sábado, 10 de maio de 2014

Os filhos de Reinaldo Azevedo e Rachel Sheherazade que comentam no G1

Deseduca e deforma

“Alguém tem que matar esse cara!!! Tá na hora de invadir a casa desses políticos e matar todo mundo!!! Eu vou ficar e organizar tudo pela net. Preciso de voluntários para fazer o serviço sujo.”

Este é um comentário que um leitor do G1, da Globo, postou numa reportagem que contava que Genoino decidira recorrer ao plenário do STF contra a decisão de Joaquim Barbosa de devolvê-lo à Papuda.

É um comentário clássico do G1. Há outros parecidos. Ele não é uma aberração no universo do portal da Globo, mas a regra, a norma, o padrão. “Morre logo, Genoino!”, brada outro comentarista. Um outro diz que o vaso sanitário deveria ter caído na cabeça de Genoino.

Isso tudo oferece material para uma fascinante reflexão.

Primeiro, e antes de tudo, alguém lê os comentários dos leitores no G1? Os acionistas? Os anunciantes? Os editores? O autor do texto? O porteiro?

Alguém, enfim?

Sabe-se que, na internet, os comentários fazem parte da discussão, tanto quanto o texto que lhes dá origem.

No DCM, acompanhamos um a um. Em nosso manual de regras, está estipulado que rejeitamos coisas como insultos e incitações à violência. O motivo é simples: isso estraga o debate.

Bom site é aquele que tem boas discussões. É notável que isso seja ignorado pelo G1, a maior apista da Globo para sobreviver na Era Digital que vai matando suas mídias.

Isto é G1

Você pode classificar os autores de comentários como o que abre este artigo como os filhos de Reinaldo Azevedo e Rachel Sheherazade. São intolerantes, raivosos, agressivos, racistas, ignorantes, desinformados, maldosos, desumanos, preconceituosos — e perfeitos para serem manipulados. É o tipo de gente que, na Idade Média, acendia os troncos de árvores para queimar pessoas e, na Alemanha de Hitler, vibrava com a violência contra as “raças impuras”.

São – repito – os filhos de Azevedo e Sheherazade.

Você percorre os comentários e logo descobre quem eles idolatram, além de seus pais espirituais. Joaquim Barbosa é intensamente admirado, por exemplo. O “menino pobre que mudou” o Brasil acabou conquistando a escória da sociedade brasileira, sua parcela mais repugnante. Trabalhou para isso, é preciso notar. Ninguém conquista o coração – se existe coração no caso – daquele grupo sem se esforçar por isso.

Outro ídolo daquele grupo é Bolsonaro, o exemplo maior de político para eles. Eduardo Campos e Marina são dois perigosos comunistas. Menos que Lula e Dilma, é verdade, mas não muito.

Um jornalismo decente se esforça por elevar seu público. Os filhos de Reinaldo Azevedo e Rachel Sheherazade foram rebaixados à degradação humana por articulistas e publicações interessados em mantê-los na mais completa escuridão mental, porque assim é fácil manobrá-los e perpetuar um Brasil campeão da desigualdade social.

No caso específico de Azevedo, faz tempo que seu blog parece um asilo de lunáticos fanatizados. Considere este comentário tão comum entre os leitores do blog de Azevedo: “Genuino guerreiro do povo brasileiro. Mostra que tu e homem … Pera ai ge ge, tu vai ficar na mesma cela com Zé…? Hum isso não vai prestar.”

Aqui, uma distinção: Azevedo sabidamente lê todos os comentários e, metodicamente, deleta os que não o saúdam porque são obra de “petralhas” — palavra que ele se orgulha de ter criado como se houvesse escrito Guerra e Paz. Isto significa que ele chancela o leitor que afirma que “não vai prestar” Genoino e Dirceu na mesma cela.

Sinal dos descaminhos da mídia, com esse tipo de conteúdo imbecilizante Azevedo vai conquistando cada vez mais espaço: fora a Veja, está presente também na Folha e na Jovem Pan. Quanto tempo até ter um programa de entrevistas na Globonews?

Uma das ironias, em tudo isso, é que o dinheiro público – via Secom – foi (e é) largamente empregado para patrocinar colunistas e publicações que vão dar no leitor do G1 que deseja invadir a casa de políticos como Genoino e matar todo mundo.

Este leitor fez sucesso entre seus pares. O G1 tem uma ferramenta pela qual você pode aplaudir ou vaiar comentários. Nenhuma pessoa o tinha vaiado no momento em que escrevo. Vinte tinham aplaudido.

Alguém lê os comentários, portanto, para voltar à pergunta que fiz lá para trás. Mas não são os acionistas, e nem os editores, e nem os anunciantes. São os leitores do G1.

Um site é o reflexo de seus leitores e de seus comentaristas.

O G1 é uma prova disso.

PF identifica um dos autores de ameaças de morte a Joaquim Barbosa

Homem que desejava atentar contra a vida do presidente o STF é um integrante da Comissão de Ética do PT. E agora?


PROCURADO - A PF tenta descobrir a identidade de um tal "Antonio Granado", que incita os militantes a atentar contra a vida do ministro (Joel Rodrigues/Frame/Estadão Conteúdo)

Desde que o julgamento do mensalão foi concluído, em novembro do ano passado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tornou-se alvo de uma série de constrangimentos orquestrados por seguidores dos petistas condenados por envolvimento no maior escândalo de corrupção da história. A chamada “militância virtual” do PT, treinada pela falconaria do partido para perseguir e difamar desafetos políticos do petismo na internet, caçou Barbosa de forma implacável. O presidente do Supremo sofreu toda sorte de canalhice virtual e foi até perseguido e hostilizado por patetas fantasiados de revolucionários nas ruas de Brasília. Os ataques anônimos da patrulha virtual petista, porém, não chegavam a preocupar Barbosa até que atingiram um nível inaceitável. Da hostilidade recorrente, o jogo sujo evoluiu para uma onda de atos criminosos, incluindo ameaças de morte e virulentos ataques racistas.

Os mais graves surgiram quando Joaquim Barbosa decretou a prisão dos mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino. Disparadas por perfis apócrifos de simpatizantes petistas, as mensagens foram encaminhadas ao Supremo. Em uma delas, um sujeito que usava a foto de José Dirceu em seu perfil no Facebook escreve que o ministro “morreria de câncer ou com um tiro na cabeça” e que seus algozes seriam “seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato”. Por fim, chama Joaquim de “traidor” e vocifera: “Tirem as patas dos nossos heróis!”. Em uma segunda mensagem, de dezembro de 2013, o recado foi ainda mais ameaçador: “Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas (...). Joaquim Barbosa deve ser morto”. Temendo pela integridade do presidente da mais alta corte do país, a direção do STF acionou a Polícia Federal para que apurasse a origem das ameaças. Dividida em dois inquéritos, a averiguação está em curso na polícia, mas os resultados já colhidos pelos investigadores começam a revelar o que parecia evidente.

Mutirão de Serviços em Homenagem as mães do Ipojuca

População será contemplada com serviços gratuitos, como atendimento odontológico e gestacional



O Ipojuca Cidadã deste sábado (10), terá sua 12ª etapa dedicada as mães, apesar oferecer atendimentos gratuitos a toda população. A prestação de serviços acontece às 14h, na Praça Capitão Braz, no distrito de Nossa Senhora do Ó. A edição especial promovida pela prefeitura do Ipojuca, através da Secretaria Especial de Bem Estar Social, vai disponibilizar equipe técnica que estará envolvida em várias oportunidades gratuitas. Quem comparecer ao evento poderá retirar documentos; receber atendimento odontológico, aferição pressão arterial e teste rápido de glicose; serviços de beleza, como maquiagem e penteado, além da presença do programa Mãe Coruja do Ipojuca, que irá oferecer atendimento gestacional às futuras mamães do município. A abertura da programação vai contar com apresentação cultural do Pastoril do Programa Vida Ativa e o encerramento será com a Banda Professor Oziel.

Nesta Copa no Brasil, faça um gol pela infância brasileira

Na camisa, há participações especiais de ex-atletas e personalidades do esporte

A Legião da Boa Vontade (LBV) iniciou em todo o Brasil mais uma importante mobilização social. Trata-se da edição de 2014 da campanha Fiz um gol pela infância brasileira!,realizada a cada quatro anos, na torcida pela Seleção Brasileira nas Copas do Mundo da FIFA. A iniciativa recebeu a adesão de diversos craques que atuam no futebol brasileiro e no exterior.

Engajaram-se nesta ação solidária os jogadoresAlexandre Pato, atacante do São Paulo; André Santos, lateral do Flamengo; Arouca, volante do Santos; Cássio, goleiro do Corinthians; Chicão, zagueiro do Flamengo; Cicinho, lateral do SivassporKulubu/TUR;Daniel Alves, lateral do Barcelona/ESP;Dante, zagueiro do Bayern de Munique/ALE; David Luiz, zagueiro do Chelsea/ING;Dedé, zagueiro do Cruzeiro; Denílson, volante do São Paulo;Dida, goleiro do Internacional; Edenílson, lateralda Udinese/ITA; Emerson Sheik, atacante do Botafogo; Everton Ribeiro, atacante do Cruzeiro; Fabrício, volante do São Paulo; Felipe, goleiro do Flamengo; Fernando Prass, goleiro do Palmeiras; Fred, atacante do Fluminense; Gil, zagueiro do Corinthians; Gilberto Silva, volante; Henrique, zagueiro do Napoli/ITA;Hulk, atacante do Zenit/RUS;Jadson, meia do Corinthians; Jô, atacante do Atlético Mineiro;Juan, zagueiro do Internacional;Juninho, lateral do Palmeiras; Leandro Damião, atacante do Santos; Léo Gago, volante do Grêmio; Leo Moura, lateral do Flamengo; Lucas Piazon, atacante do SBV Vitesse/HOL; Luis Fabiano, atacante do São Paulo; Marcos Aurélio, meia do Jeonbuk Hyundai Motors/COR; Marcos Rocha, lateral do Atlético Mineiro;Neymar, atacante do Barcelona/ESP;Osvaldo, atacante do São Paulo; Paulo Henrique Ganso, meia do São Paulo; Réver, zagueiro do Atlético Mineiro; Ricardo Goulart, meia do Cruzeiro; Robinho, atacante do Milan/ITA; Rodrigo Caio,zagueiro do São Paulo; Rogério Ceni,goleiro do São Paulo; Ronaldinho Gaúcho,atacante do Atlético Mineiro; Victor, goleiro do Atlético Mineiro; Walter,atacante do Fluminense; Wellington,volante do São Paulo; Wesley,volante do Palmeiras.

Na camisa, ainda há as participações especiais de ex-atletas e personalidades do esporte que vêm representando o Brasil nos mundiais e em outros torneios internacionais: Altair, lateral nas Copas de 1962 e 1966; Cafu, lateral campeão do mundo em 2002; Carlos Alberto Parreira, coordenador técnico da atual Seleção e treinador canarinho na conquista do Tetra; Dunga, volante capitão do título mundial em 1994 e técnico brasileiro em 2010; Jair Marinho, lateral do Brasil em 1962; Juninho Pernambucano, meia que jogou a Copa do Mundo de 2006; Marcos, goleiro campeão mundial em 2002; Neto, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988 como meio-campista e, agora, comentarista esportivo; Pelé, o Rei do Futebol, atacante tricampeão do mundo; Pepe, atacante em 1958 e 1962 e técnico; Roberto Carlos, lateral da conquista do Penta e, atualmente, técnico; Ronaldo Fenômeno, atacante campeão do mundo em 1994 e 2002; Zico, meia que disputou as Copas de 1982 e 1986, hoje técnico; e Zito, volante nos mundiais de 1958, 1962 e 1966.

Todos cederam, integralmente, à LBV os direitos de imagem e o cachê a que fariam jus pela participação na iniciativa, com o objetivo de que estes sejam revertidos em favor da manutenção e do aprimoramento dos programas socioeducacionais desenvolvidos pela Instituição no país.

Quem quiser colaborar para a campanha e garantir uma camisa autografada pode fazer sua doação pelo sitewww.lbv.org/doe.

Desvendado

Polícia Civil esclarece homicídio ocorrido em 2013 em Santa Cruz do Capibaribe

Vitima foi morta com um tiro nas costas enquanto passeava de bicicleta. Fotos: Fernando Lagosta (arquivo).
Foi revelado nesta sexta-feira (09) que os agentes da 21ª Delegacia de Proteção e Homicídios (DPH) finalizaram o inquérito que investigou mais um dos vários homicídios ocorridos em Santa Cruz do Capibaribe.

O crime aconteceu em 19 de outubro de 2013 nas proximidades da passagem molhada do Bairro Rio Verde, que dá acesso ao distrito de São Domingos (de Brejo da Madre de Deus).

A vítima, Caio Renan dos Santos, de 20 anos (foto ao lado), foi morta com um tiro nas costas (relembre o caso clicando AQUI).

De acordo com as informações que foram divulgadas pela polícia ao Blog Agreste Notícias, duas pessoas estavam envolvidas no crime, sendo que a primeira teve seu nome revelado.

Segundo as informações, o homicídio foi praticado por Emanoel Henrique do Nascimento (20 anos), que residia no mesmo bairro em que a vítima morava, foi preso no dia 04 de novembro do mesmo ano por porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Atualmente, o acusado cumpre pena no presídio Juiz Plácido de Sousa, em Caruaru e o mandado de prisão do criminoso já foi expedido pela Comarca de Santa Cruz, fator que irá aumentar a pena do criminoso.

Vaquejada de Limoeiro


Projeto Pernambuco 14 foi sucesso em Arcoverde

Recepcionados pelo ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) e pelo deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), Armando Monteiro e João Paulo participaram da plenária

O Projeto Pernambuco 14, comandado pelo senador e pré-candidato a governador Armando Monteiro (PTB) e o deputado federal e pré-candidato a senador João Paulo (PT) ocorreu na noite dessa quinta-feira (8), no município de Arcoverde. Recepcionados pelo ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) e pelo deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), além dos vereadores arcoverdenses Paulinho Wanderley (PMDB) e Luciano Pacheco (PSD), Armando e João Paulo participaram da maior plenária até então realizada pelo projeto, superando a de Petrolina. 

Pelo menos 1.771 pessoas foram registradas, em ata, presentes ao evento e participando das salas temáticas e da plenária geral no auditório do colégio Cardeal. Devido ao espaço limitado, a organização do evento montou uma estrutura no pátio da escola com som e telão para a multidão presente pudesse acompanhar todas as falas. 

Armando Monteiro (PTB), o deputado João Paulo (PT), o senador Humberto Costa (PT), o deputado estadual Júlio Cavalcanti e o ex-prefeito Zeca Cavalcanti foram recebidos com fogos e por vereadores, empresários, médicos, profissionais liberais, comerciários, donas de casa, estudantes e lideranças de vários outros municípios da região. 

O deputado Júlio Cavalcanti ressaltou o papel fundamental do senador Armando Monteiro na consolidação de um dos grandes sonhos do povo de Arcoverde: a duplicação da Adutora do Jatobá. Para Cavalcanti, “Armando representa o trabalho de hoje, o desenvolvimento de amanhã e o futuro de Pernambuco com ética, dedicação, honradez e trabalho”. O ex-prefeito Zeca agradeceu todo o apoio recebido do senador Armando Monteiro ao longo de seus oito anos de governo, assim como todas as emendas e projetos conquistados para Arcoverde desde os tempos de Deputado Federal até os dias de hoje. 

João Paulo disse que a união entre Armando e o PT marcaria um novo momento na história político-administrativa de Pernambuco. Era hora de arregaçar as mangas, unir esforços com a reeleição de Dilma e a eleição de Armando para o Governo do Estado.

Em sua fala, o senador Armando Monteiro agradeceu os presentes de todas as cidades que se fizeram presentes ao Pernambuco 14 de Arcoverde e disse que, em referência ao candidato socialista, que “Governo do Estado não é franquia que quem quiser dar a um parente ou a um amigo”. Não se escolhe um candidato com o dedo, como fizeram lá, mas ouvindo o povo, as lideranças, os partidos. Só assim, reafirmou Armando, esse candidato não vai ficar devendo favor a quem se acha dono de tudo. 

Armando ressaltou as parcerias de Pernambuco com os governos Lula e Dilma que contribuíram para o grande crescimento registrado no estado nos últimos sete anos.

Shareaholic