sábado, 17 de outubro de 2015

HOMICÍDIO EM SÃO DOMINGOS

Acabou de acontecer na Rua Tiradentes em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus, interior do Agreste de Pernambuco, um crime de morte, provavelmente latrocínio.

Segundo informações a vítima Lucinaldo José da Silva, mais conhecido como “Dui”, de 30 anos de idade, estava no interior do seu mercadinho, quando dois elementos armados e encapuzados chegaram em um automóvel Fiat Uno de cor prata e placas não anotadas, anunciando o assalto.

Impiedosamente os criminosos executaram o comerciante com vários disparos de arma de fogo. Testemunhas afirmam que a vítima não reagiu e os assassinos fugiram sem roubar nada do popular.

A Polícia Militar está no local realizando o isolamento da área e aguarda a chegada da Polícia Civil que vai fazer o levantamento cadavérico para que o corpo seja encaminhado para o IML da cidade de Caruaru.

PM REALIZA OPERAÇÃO SATURAÇÃO EM BOM CONSELHO

Com o objetivo de intensificar as ações policiais na área da 3ª CPM/9º BPM, foi realizada na noite da ultima sexta-feira (16) no município de Bom Conselho no Agreste pernambucano, a Operação Saturação. 
As ações com abordagens aconteceram na Praças Santo Antônio e Rua 15 de Novembro, na área central do município. A Operação consiste na realização de abordagens a bares, motos e transeuntes, no intuito de proporcionar uma maior segurança na comunidade, além de coibir a prática de crimes contra a vida e contra o patrimônio.

MORADORES DE CAPOEIRAS ESTÃO APAVORADOS COM ONDA DE ASSALTOS

A violência não se limita mais as grandes cidades. Todos os dias nos deparamos com notícias de ações violentas aqui em Garanhuns e cidades da região. Mortes como a ocorrida ontem em São João assustam, mas fatos menores como furtos e assaltos parecem apavorar ainda mais. A população da vizinha Capoeiras, desde quarta feira passada está assustada com a onda de assaltos.

Na noite da quarta, dois homens em uma moto e de arma em punho tomaram vários celulares de estudantes que estavam na praça principal da cidade e em ruas próximas. Ontem (15) por volta do meio dia, dois elementos com as mesmas características dos da noite anterior, assaltaram o Mercadinho Soares, vizinho a igreja matriz. Tudo indica que esses mesmos meliantes assaltaram pouco tempo antes o supermercado Cestão de Alimentos, na cidade de Caetés. Também em Capoeiras, na noite de ontem uma casa de jogo na Rua 1° de abril foi assaltada. Dessa vez três elementos, armados de pistolas e espingarda 12 renderam vários homens e levaram além do dinheiro e celulares, uma moto dos presentes.
Parece que a ocasião faz o ladrão, pois a falta de policiamento é visível. A situação está tão sem controle, que dias atrás o dono de um comércio de material de construção na entrada da cidade percebeu que estavam levando sua D10, usada nas entregas durante a madrugada, e chamou a polícia local. O militares disseram a vítima que não podiam atender a vítima pois a viatura estava sem gasolina. O comerciante disse que pagaria o abastecimento do carro, mas em seguida os policiais disseram que não tinham como sair, pois a viatura também estava sem pneus com condições de atender o desesperado cidadão. Esse saiu sem o atendimento devido e imprudentemente foi atrás dos bandidos. Na estrada encontrou com uma viatura da cidade de Pedra, a qual lhe prestou socorro e ele recuperou seu veículo.

Será esse o modelo do tão falado “Pacto Pela Vida”?

* Lembrando que na madrugada de hoje foi roubado um caminhão F 4000 de um posto da cidade. O mesmo ficou destruído pois os ladrões viraram na fuga perto da Vila Ponto Alegre em Caetés.

POLÍCIA CIVIL ENCONTRA SUPOSTO ESCONDERIJO DO “NINO” COM AJUDA DO DISQUE-DENÚNCIA AGRESTE

Com ajuda do Disque-Denúncia Agreste, a Polícia Civil recebeu informações sobre um possível esconderijo do homicida Wellington Luiz da Silva, conhecido como "Nino do Campo Novo", de 24 anos, na ultima quinta-feira (15).

Os policiais localizaram uma cabana no meio do mato, próximo a favela Portelinha, em Caruaru, onde encontraram três adolescentes armados com um simulacro de arma de fogo, no formato de uma escopeta calibre 12 e utilizando drogas. Todo o material e os adolescentes, sendo eles dois meninos e uma menina, foram levados para a Delegacia de Plantão, para as medidas cabíveis.

ADOLESCENTE PRATICA LATROCÍNIO (ROUBO SEGUIDO DE MORTE) EM BREJÃO, E COM REQUINTE DE PERVERSIDADE. CHEGOU A FURAR OS DOIS OLHOS DA VÍTIMA

Depois de passar uma semana em sofrimento na cidade do Recife, o comerciante da cidade de Brejão, Nivaldo Antunes da Silva, de vulgo “Grilinho”, 48 anos, faleceu na tarde desta quinta-feira, dia 15 de outubro. Na realidade não vinha vivendo, mas vegetando, diziam os médicos.
Na madrugada do último domingo, dia 11/10/2015, “Grilinho” dormia em seu estabelecimento comercial, um bar na Praça Padre Cícero, centro de Brejão, no Agreste do estado, quando o estabelecimento foi invadido pelo adolescente E. I. S. de 16 anos. Adentrando pelo telhado, o adolescente se dirigiu a um quartinho onde “Grilinho” dormia e, se apossando de um pedaço de madeira, deu-lhe seguidas cacetadas na cabeça, “Grilinho” acordando em agonia, mas praticamente desfalecido. Em seguida, com a vítima agonizando, o adolescente desferiu uma sequência de golpes de ferro pontiagudo em seu rosto, e foram tantas perfurações que lhe atingiram os dois olhos.

Dando como certa a morte de sua vítima, o adolescente começou então a remexer o local na procura de dinheiro, subtraindo uma quantia equivalente a mais ou menos R$ 600,00, além de um aparelho celular LG. Consumada a barbárie, E. I. S. deixou o local pela porta dianteira sem que ninguém desse informações a seu respeito. Como sempre, ninguém viu nada.

Iniciada as investigações pela Delegacia de Polícia Civil de Brejão, três eram os elementos suspeitos, E. I. S, de 16 anos, sendo um deles. Depois de checar o álibi de cada um, e com o levantamento da cena do local do crime, a polícia concluiu que apenas um era o envolvido, e que este era E. I. S. Inicialmente negou tudo, afirmando que desde o dia 28 de setembro não mais vivia pela cidade Brejão, quando brigara com sua genitora e padrasto deixando a cidade. Continuando as diligências nesses últimos dias, a delegacia descobriu que E. I. S estava vivendo na cidade de Caruaru, e desde o final de setembro como dissera, contudo, ele planejara o crime já há alguns dias. A pretexto de visitar sua mãe, E. I. S. alugou um táxi na cidade de Caruaru e aqui chegando fez o “serviço”, naturalmente deixando a cidade.
Quando confrontado com as provas colhidas pela polícia no local do crime (objetos) e outras provas, ele tudo confessou. 

Por fim, alegou que fizera tudo isso visto que se sentia ameaçado de morte pela vítima, esta conhecedora de outros crimes praticados por ele e que, por isso, o ameaçara. É o que disse. Confessou ainda que há um mês, na companhia de outro adolescente, adentrara esse mesmo estabelecimento, quando então levou dinheiro/celular e outros pertences. Tão logo o Poder Judiciário e o MP tomaram conhecimento das diligências policiais, estarrecidos que ficaram, assim como toda a cidade de Brejão, de pronto expediram o Mandado de Busca e Apreensão do “Menorzinho infrator”, devidamente cumprido pela Delegacia de Brejão e 2ª DP de Garanhuns na tarde desta sexta-feira, dia (16). Vai responder pelo Ato Infracional correspondente ao Crime Previsto no Artigo 157, § 3º do CPB, desde já sendo decretada sua Internação Provisória pelo prazo de 45 dias, máximo estabelecido pelo Artigo 108 do Estatuto do Adolescente antes da sentença que, prolatada, sujeitará o infrator (E. I. S.) ao período máximo de internação não excedente a três anos, depois ficando limpinho como se nada fizera. Nada na ficha. Aprovada na Câmara dos Deputados, em segundo turno, a PEC 171/1993, que prevê a redução para alguns crimes (como o praticado aqui por E. I. S/Latrocínio), se encontra no Senado Federal, uns dando como certo o engavetamento para o delírio da OAB, que deveria estar mais preocupada com o impeachment da presidente corrupta, e não fazendo tremular a bandeira da impunidade, e também para a alegria de entidades de Direitos Humanos, que nunca viu com bons olhos essa redução.

Fossem os olhos deles furados, e aí quem sabe… Enquanto isso, a família de “Grilinho”, completamente abalada, providencia o translado do corpo da cidade de Recife para Brejão, velando-o na noite desta sexta-feira com os pêsames sinceros de parentes/amigos e da sociedade perplexa com esse crime hediondo. Acho que também com uma manifestação de pesar, silenciosa e cínica, desse Estatuto que somente faz fomentar mais violência deixando a sociedade descoberta completamente. É triste.

Por: José Maria

Shareaholic