segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CHINÊS É ASSASSINADO EM SÃO DOMINGOS


Segundo informações a vitima que foi identificada como sendo Geovane Silva,de 27 anos,mas conhecido por (Chinês)estava trafegando na referida rua em sua moto,quando foi surpreendido por duas pessoas em outra moto de características não anotadas e efetuaram os disparos de arma de fogo,que atingiu a vitima nas costas e no meio da testa.



No final da manhã desta segunda-feira (15) o distrito de São Domingos em Brejo da Madre de Deus,no agreste pernambucano registrou mais um homicídio,desta vez o fato na rua José Pereira de Santana no distrito acima citado.

O Samu foi acionado,mas quando chegou no local a vitima já estava em óbito.Ainda de acordo com informações o Chinês era ex-presidiário.A Policia Militar compareceu no local onde realizou o isolamento da área,até a chegada dos agentes da 21ª DPH que fez o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o 

IML de Caruaru.

Açude do Congo está com menos de 9% de sua capacidade.


É preocupante a situação do abastecimento d’água na região do Cariri paraibano. O principal reservatório de água que abastece parte da região, o Açude Cordeio – Congo, está apenas com 8,7% de sua capacidade de armazenamento, o que equivale há 6.065.262 m³. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (AESA).


O açude Cordeiro é responsável pelo abastecimento de água de várias cidades do Cariri, inclusive Monteiro, a maior cidade da região, com mais de 32 mil habitantes.

Com o colapso do açude, as cidades deverão ser abastecidas pelos açudes de Sumé e de Camalaú, que atualmente são os reservatórios com maior volume de água da região.

Acidente de carro faz vítima fatal no Congo.


O acidente aconteceu na entrada que liga Jataúba ao Congo e deixou uma vitima fatal, Wilson Abreu de Andrade de São Luiz do Maranhão morreu na hora. Ele e mais três pessoas estavam em um veículo Ford K placa PUX 2440-BH, o acidente aconteceu quando fizeram uma ultrapassagem e sobraram na curva na chegada do Congo.Os demais ocupantes tiveram escoriações e foram para o Hospital do Congo.

Obra usada na reeleição de Eduardo Campos foi abandonada

Elvis de LimaDo NE10
Pavimentação da PE-425 deveria ter sido concluída em julho de 2013 / Foto: Iury Oliveira
Pavimentação da PE-425 deveria ter sido concluída em julho de 2013Foto: Iury Oliveira
Uma obra milionária iniciada em 2009, um ano antes da campanha de reeleição do ex-governador  de Pernambuco Eduardo Campos, está abandonada. A ​o​rdem de ​s​erviço foi assinada pelo político naquele ano​,​ liberando um investimento total de mais de ​​R$ 28 milhões.​ Apesar disso, a pavimentação da rodovia PE-425​, que liga Carnaubeira da Penha a Floresta,​ no ​S​ertão de Itaparica, em Pernambuco, ainda não saiu do papel.​ ​Os serviços mal começaram e foram paralisados meses depois de Eduardo ter sido reeleito, em 2010. 
Após sete anos como vice-governador, João Lyra assumiu o cargo de Eduardo Campos no mês de abril deste ano, quando o ex-governador começou sua pré-campanha a presidente da República. Em agosto, Campos sofreu um acidente aéreo, no qual faleceu com mais seis pessoas.
 É uma pena que a obra tenha ficado do jeito que está 
Mesmo a obra só começando em 2009, o projeto executivo foi elaborado há quase 15 anos, ainda na gestão de Jarbas Vasconcelos (PMDB), no Palácio do Campo das Princesas. Somente​ na elaboração desse projeto foram gastos R$ 186.340 mil​. O serviço foi feito pela Astep - ​Engenharia LTDA​, entre os anos de 2000 a 2001​. A Astep, que também assinou o projeto, recebeu ainda ​R$ 1,2 milhão ​para ​​​supervisionar e fiscalizar ​esse​s serviç​os​, ainda não concluídos.​ ​Dez anos depois, a obra foi iniciada pela ​Construtora Sam LTDA​, responsável pela execução, que deveria ter sido entre 2009 e 2013. 
​O dinheiro público gasto com a​ pavimentação da PE-425, que deveria ter sido concluída em julho de 2013, também contempla serviços de​ sinalização​​. Mas quem conhece a região​ ​como o motorista G. P., de 32 anos, que não quis se identificar, sabe da inexistência de placas na rodovia. Segundo o profissional, não há sinalização​ alguma nos pontos onde a obra chegou a ser iniciada anos atrás. “É uma pena que a obra tenha ficado do jeito que está. Quando não chove, o problema são os buracos e a poeira. Já quando chove forte chegamos a ficar ilhados devido aos riachos que ficam cheios e impossibilitam a passagem dos carros”, explicou. 
  • 1
  •  
  • 2
  •  
  • 3
  •  
  • 4
  •  
  • 5
  •  
  • 6
  •  
  • 7
  •  
  • 8
  •  
  • 9
  •  
  • 10
  •  
  • 11

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira

PE-425


Crédito: Iury Oliveira
Em nota, o ​​Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER) informou que as obras na PE-425 "foram paralisadas em função do fechamento de contas da atual gestão do governo, o que é normal", mesmo a pavimentação estando parada há cerca de três anos. Ainda de acordo com o órgão, "os recursos, na sua grande maioria, estão assegurados e não dependem do governo federal, mas do tesouro estadual". A partir de janeiro, as obras serão retomadas, garantiu o órgão.  O novo governador eleito, Paulo Câmara, afilhado político de Campos e ex-secretário da Fazenda, Turismo e Administração na gestão de Eduardo, irá tomar posse em janeiro de 2015. 
OBRA CONCLUÍDA - ​Ao contrário do trecho em obras da PE-425,​ outro trecho da rodovia - que liga a cidade de Carnaubeira da Penha a Mirandiba, também no Sertão de Pernambuco - recebeu o serviço de pavimentação. ​Com​ investimentos de mais de R$ 14 milhões​, o serviço foi concluído em 2010. Dois anos depois, em 2012, o mesmo trecho precisou receber serviços de manutenção juntamente com rodovias de outras 19 cidades da região, como Itacuruba e Tacaratu . Os dados foram divulgados publicamente pelo DER-PE

Denatran apresenta as novas placas de veículos que serão utilizadas a partir de 2016

Foto: Divulgação/Denatran.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou o novo modelo de placas de veículos que será usado no Brasil e demais países do Mercosul.

No Brasil, a placa será obrigatória para veículos novos a partir de janeiro de 2016. Para os veículos que atualmente já estão emplacados, a mudança será opcional.

O que mudará?

Em relação às mudanças, em vez de 3 letras e 4 números, as novas placas terão 4 letras e 3 números, e poderão estar embaralhados; a cor do fundo das placas será sempre branca o que varia é a cor da fonte. O nome do país estará na parte superior da patente, sobre uma barra azul. Nome da cidade e do estado estarão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões; A placa terá as mesmas medidas das já utilizadas no Brasil (40 cm de comprimento por 13 cm de largura), marcas d’água com o nome do país estarão grafadas na diagonal ao longo das placas, com o objetivo de dificultar falsificações.

A placa ainda terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa.

O modelo será adotado a partir de 2016 para novos emplacamentos. Para quem tem carro já emplacado, a troca é opcional. Segundo o órgão, o preço será mantido.

Informações do G1.

PREVISÃO CLIMÁTICA PARA 2015.

Previsão de chuvas em 2015 e situação dos açudes serão mostrados quinta-feira pela Aesa

Os meses de janeiro, fevereiro e março, além de serem os mais quentes na Paraíba, são também os mais chuvosos nas regiões do Cariri, Sertão e Alto Sertão. A previsão das chuvas aguardadas para esse período será anunciada na próxima quinta-feira (18) por meteorologistas da Agência Executiva da Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). O prognóstico climático para o semiárido paraibano será informado às 9h, na Secretaria de Estado de Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia durante reunião entre vários órgãos do Governo do Estado.

O levantamento desses dados que resultarão na previsão climática será feito no dia anterior, na sede da Aesa, em Campina Grande. Na quarta-feira (17) técnicos da Aesa, professores da Universidade Federal de Campina Grande e meteorologistas do Rio Grande do Norte e de Pernambuco vão analisar imagens de satélites, avaliar modelos matemáticos meteorológicos e observar fenômenos da natureza, como a temperatura dos oceanos para elaborar o relatório.

“Essa previsão vai ser elaborada em conjunto. Vamos contar com o auxílio de cientistas, doutores em meteorologia da UFCG, além de renomados profissionais da área de meteorologia. Juntamente com a nossa competente equipe de meteorologia, eles vão fazer uma discussão técnica para informar se teremos chuvas em boa quantidade ou não”, explicou o presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho.

De acordo com o diretor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno, além da previsão das chuvas no período de janeiro a março, será mostrada a atual situação dos 124 açudes monitorados pela Agência Estadual.

“Primeiro mostraremos o Monitoramento Hidrometeorológico na Paraíba, que ficará a cargo da meteorologia Carmem Terezinha Becker. Na sequência teremos a apresentação de Marle Bandeira com a Análise Climática e Perspectivas Climáticas para 2015”, adiantou.

MENSAGEM DO PREFEITO DE CAMALAÚ JACINTO BEZERRA.


Quero agradecer a todos os Camalauenses por confiar em nosso trabalho por mais um ano a frente da Prefeitura do nosso município desejo a todos Secretários, correligionários, População em geral de Camalaú boas festas neste fim ano é tenho certeza que
em 2015 estaremos realizando os desejos de todos os camalauenses em transformar a nossa 
terra o lugar melhor para se viver.

Shareaholic