domingo, 29 de dezembro de 2013

Apresentação do inquérito explica crimes em que vereadores foram indiciados em Caruaru

Depois das coletivas de imprensa da Polícia Civil e outra com os próprios vereadores investigados na Operação Ponto Final em Caruaru, na tarde dessa sexta (27), a Secretaria de Defesa Social liberou para a imprensa a apresentação com dados do Inquérito Investigativo, que apura um possível esquema de concussão – quando pessoas tentam obter vantagens devido à função que exercem – para votar projetos na Câmara Municipal, envolvendo 10 parlamentares. A Polícia Civil também aponta que eles estariam envolvidos em corrupção passiva e integrariam uma organização criminosa.

Foram cumpridos 10 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de busca e apreensão, 37 depoimentos e 756 horas de interceptarão telefônica, além de captação de áudio e vídeo. São Mais de 500 páginas de inquérito policial. Os vereadores investigados são: Sivaldo Oliveira (PP), Cecílio Pedro (PTB), Val das Rendeiras (PROS) e Pastor Jadiel (PROS) e seis da oposição – Val (DEM), Louro do Juá (SDD), Eduardo Cantarelli (SDD), Jajá (PPS), Neto (PMN) e Evandro Silva (PMDB).

Cada vereador poderia pegar até 56 anos de prisão, indiciados duas vezes por concussão, duas vezes por corrupção passiva, e por integrarem organização criminosa. A exceção ficaria para Sivaldo e Cecílio, que pegariam 28 anos cada um, por serem indiciados uma vez por concussão e uma vez por corrupção passiva. O caso de Jadiel também é particular, já que ele cooperou com a polícia durante a prisão preventiva, mas também será investigado sobre as circunstâncias do empréstimo de R$ 30 mil. Eles são investigados por tentar obter vantagens em razão de suas funções, na votação de projetos, principalmente o que prevê a criação do sistema Bus Rapid Transport (BRT).

Confira a ficha de cada vereador:
Do Blog do Mário Flávio Fotos: Adielson Galvão

Adolescente que matou Andarinho é assassinado no Bairro Boa Esperança

Um adolescente foi assassinado neste sábado (28) por volta das 18h30min, na Rua 8 do Bairro Boa Esperança em Brejo da Madre de Deus. 

De acordo com informações da Polícia, Emerson Melo da Silva, 13 anos, estava em uma Rua do Bairro conversando com alguns amigos quando percebeu a aproximação de um homem portando uma arma de fogo. Emerson saiu correndo e foi seguido pelo assassino. Na tentativa de escapar da morte a vítima entrou em na casa de um amigo e tentou se esconder em um quarto, mas foi encontrado pelo algoz que efetuou vários disparos contra Emerson que foi atingido no tórax e no pescoço, e morreu em cima da cama.


Ainda de acordo com informações da Polícia, Emerson Melo da Silva era usuários de drogas e teria saído da a poucos dias Fusane. Ele é acusado de ter matado por esganadura e espancamento, um homem conhecido por Andarinho, o crime aconteceu no Bar de Rosimar no Bairro Boa Esperança em setembro deste ano. Outras pessoas tiveram participação da morte do Andarinho e também foram indiciadas.

O corpo de Emerson foi encaminhado para o IML em Caruaru.

CATADOR DE RECICLÁVEIS É ESPANCADO ATÉ A MORTE EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

A vítima foi morta com golpes de pá de pedreiro
O corpo será encaminhado para o IML da cidade de Caruaru

Na noite de ontem (sábado), mais um crime de morte aconteceu na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O fato ocorreu no Sítio Pintor zona rural daquele município, mais precisamente nas proximidades do aterro sanitário.

A vítima Valdemar Siqueira Alves, de 29 anos, foi espancado até a morte, próximo de onde trabalhava separando as reciclagens.
Segundo informações colhidas pela reportagem do Agreste Notícia, pelo menos quatro pessoas participaram do crime que teve como arma, uma pá de pedreiro. Os acusados identificados apenas por “Golado” e seus três filhos, sendo “Ureia”, “Vertin” e “Douglas”, todos eles moravam em um barraco naquela localidade.

De acordo com a esposa da vítima, Valdemar e a família de assassinos teria uma rixa, devido ao “Ureia” ter tentado abusar da filha de Valdemar, uma garota de apenas 10 anos.
Os assassinos estão foragidos e os amigos e parentes do rapaz morto, revoltados como o fato, incendiaram o barraco dos acusados.

Esse foi o 2º crime de morte acontecido só no sábado, 28 de dezembro em Santa Cruz do Capibaribe.

EX-MARIDO MATA MULHER A FACADAS EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Josefa Ivanilda da Conceição, tinha 65 anos de idade
O crime aconteceu no bairro Santo Agostinho 
O corpo se encontra no necrotério do Hospital Municipal
O crime aconteceu na manhã de sábado dia (28) na Rua José Guilherme da Silva no bairro Santo Agostinho em Santa Cruz do Capibaribe.
A vítima Josefa Ivanilda da Conceição, de 65 anos de idade, mesmo estando separada á pelo menos oito anos, residia vizinho a casa do acusado e ex-companheiro Manoel José de Lima, de 62 anos.
Segundo informações colhidas pelo Agreste Notícia, a relação dos dois era muito perturbada, devido à separação, quando o próprio acusado afirma já ter sido preso por ter esfaqueado um homem que tinha um romance com Dona Josefa.
De acordo com o Soldado Gouveia, na manhã de hoje, os dois começaram a discutir por motivos banais, não sabia a vítima que o acusado estava com uma faca peixeira e foi surpreendida com duas facadas pelas costas.
Ela (Josefa) ainda foi socorrida por populares, mas devido à gravidade dos ferimentos já chegou sem vida ao Hospital Raymundo Francelino Aragão. O corpo se encontra no necrotério daquela unidade hospitalar e ainda hoje será encaminhado para o IML da cidade de Caruaru.
Poucos minutos após o crime, Policiais Militares comandados pelo Tenente Amâncio, conseguiram prender o acusado que já se preparava para fugir.
A faca utilizada para abater a vítima também foi apreendida pela PM e entregue juntamente com Manoel na Delegacia de Polícia da cidade, onde o mesmo será autuado em flagrante delito, por homicídio doloso (quando à intensão de matar) e logo em seguida será recolhido no Presídio Juiz Plácido de Souza em Caruaru.

SERVIDORES DA DELEGACIA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE REALIZAM ALMOÇO DE CONFRATERNIZAÇÃO

Policiais Civis, Delegado, Escrivães e demais servidores da Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe realizaram sua confraternização em um restaurante localizado na cidade de Taquaritinga do Norte.

O momento foi marcado pelo sentimento de dever cumprido no ano que está próximo do fim e o desejo de bons frutos para o ano que se iniciará.

Na oportunidade foram debatidos os bons resultados e novos planejamentos para o ano de 2014.

Shareaholic