sábado, 11 de junho de 2016

POLÍCIA APREENDE MOTO ROUBADA E DROGA EM LAJEDO/PE




A Polícia Militar apreendeu na tarde deste sábado (11/6), uma moto roubada e uma porção de maconha na cidade de Lajedo, no Agreste pernambucano. De acordo com informações da PM, apreensão aconteceu na Rua Juscelino Kubitschek, proximidades de um bar, as margens da BR-423 no bairro Bom Jesus.

Ainda segundo a PM, o efetivo realizava a “Operação Abordagem” quando ao passar pela referida rua abordou os indivíduos: Marcelo José de Melo, de 20 anos; Márcio José de Melo, 21 e Cláudio Fernandes da Silva, de 24.



Durante revista pessoal foi encontrada uma porção de maconha com o Marcelo. Prosseguindo a abordagem e ao verificar os dados da moto que se encontrava na posse dos outros dois indivíduos, foi constatado que a mesma continha queixa de roubo. A motocicleta CG 150 de placa KJV-3441foi apreendida e conduzida junto com a droga para a Delegacia Regional de Garanhuns, juntamente com os três envolvidos na ocorrência.

GUARDAS DA CADEIA DE SALOÁ ENCONTRARAM MACONHA DENTRO DE PÃES

Uma agricultora de 39 anos foi detida na manhã de sábado (11/6), quando entregou comida com maconha para seu marido, na Cadeia Pública de Saloá/PE.



Segundo informações da Polícia Militar, o alimento (pão francês) se encontrava recheado com maconha. Rosângela de Melo Silva teria ido até a cadeia do município levar comida para seu marido que se encontra preso naquela unidade prisional, ao entregar o alimento, aguarda da cadeia realizaram uma revista e encontram dentro de um dos pães, uma porção de entorpecente (maconha). A mulher foi detida e apresentada a Polícia Civil para dar encaminhamento na ocorrência.

MULHER É PRESA EM FLAGRANTE ACUSADA DE PRATICAR HOMICÍDIO EM JOAQUIM NABUCO/PE

Uma mulher de 39 anos foi presa em flagrante acusada de praticar um homicídio na noite de sábado (11/6) na Rua Frederico César, no Centro de Joaquim Nabuco, Mata Sul pernambucana.

Segundo a Polícia Militar (PM), o efetivo da cidade recebeu informações que na ferida rua havia acontecido um homicídio, quando os policiais chegaram ao local encontraram o corpo da vítima José Marcos Feitosa da Silva, de 39 anos, caindo de frente a uma casa, com várias perfurações na região do pescoço, provocadas por arma branca. O policiamento seguiu um rastro de sangue que havia do local onde aconteceu o homicídio, até uma residência, que após verificar o que havia acontecido encontrou roupas com marca de sangue dentro daquela residência e na cozinha, uma faca de Serra com manchas de sangue. Ao indagar os moradores da casa, foi constatado que é acusada Quitéria Peixoto de Lima teria praticado o homicídio e estava escondida naquele local, sendo identificada e presa.

O policiamento constatou que a vítima e o acusado se encontravam em uma festa de aniversário na casa e familiares quando houve uma discussão entre eles, tendo acusada pego uma faca de serra e deferido vários golpes na vítima que não resistiu e faleceu no local.

A ocorrência foi apresentada no plantão da Delegacia de Palmares para as devidas providências do caso.

FORRÓ DA MUDANÇA LOTA O CLUBE YPIRANGA



O Clube Ypiranga de Santa Cruz do Capibaribe foi o palco, nesta sexta-feira (10), do Forró da Mudança e como era de se esperar uma verdadeira multidão lotou todas as suas dependências.

As bandas deram um verdadeiro show e fizeram o gosto de todos os que compareceram. Vale destacar a organização do evento que pensou nos mínimos detalhes.

"O Forró da Mudança foi uma festa maravilhosa onde revi amigos e também pessoas que temos pouco contato, mas que quando chega uma hora dessa temos a oportunidade e o imenso prazer de abraçar. A juventude se fez presente e também pessoas de idade boa, igual a minha, e tudo isso me deixou muito feliz. Zé Augusto, os vereadores e os pré candidatos a vereador compareceram e também tivemos a presença do Ricardo Teobaldo, um homem que vem consolidando essa amizade por Santa Cruz do Capibaribe, demonstrando que política se faz sem ódio e sem rancor e veio para abrilhantar a festa. Só tenho a agradecer a esse povo todo. Dizer muito obrigado a todos que compareceram. Agradecer a Deus por ter sido uma festa tranquila. Todo mundo se divertiu, todo mundo brincou, mas com uma brincadeira bem sadia, onde as pessoas foram com esse intuito, como devem ser norteados todos os eventos de nossa cidade. É isso. Obrigado Santa Cruz do Capibaribe", falou o pré candidato a prefeito Fernando Aragão.
O Deputado Federal Ricardo Teobaldo também falou sobre o Forró da Mudança: "Avalio com muita alegria e com muita satisfação, quando a gente conhece alguém, quando a gente entra na casa de alguém geralmente a gente é bem recebido, as pessoas que estão em casa recebem bem e o convívio, a relação vai estreitando e é como eu digo em Santa Cruz, eu cheguei aqui e fui bem recebido, tive quase nove mil votos, no Polo de Confecções tive mais de catorze mil votos, então eu só posso retribuir isso com muito carinho, com muito trabalho, com muita dedicação e com muita presença, por isso que eu disse: eu vim para Santa Cruz nessa noite brincar o São João, ver o Forró das Antigas, encontrar os companheiros, os amigos e participar de uma festa importante e por isso eu estou aqui com muita alegria, com muita satisfação".

ACESSE O ÁLBUM DE FOTOGRAFIAS

DILMA: MEU ERRO FOI FAZER ALIANÇA COM QUEM NÃO DEVIA



A presidente eleita Dilma Rousseff afirmou, em entrevista à jornalista Mariana Godoy, da Rede TV, exibida na noite desta sexta (10), que seu "maior erro foi ter feito aliança com quem não devia", numa referência ao presidente interino Michel Temer (PMDB), seu vice nas eleições de 2010 e 2014; assim como ocorreu na entrevista ao 247, a presidente falou sobre a possibilidade de antecipação das eleições; segundo ela, nova eleição não deve ser "descartada em hipótese alguma" que, antes disso, é necessária a recomposição da "normalidade democrática" no país com o fim do processo de impeachment; Dilma disse ainda que o impeachment é um "golpe" e que há "desvio de poder" no processo; Dilma também afirmou que o presidente da Câmara afastado Eduardo Cunha é "de direita, conservador e sem princípios éticos"

247 - A presidente eleita Dilma Rousseff afirmou, em entrevista à jornalista Mariana Godoy, da Rede TV, exibida na noite desta sexta-feira (10), que seu "maior erro foi ter feito uma aliança com quem não devia", numa referência ao presidente interino Michel Temer (PMDB), seu vice nas eleições de 2010 e 2014.

Assim como disse ao 247, a presidente falou sobre a possibilidade de antecipação das eleições. Segundo ela, não deve ser "descartada em hipótese alguma" e que, antes disso, é necessária a recomposição da "normalidade democrática" no país com o fim do processo de impeachment contra ela.

Dilma reafirmou que o impeachment é um "golpe" e que há "desvio de poder" no processo.

Segundo ela, esse "desvio de poder" está confirmado principalmente na divulgação da conversa do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado com o então ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), que sugeriu uma "mudança" no governo federal para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato.

"Nós estamos lutando para que [as gravações] sejam incluídas na defesa do impeachment porque elas constituem claras provas do que nós falamos, do desvio de poder e desvio de finalidade, primeiro na aceitação do processo de impeachment pelo senhor Eduardo Cunha" disse Dilma.

Dilma também afirmou que o presidente da Câmara afastado Eduardo Cunha é "de direita, conservador e sem princípios éticos".

"Que ele [Cunha] responda na Justiça pelas contas na Suíça e por ter negado que ele tinha contas na Suíça", disse Dilma.

Em relação ao governo do presidente interino, Michel Temer, Dilma criticou medidas implantadas como, por exemplo, a redução de ministérios.

"Não dá para acabar com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. O futuro do nosso país depende da ciência, da tecnologia e da inovação [...] Não é assim que se dirige um Estado. Reduzindo ministérios a economia é mínima, isso se houver economia, se não ficar mais caro", afirmou.

Durante a entrevista, a presidente afastada voltou a negar que tinha conhecimento de irregularidades e pagamentos de propinas na compra da refinaria Pasadena pela Petrobras, nos Estados Unidos, em 2006. Na época, Dilma era presidente da estatal. Ela criticou as acusações do ex-diretor da Petrobras Néstor Cerveró que, em depoimento à Lava Jato, afirmou que "ela sabia de tudo".

"Ele prova? Não. Eu nunca tive amigo da qualidade do senhor Nestor Cerveró", afirmou Dilma.

Sobre Lula, Dilma disse que há "dois pesos e duas medidas" quando se trata do ex-presidente. "Quando se trata de vazar conversa da presidenta da República com qualquer pessoa, no mundo inteiro não teria discussão: a pessoa que faz isso e revela, vai pra cadeia".

Dilma disse ainda que irá se esforçar para ir à abertura da Olimpíada no Rio de Janeiro, em agosto. "Nunca alguém mereceu tanto estar na Olimpíada quanto eu", disse.

Shareaholic