenidade de preparação da tropa na manhã desta quinta-feira (4), no 16º Batalhão de Infantaria Motorizado.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) já registrou 96 ataques em 33 cidades do Rio Grande do Norte nos últimos cinco dias. Até às 19h30 desta quarta, 86 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos ataques.

A instalação de
bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, na Grande Natal, é apontada pelo governo como motivo dos atentados.

Escola
Uma escola em
Touros foi atacada na noite da terça, por volta das 21h. É de ensino infantil e fundamental e fica no distrito de Vila Israel, na zona rural do município.

Base policial
 

Segundo o sargento Clóvis Costa, comandante do destacamento da PM de Rio do Fogo, o incêndio na base policial começou por volta das 4h30 desta quarta. A comunidade conseguiu apagar as chamas. "Até o momento, ninguém foi preso", disse.

Lancha

Também no litoral Norte, uma lancha foi incendiada por criminosos na sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) na praia de Maracajaú, município de
Extremoz. A polícia recebeu o chamado na manhã desta quarta.

Na zona rural de Touros, uma escola foi atacada (Foto: Touros1501.com)

Estande

Ainda na manhã desta quarta, em
Parnamirim, na Grande Natal, um estande de vendas abandonado foi queimado no bairro de Emaús, às margens da BR-101. Ainda na região metropolitana, criminosos tentaram incendiar um prédio da Emater em Extremoz, mas o fogo foi logo apagado.


Em Mossoró, um ônibus foi destruído pelas chamas no bairro Santa Delmira (Foto: Alcivan Vilar/Fim da Linha)


Edson Cardoso Bezerra (Gato), Anderson
Mendonça da Silva (Sancinho), Cosme Wendel
Rodrigues Gomes (Cego), Alex Barros de Medeiros
e Marcos Paulo Ferreira (Cabeça do Acre) foram
transferidos de parnamirim para Mossoró

(Foto: G1/RN)

Transferências

Na ultima segunda-feira (1º),
cinco detentos apontados pelo Governo do Rio Grande do Norte como chefes da facção criminosa que reivindica os ataques foram transferidos para a penitenciária federal de Mossoró.

De acordo com o governador Robinson Faria, os presos transferidos foram identificados pelo setor de inteligência da polícia potiguar após terem celulares monitorados. Ainda de acordo com o governador, outros vinte detentos serão transferidos para presídios federais em breve.

Na manhã desta terça, a polícia potiguar anunciou a prisão de Daniel Silva de Carvalho,
apontado como sendo o "número 2" da facção que reivindica os ataques criminosos que vêm sendo registrados. Além dele, foi presa Islania de Abreu Lima, que também seria uma das chefes da quadrilha. Os dois foram presos em cumprimento a mandados de prisão.

OAB-PE LANÇA CAMPANHA ELEIÇÕES LIMPAS EM PARCERIA COM TRE-PE E MPE PARA COIBIR PRÁTICAS ILEGAIS NAS ELEIÇÕES



Coibir práticas como a compra de voto, o caixa dois e a doação ilegal nas Eleições 2016, estimulando que o cidadão denuncie os crimes eleitorais ao Ministério Público Eleitoral, ao Tribunal Regional Eleitoral e à Polícia Federal. Esse é o objetivo da Campanha Eleições Limpas, lançada nesta terça-feira (02/08), pela OAB Pernambuco, em parceria com o TRE-PE e o Ministério Público Eleitoral. O lançamento aconteceu na sede da OAB-PE, no Centro do Recife (PE).

“Não deixe a corrupção começar na eleição” é o mote da campanha, que terá um esquema especial de investigação, voltado principalmente para a identificação de indícios de existência de caixa dois mediante o pagamento de despesas sem a devida contabilização. Esse esquema permitirá uma atuação mais efetiva da Polícia Federal e do Ministério Público Eleitoral na identificação e punição dos responsáveis por crimes. Além disso, uma campanha de alerta contra essas práticas será feita na mídia, de 27 de agosto a 27 de setembro.

Denúncias poderão ser feitas no portal
www.eleicoeslimpas.org.br, que começa a funcionar no dia 16 de agosto. Elas serão encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral, para o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) e para a Comissão de Combate à Corrupção da OAB-PE. Após uma triagem interna desses órgãos, a denúncia será encaminhada, no que couber, para os órgãos investigativos – Polícia Federal e Polícia Civil.

A campanha Eleições Limpas conta também com a participação da Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco, Arquidiocese de Olinda e Recife, Unicap, Instituto Maurício de Nassau, Tribunal de Contas de Pernambuco e Ministério Público de Contas do TCE-PE.

“Se ocorrem ilegalidades nas campanhas eleitorais a responsabilidade é de todos os que têm acesso às informações e não denunciam. Já está mais do que na hora de o comportamento do cidadão mudar em relação à tolerância aos crimes”, afirma o presidente da OAB-PE, Ronnie Preuss Duarte.

“É muito importante que o eleitor esteja consciente do seu papel. As campanhas eleitorais são regulamentadas por uma serie de regras que têm o objetivo de evitar que algum candidato abuse do poder político e econômico em detrimento dos demais concorrentes. O eleitor deve ficar atento e denunciar as irregularidades”, lembra o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos Alves da Silva. “Existem várias maneiras de fazer isso e estamos unidos para empoderar esse eleitor, pois somente um cidadão consciente pode mudar o Brasil”, afirma.

Para o Procurador Regional Eleitoral em Pernambuco, Antonio Carlos Barreto Campello, as inovações nas eleições deste ano – que trazem como principais novidades a proibição de doações eleitorais por pessoas jurídicas e a fixação do limite de gastos de campanha – pretenderam diminuir a influência do poder econômico no processo eleitoral. “Nessa linha, a campanha Eleições Limpas, da OAB-PE, é de grande relevância para a consolidação da democracia e está em consonância com a campanha do MPF para as eleições 2016: “por uma disputa justa”. Não por acaso, os principais pontos abordados são os efeitos nefastos da compra de votos e o “caixa dois”. O MP Eleitoral alia-se à OAB-PE no combate ao abuso do poder econômico, buscando uma disputa mais igualitária entre os candidatos”, destaca.

A Campanha Eleições Limpas será feita em peças de mídia exterior (outdoor e backbus), panfleto, banner, spot de rádio e internet, e conta com a participação voluntária dos comunicadores Josley Cardinot (TV Jornal), Edeílson Lins (TV Jornal Caruaru), Sérgio Dionísio (TV Tribuna) e Eduardo Moura (TV Clube). A criação é da agência Blackninja. Além disso, o Portal do Eleitor reúne todos os canais aos quais o cidadão pode recorrer para denunciar a prática de ilegalidades.

As Eleições 2016 acontecem no dia 02 de outubro e a propaganda eleitoral é permitida a partir do dia 16 de agosto.

Shareaholic