terça-feira, 26 de maio de 2015

Chefe da máfia italiana condenado à prisão perpétua é preso no Recife

Foto: Polícia Federal / Divulgação

Já está no Cotel, em Abreu e Lima, o italiano Pasquale Scotti, de 56 anos. Ele era foragido da justiça italiana desde 1986 e foi condenado à prisão perpétua no País.

Pasquali é acusado de ser um dos líderes da máfia italiana. Ele morava em Pernambuco desde o fim da década de 90 no bairro do Sancho. Atualmente, ele usava o nome de Francisco de Castro Visconti e se casou com uma brasileira com quem tem dois filhos. Ele foi condenado pelos crimes de porte ilegal de armas de fogo, resistência, extorsão e mais de 20 homicídios.

Participaram da operação a Polícia Federal em Pernambuco com o apoio da PF de Brasília e da Interpol. As autoridades italianas vão dar início ao processo de extradição do acusado.

Shareaholic