segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Zé Queiroz não volta a assumir PDT no Estado


Na conversa que teve hoje com o governador eleito Paulo Câmara (PSB), o ex-presidente do PDT e prefeito de Caruaru, Zé Queiroz, comunicou que não tem interesse em voltar a comandar a legenda pedetista no Estado, mesmo que venha a ser convidado pela direção nacional.

Queiroz foi afastado da presidência do partido depois que insistiu pelo apoio a Câmara, contrariando a Executiva Nacional, que respaldou a indicação do deputado federal Paulo Rubem para disputar o cargo de vice-governador na chapa do senador Armando Monteiro Neto. Na ocasião, Rubem não apenas foi confirmado como vice, assim como assumiu a presidência estadual no lugar do prefeito.

Durante o encontro entre o governador eleito e o prefeito de Caruaru, Queiroz também tratou sobre as obras estaduais em andamento na cidade e futuros projetos. Paulo Câmara garantiu que, após a escolha de seus secretários, os contatos continuarão e as ações poderão seguir normalmente.

O governador eleito fez questão de deixar claro que Caruaru e a gestão municipal podem contar com ele e com o governo do Estado. De acordo com Queiroz, o compromisso com Caruaru foi ratificado. “Conversamos sobre os avanços que Caruaru já teve e o que ainda precisa avançar. É muito bom saber que podemos contar com o total apoio de Paulo Câmara. Isto também demonstra o nosso alinhamento político”, comemorou.

PSB adia reunião da Executiva Nacional

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) decidiu adiar a reunião da Executiva Nacional que aconteceria hoje, em Brasília. O encontro foi remarcado para o próximo dia 27, quando a cúpula da legenda deve se reunir na capital federal para definir a linha de atuação da sigla a partir de 2015. Será o primeiro encontro com o novo presidente do PSB, Carlos Siqueira, eleito para o cargo em outubro.

A reunião deve discutir também as denúncias envolvendo o ex-líder nacional do partido Eduardo Campos, morto em agosto, apontado na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, pelo suposto recebimento de R$ 20 milhões de esquema de corrupção na Petrobras.

Siqueira afirmou em entrevista ao Broadcast Político, no mês passado, que a derrota da legenda no primeiro turno da eleição presidencial com Marina Silva e, no segundo, apoiando Aécio Neves (PSDB), determinou o posicionamento do partido na oposição ao governo reeleito da presidente Dilma Rousseff. "Os eleitores nos colocaram na oposição e assim vamos nos manter como uma oposição de esquerda do diálogo", disse.

A reunião foi cancelada para que governadores do PSB participem do evento "Pacto pela Boa Governança: Um Retrato do Brasil", promovido nesta tarde pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que pretende abrir um diálogo permanente com os chefes do Executivo estaduais e federal sobre saúde, educação, previdência social, segurança pública e infraestrutura.

Começa Operação Tapa Buraco da PE-166 em Belo Jardim


Deu início ontem a Operação Tapa Buraco da PE-166, obra solicitada pela deputada estadual Raquel Lyra (PSB) e pelo deputado federal Mendonça Filho (DEM) e acatada pelo Governo do Estado. A obra que está sendo realizada é um serviço de conservação que deve ser concluído até janeiro de 2015 e vai tapar os buracos de 30 km de pista. A estrada liga o centro do município ao distrito de Serra dos Ventos

O trabalho que é desempenhado pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER), antecede uma obra maior, que ainda será licitada e que vai pavimentar e ampliar a estrada de Belo Jardim até Brejo da Madre de Deus e custará R$ 30 milhões.

“Esse foi um compromisso que assumi junto com o deputado federal Mendonça Filho durante a campanha deste ano. Essa operação vai facilitar a vida da população de Belo Jardim, principalmente a do Distrito de Serra dos Ventos”, disse Raquel.

O presidente do DER, Antônio João Dourado, informou que o começo desta operação faz parte de um projeto maior que é de ligar Belo Jardim até o município de Brejo da Madre de Deus. “Essa é uma relevante obra do Governo de Pernambuco, que além de favorecer os moradores de Belo Jardim, irá contribuir com o desenvolvimento dessa importante região”, falou.

REGRAS

O Blog budeganordestina tem por objetivo a informação em primeiro lugar. O autor não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários dos leitores, mas adverte que textos ofensivos e que contenham agressão, discriminação, palavrões, ou que de alguma forma incitem a violência, ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil, serão excluídos. Também não serão permitidos divulgação de produtos, spams e comentários anônimos.

pré-candidatos a prefeito para 2016 em jataúba - PE


Logo após a reunião entre lideres do grupo “Boca de Porco” realizada nesta ultima quarta-feira, onde se discutia uma provável candidatura para prefeito em 2016, foi lançado mais um pré-candidato, desta feita a bola da vez é Chico de Irineu, assim deixando o grupo de oposição recheados de nomes para a disputa do Pleito de 2016. 

“Estou lançando a minha pré-candidatura a prefeito desta cidade, com todos os direitos que mim assiste, vejo isto com a maior naturalidade, sou um defensor do povo, ao longo destes três mandatos nunca deixei de atender aqueles que mais precisam. E quero desde já agradecer a todos que estão engajados nesta minha pré-candidatura, agora vou trabalhar meu nome juntamente com os demais amigos, não estou aqui para derrubar Mamão não, estou aqui com um intuito de representar meu povo, e se eu tenho essa possibilidade vou seguir em frente e se papai do céu estiver de acordo com este projeto eu chegarei lá”. Disse Chico logo após a reunião.

Fonte: Blog Jataúba News

trafico de drogas em jataúba

Tabletes prensados foram apreendidos. Imagem cedida pela Polícia Militar.

Na última sexta-feira, policiais militares realizaram mais uma grande apreensão de drogas na região.

De acordo com as informações, a operação aconteceu na Travessa da Liberdade, naquele município.

Após realizar rondas, o efetivo avistou duas pessoas que estavam em uma moto, em atitude suspeita. Ao serem abordados, com uma adolescente (de idade não informada) foi encontrado duas trouxas de maconha e, ao ser interrogada, ela deu o endereço de onde a droga havia sido comprada.

Foi então que a polícia seguiu para o endereço e, ao entrarem em uma residência que pertence a Alexandro José da Silva (“Prego”, como é conhecido), a polícia encontrou vários tabletes de maconha prensada, que juntos pesavam 8 kg.

O material foi conduzido a Depol de Santa Cruz do Capibaribe. O traficante conseguiu fugir, ao perceber a chegada dos policiais.

Motos abandonadas são recuperadas pela GT de São Domingos.


A Gt 17021 de São Domingos que pertence a 2a cia do 24°BPM foram informado que na zona rural do distrito mais precisamente no lixão do Sitio Miguel Velho haveria duas motocicletas abandonadas o efetivo seguiu para o local onde constataram as veracidades dos fatos é encaminharam os veículos para a delegacia de plantão em santa cruz.

Cb Junior de Jesus

Homens são presos com arma de fogo em Santa Maria e caso para na Depol de Santa Cruz do Capibaribe

Na noite de domingo, policiais militares apresentaram, na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, mais duas pessoas envolvidas com porte irregular de arma de fogo.

De acordo com as informações, o efetivo realizava rondas no Sítio Mandurí quando avistaram duas pessoas, em atitude suspeita.

Ao serem abordados, foi encontrado com José Edilson Silas dos Santos (29 anos e residente no bairro Dona Lica II) um revólver calibre 38, com seis munições intactas. Também foi detido Danilo Silas dos Santos, de 18 anos, este que dirigia a moto.

Na delegacia, em entrevista a nossa equipe de reportagem, Edilson alegou que vinha sendo ameaçado de morte e que comprou a arma, junto com as munições, pelo valor de R$ 1000,00.

Os dois ficaram a disposição do delegado de plantão

Dois jovens se ferem ao colidirem com um jumento na região de CZ

Dois jovens naturais da cidade de São José de Caiana, no Vale do Piancó, ficaram lesionados após bater em um jumento, na Rodovia Estadual PB-400. Os rapazes retornavam para casa, após ter participado de uma festa durante a madrugada na cidade de Bonito de Santa Fé.

O acidente aconteceu nas primeiras horas deste domingo (16). As vítimas estavam em uma moto Honda Titan, e tiveram escoriações leves pelo corpo. O animal morreu no local do acidente.

inaugurado Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) em São Sebastião do Umbuzeiro.


Foi inaugurado na última quinta-feira (13), em São Sebastião do Umbuzeiro, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), o CEO Tipo I integra o programa “Brasil Sorridente”, do Ministério da Saúde , e esta preparado para oferecer aos pacientes diagnósticos e serviços mais completos e especializados, garantindo uma rede de atenção básica estruturada, que promova um sistema em saúde bucal adequado e reconhece o empenho de todos para essa conquista dentro do município de São Sebastião do Umbuzeiro, o CEO será em parceria com o Município de Zabelê por fazerem parte de uma rede regionalizada.

A inauguração do CEO evidencia os avanços do município na área de saúde. Isso porque o órgão vai oferecer atendimento odontológico especializado para a comunidade, suprindo uma lacuna que existia ”Terem a consciência da importância deste Centro de Especialidades para a população de nosso município”. Onde dará continuidade ao trabalho já realizado, que já vinha tratando de forma referenciada. Ressaltou na ocasião o prefeito Chico Neves

Para o Secretário de saúde, Marcio Luiz, a inauguração desta unidade de saúde bucal evidencia que a odontologia caminha a passos largos em Morrinhos. “Os avanços se devem aos investimentos feitos pelo poder público municipal na área de saúde, especialmente na odontologia”, destacou.

Será oferecido a população umbuzeirense diagnóstico bucal, com ênfase no diagnóstico e detecção do câncer de boca, periodontia especializada com 60 procedimentos. Procedimentos Individuais Preventivos (80 procedimentos entre Dentista Básica, Odontologia Cirúrgica Básica).

Cirurgia oral menor dos tecidos moles e duros: 80 procedimentos entre Odontologia Cirúrgica e Traumatologia Buco-maxilo-facial, Endodontia 35 procedimentos, laboratórios Regionais de Próteses Dentárias - LRPD, que já vem sendo ofertada a população mais de 1.000 Próteses Dentária desde implantação.

Marcaram presença no o evento autoridades locais e de outros municípios, como a Vice Prefeita Euda, Vereadores, Secretários, Gerencia Regional de Saúde, profissionais da rede de atenção o Cirurgião Bucomaxilo e Dr. Josuel Junior.

A charge do dia


Índios ganham cisternas, mas não têm produção

Subir a serra de Arapuã, onde estão localizadas as aldeias dos índios pankarás, é uma aventura deslumbrante e sem riscos. Lá do seu alto, a vista alcança as cidades de Belém do São Francisco e Floresta, além de um braço do rio São Francisco. Mas o que era um oásis, formada pelas terras mais férteis da região, é página virada.

Maior produção da área, a mandioca foi devastada pela maior seca dos últimos 50 anos. Os índios não abandonaram suas terras porque não têm para onde ir, mas sobrevivem hoje dos programas sociais e de pequenas produções de frutas. Através do programa Água para todos, o Governo matou a sede dos índios instalando cisternas com capacidade para armazenar 16 mil litros de água.

Programa Água para Todos na comunidade dos pankarás

“Foi a nossa salvação”, diz o índio Manoel Antônio de Sá, também ex-vereador por três mandatos e agora secretário-adjunto de Agricultura. É ele que leva as boas novas para a comunidade. Ontem, ciceroneando a reportagem, deu a notícia aos índios de que a Prefeitura iria fazer o calçamento de acesso à serra com a segunda etapa do FEM, o fundo estadual criado pelo ex-governador Eduardo Campos.

Dona Izaldete, eleitora fiel de Dilma

Em casa, ele tem uma eleitora fiel de Dilma, a esposa Izaldete Souza, da tribo Pankará. “Eu votei nela (Dilma) porque ela faz muito pelos pobres e também porque meus filhos me ligaram de São Paulo pedindo pra gente não deixar de ajudar a nossa presidente”, afirmou, reportando-se aos cinco herdeiros que deixaram a aldeia em busca do eldorado no Sudeste.

Enquanto preparava o almoço num fogão a lenha, dona Izaldete não parou de falar sobre Dilma e até fez uma provocação: “Vocês vieram aqui falar mal de Dilma? Aqui, a gente não aceita provocação”, afirmou.

Carnaubeira da Penha tem fama também por outro motivo. É centro de produção de maconha. Só numa operação recente da Polícia Federal 15 mil pés da erva foram apreendidos numa área próxima à reserva dos índios Atikum. Isso bem antes da polícia estadual flagrar 146 toneladas prontas para o consumo. “Mas isso é página virada, a seca acabou também com todos os plantios de maconha”, atesta o vereador Henry Cândido, líder do Governo na Câmara

Até crianças lutam por água em Carnaubeira

Com 12.387 habitantes, Carnaubeira da Penha já havia dado também ao ex-presidente Lula, na sua reeleição em 2006, a segunda maior votação proporcional do País. Mas o município não é um reduto petista. O PT está sem presidente no município há mais de um ano. Os dois vereadores eleitos pelo partido se filiaram antes das eleições de 2012 e integram a bancada que dá sustentação ao prefeito.
Paula e Camila carregam água no centro da cidade

Na cidade, marcada pelo drama da falta de água por estar no epicentro do semiárido nordestino, até as crianças lutam diariamente pelo líquido, como Paula e Camila, de 8 e 10 anos, encontradas levando dois baldes cheios retirados de um chafariz perto de casa. “Essa água só presta para lavar pratos e os banheiros”, diz Paula.

A água de beber, segundo ela, chega pelos carros pipas. O prefeito diz que gasta R$ 17 mil por mês com carros pipas para atender a população. “A água que serve para o consumo humano aqui vem de Mirandiba e é paga por nós”, observa, adiantando que já construiu 12 barragens para amenizar o drama da população.
Máquinas adquiridas com recursos de emendas de deputado Fernando Filho (PSB)

Segundo ele, o Governo Federal ajuda pouco o município. “Até o kit seca daqui, com três máquinas para perfurar poços, só chegaram graças a uma emenda parlamentar ao Orçamento da União apresentada pelo deputado Fernando Bezerra Filho (PSB)”, diz Neto, adiantando que recebeu também ajuda para reformar um posto de saúde e uma escola. Por isso mesmo, a população desconhece os benefícios trazidos ao município pela União, além dos programas sociais.

“Eu não conheço uma obra sequer aqui de Dilma. O que ela podia de fato nos ajudar seria com a Transposição do São Francisco, mas as obras por essas bandas de cá estão paradas”, afirma o índio Atikum Faustino Freire, ex-vereador por três mandatos. Ele conta que não disputou a reeleição porque havia muitos parentes tentando o mandato.

“Foram 74 candidatos e só três não eram meus parentes”, diz. Segundo ele, em Carnaubeira da Pena todo mundo é parente. “Aqui, quem não é Freire, como eu, é Gonçalves, Lopes ou Bastos”, revela orgulhoso. Do seu tronco Freire, o mais velho é o seu pai, Manoel Freire, que, segundo ele, completou 105 anos.

Santuários eleitorais do Bolsa-família – Estação II


CARNAUBEIRA DA PENHA (PE) - Segunda maior votação proporcional da presidente Dilma (PT) no País, Carnaubeira da Penha, a 425 km do Recife, no Alto Sertão, é a maior patente do Bolsa-Família. Numa comunidade povoada por gente abaixo da linha de pobreza, com 90% índios ou descendentes das tribos Tikuna e Pankará, o Governo usou o programa para montar um poder paralelo: as transferências para os 3.580 bolsistas ultrapassam a receita que a Prefeitura recebe do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O repasse da Bolsa no mês passado, marcado pelo segundo turno da eleição presidencial, alcançou a cifra de R$ 622.165,00 ante R$ 607.516,02 do FPM, R$ 15 mil a mais. A grana que corre solta em Carnaubeira da Penha, jorrada do Tesouro Nacional para alimentar o maior programa social do País, fez com que em cada 10 dos 7.307 eleitores que foram as urnas no segundo turno presidencial nove votassem em Dilma.

A petista teve 6.820 votos, correspondente a 93,34% dos votos válidos, enquanto o tucano Aécio Neves recebeu apenas 487 votos, 6,66% do eleitorado. “Dilma governa o País embalada pelos programas sociais, mas quebrou os municípios. O FPM, se não fosse o Fundeb, não dava sequer para pagar a folha de pessoal”, reclama o prefeito Neto Lopes, do PSB do ex-governador Eduardo Campos, que no primeiro turno trabalhou para Marina e no segundo teve dificuldades para pedir votos para Aécio.
Vereador Jota Nilton, presidente da Câmara

“Ninguém queria votar em Aécio. Havia até uma certa hostilidade entre os eleitores do Bolsa Família na hora que a gente tentava justificar o pedido de voto, graças à influência do programa social”, afirma “Dr. Neto”, como é conhecido o prefeito. A oposição assegura que o prefeito não fez campanha para Aécio. “No primeiro turno, ele promoveu uma carreata para Marina, mas no segundo turno cruzou os braços”, diz o presidente da Câmara de Vereadores, Jota Nilton (PSC), adversário do socialista.

A oposição se encarregou de espalhar na cidade a versão de que o prefeito, no calor da emoção da derrota de Aécio chegou a usar um termo pejorativo e ofensivo para o Bolsa Família. “Ele disse que era uma bolsa esmola”, afirma Nilton, eleito vereador com 298 votos na eleição de 2012. Mas a secretária de Finanças, Juliana de Araújo Ferraz, eleitora confessa de Aécio, rebate o vereador.
Secretária de finanças e eleitora de Aécio, Juliana Ferraz

“Dr. Neto fez o possível, mas é difícil fazer campanha numa cidade em que um terço da sua população é beneficiária de um programa extremamente eficaz em transferência de renda”, afirma Juliana. Dos nove vereadores que integram a Câmara de Carnaubeira, antigo distrito de Penha, pertencente a Floresta, que fica a apenas 45 km, dois foram eleitos empunhando as bandeiras do PT.

E ambos são índios: a cacique Dorinha, da tribo Pankará, e o índio Edivaldo, da aldeia Atikum. Mas na contramão política da expressiva massa eleitoral do município, Dorinha, que votou em Marina no primeiro turno por ter se aliado ao governador eleito Paulo Câmara (PSB), contrariou as orientações do seu partido e votou em Aécio.

Um voto, aliás, que pode custar um preço caro: a direção estadual do PT admite uma punição e até a expulsão do partido. Fundador do PT e candidato à presidência do diretório municipal, o militante histórico Davi dos Santos, há 34 anos no partido, afirma que vai levar o caso da cacique tankará para o Conselho de Ética, no Recife. Davi desconfia também da postura do vereador e índio Edvaldo, também do PT, mas Dorinha sai em defesa do aliado e garante que ele votou e trabalhou pela eleição de Dilma.

“Eu assumo minhas posições políticas. Não votei em Dilma porque no Governo Lula e no primeiro mandato da presidente eles só conseguiram demarcar uma área indígena, a Raposa Serra do Sol, em Roraima. A nossa aqui, nenhum sinal”, diz Dorinha, que não teme punição. “Eu disse à direção estadual do PT que nós, indígenas, não tínhamos como dar crédito a um governo que não olha para os índios”, assinala.
Serra de Arapuá

A posição firme e segura da parlamentar influenciou sua comunidade Pankará, localizada numa das áreas de terras mais férteis de Carnaubeira da Penha: na serra de Arapuá, onde se espalham 47 aldeias e uma comunidade quilombola, Tiririca das Crioulas. Já os índios Atikum são encontrados em reservas na Serra de Umã.
Pajé João Miguel, eleitor de Aécio

O pajé pankará João Miguel, 51 anos, que ontem fez uma apresentação do Doré, dança típica da sua comunidade para dar as boas-vindas à nossa reportagem, assegurou que também não votou em Dilma. “Eu só votei em Dilma no primeiro turno. No segundo, fiquei desconfiado dela porque Dorinha, nossa líder, chegou a ser até hostilizada em Brasília lutando pelos nossos direitos”, afirmou.

Miguel, diferente de praticamente toda a aldeia Pankará, não recebeu o auxílio do Bolsa-Família. Vítima de um acidente trabalhista, recebe uma pensão no valor de um salário mínimo para sustentar nove filhos. Mas o seu vizinho de aldeia, o líder Manoel Gonçalves, foi contemplado pelo programa e se apresenta como fiel eleitor da presidente.
Índios pankarás com o Pajé João Miguel

“Dilma teve o meu voto porque é a mãe da pobreza”, explica. Ele recebe R$ 155,00 do programa, porque um dos quatro filhos estuda, mas chegou a ficar quatro meses sem o auxílio. “Me cortaram dizendo que eu tinha outro auxílio. Foi preciso eu batalhar muito para voltar a receber”, conta.

Tudo funciona precariamente em Carnaubeira da Penha. O lixo coletado não é incinerado nem existe aterro sanitário. É jogado num lixão a 500 metros do centro. Nas áreas indígenas, o acesso dos estudantes as escolas não tem estrada em boas condições, impedindo a passagem de ônibus. A saída é levar a garotada em paus de arara, transporte perigoso e desconfortável.

Escrito por Magno Martins.

Shareaholic