sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Paulo Câmara extingue a Ciosac


Companhia Independente da Caatinga (Ciosac) será extinta e substituída pelo Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), que atuará em todas as regiões do Estado

Depois de 11 anos de atuação no Sertão e no Agreste do Estado, o governo do Estado decidiu extinguir a Companhia Independente de Operações de Sobrevivência na Caatinga (Ciosac), corporação militar estadual vinculada à Polícia Militar de Pernambuco, e simultaneamente criar três novas organizações subordinadas à PMPE. Projeto de lei (nº 494) do governador Paulo Câmara (PSB) chegou, nesta quinta-feira (08), à Assembleia Legislativa, extinguindo e criando as organizações militares.

Na mensagem de justificativa ao Legislativo, Paulo afirma que a extinção da Companhia que atua na caatinga, uma companhia de tropa especializada, criada para o combate à criminalidade organizada nas Regiões do Agreste e Sertão (Lei 12.544, de 30 de março de 2004), áreas de incidência da vegetação de caatinga, é necessária para poder criar o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), que assumirá as atribuições da Ciosac. O BEPI será composto por três companhias policias militares, desmembradas nas macrorregiões da Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado.

Pelo texto do projeto de lei, ficam criados o 25º Batalhão de Polícia Militar (25º BPM), o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) e 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM), todas Organizações Militares Estaduais da PMPE. O governadora alega, também, na justificativa, que as criações do 25º Batalhão e da 3ª Companhia Independente são consequências de “estudo prévio para o combate mais acentuado à criminalidade organizada nos municípios de Moreno, Jaboatão dos Guararapes”, com destaque no território compreendido por Jaboatão Velho e adjacências, assim como no município de Goiana nas macrorregiões do Agreste e Zona da Mata.

O projeto de lei ainda faz um correção em equívoco – segundo a justificativa – no Anexo II da Lei nº 13.487 de 2008, com a redação conferida pela Lei nº 15.593, de 25 de setembro de 2015, relativa à Gratificação por Encargo de Comando GEC-2, na PMPE. “Ocorreu que, ao alterar o citado Anexo II da Lei de 2008, a Lei de 2015 suprimiu, na coluna “denominação” o cargo de Subcomandante de Batalhão, que deveria estar no mesmo quantitativo de GEC-2 referente ao Comandante de Companhia. Com a correção do lapso, não há nenhuma repercussão financeira, vez que estão mantidos o quantitativo e o valor da gratificação”, explica o governador.

Paulo assegura, na mensagem à Alepe, que a proposição não acarretará aumento de despesa com a tropa uma vez que o efetivo das novas organizações já integra a PMPE.

Fonte: JC Online

Correios informam a suspensão de concurso público previsto para este ano

Agência dos Correios de Santa Cruz do Capibaribe.

Na manhã desta sexta-feira (09), os Correios informaram que o concursos público para a seleção de 2 mil vagas prevista para este ano, foi suspensa pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. De acordo com da estatal, a suspensão é temporária e não vai afetar a qualidade e a eficiência operacional da empresa.

O concurso prometia ser um dos mais concorridos do ano, já que, no último processo seletivo, foram registradas mais de 1 milhão de inscrições.

Além das chances imediatas, a seleção ainda formaria cadastro reserva nos cargos de agente dos Correios, para as atividades de carteiro e operador de triagem e transbordo, com salários de R$ 1.620,50 e R$ 1.284, respectivamente.

A lotação dos aprovados compreenderia o Distrito Federal e os estados do Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além de Pernambuco.

Com informações do Diário de Pernambuco.

Moda Center lança evento que consolida ainda mais a moda e a economia do Polo de Confecções

Metas e objetivos do Estilo Moda Pernambuco foram apresentados por Felipe Padilha, diretor da agência Opera de Comunicação. Fotos: Thonny Hill.

Na noite de quinta-feira (08) foi realizado o coquetel de lançamento do Estilo Moda Pernambuco (EMP), evento de moda e negócios que será realizado no Moda Center Santa Cruz, de 12 a 16 de setembro de 2016.

O EMP tem o objetivo de promover o encontro entre a indústria confeccionista e os clientes atacadistas e varejistas, tanto do Polo de Confecções de Pernambuco como de outros estados.

Com o apoio da classe empresarial local e também do Sebrae-PE, o EMP terá a realização de diversas atividades, como desfiles, oficinas, palestras, capacitações, cursos e também a I FEMASIC – Feira de Equipamentos, Máquinas e Serviços para a Indústria de Confecções.

A FEMASIC, juntamente com as atividades que irão acontecer durante o EMP, prometem movimentar a economia de toda a região, com público estimado em mais de 50 mil pessoas, em sua maioria clientes.

Na ocasião do lançamento, participaram diversos empresários, representantes de associações (ASCAP, CDL, ASCONT, CRC, SINDLOJAS e Rotary Clube), consultores, instituições de ensino superior (CESAC e FADIRE), imprensa e autoridades políticas (prefeito e vereadores) e alguns deles falaram sobre a importância do EMP.

“O objetivo principal é consolidar ainda mais os mercados atacadista e varejista, o trabalho de fortalecimento de nossas marcas e de nossos produtos para que possamos chegar ainda com mais força para o mercado internacional” – disse Felipe Padilha.

“Vamos mostrar nossa força através de desfiles e diversas outras atividades, homenagear também toda a história de grandeza de nossa feira e agora também do Moda Center e do Polo.” – falou Allan Carneiro, síndico do Moda Center.

“Estamos aqui para dizer que, todo empreendimento que possa existir para fortalecer Santa Cruz do Capibaribe, a Prefeitura estará apoiando” – frisou o prefeito Edson Vieira.

“Todos os eventos que possam estar promovendo o desenvolvimento de empresas, o Sebrae apoia, pois esta é a essência do Sebrae. Estamos agora com muito mais força aqui e o Polo de Confecções ganhará muito mais com este importante evento” – pontuou Francisco Braga, representante do Sebrae-PE.

O EMP – Estilo Moda Pernambuco, será um evento bienal e contemplará todos os segmentos ligados à cadeia têxtil da região. Confira mais algumas imagens do lançamento:
.

Shareaholic