domingo, 1 de dezembro de 2013

Menor assalta residência e pega no sono na cama da vítima

Por volta das 16 horas do sábado (30) Três menores invadiram uma residência na Vila Augusta, Zona Rural do município de Brejo da Madre de Deus. Dois adolescentes conseguiram fugir, o outro permaneceu no local e aproveitou para tirar um cochilo.

Segundo informações da vítima, ao chegar em casa se deparou com um adolescente dormindo tranquilamente em sua cama. O dono da casa pensou ser algum familiar, mas ao averiguar percebeu que se tratava de um desconhecido.

A vítima acordou o menor, que aparentemente drogado saiu em disparada, quebrando o que achava pela frente. Moradores da vila conseguiram capturá-lo e o espancaram no meio da rua. O adolescente foi entregue a polícia.

De acordo com o proprietário da residência, a casa foi revirada e apenas um botijão de gás foi levado. O proprietário ainda relata que rondas acontecem constantemente no local, porém não têm inibido a criminalidade.

O menor foi liberado antes mesmo de a vítima ser ouvida pela polícia.

Moto é levada por bandidos no Neco Aragão



Por volta das 20 horas do último sábado (30), aconteceu um assalto no loteamento Neco Aragão. De acordo com a vítima, que não quis se identificar, o mesmo estava chegando a sua residência quando dois homens em uma moto se aproximaram e anunciaram o assalto, exigindo a moto da vítima.

Os dois criminosos estavam armados, cada um com um revólver e com muita truculência levaram o veículo da vítima (uma moto FAN 150 vermelha, placa PEH – 5358).

Após o roubo os bandidos fugiram no sentido do bairro Palestina.

Segundo a vítima, sempre acontecem rondas policiais na localidade

Maracatu Nação Capibaribe comemora cinco anos ensinando e formando futuros jovens

Foto: Elivaldo Araújo.

Na manhã de ontem sábado dia (30), o conjunto Maracatu Nação Capibaribe comemorou seus cinco anos de existência. O grupo tem a frente o presidente da Associação dos Moradores do bairro São Jorge, o músico Alencar Lopes.

Em conversa com a nossa reportagem, Alencar destacou a dificuldade no início da formação do conjunto.

“O início se deu em um sábado, ao perceber que a criançada estava ociosa sem ter o que fazer e então resolvi demonstrar e repassar aquilo que aprendi na Banda Músical Novo Século, e passamos a ensinar o ritmo do maracatu. No começo não tínhamos muitos recursos e como presidente da Associação dos moradores comecei a correr atrás”, salientou.


Em meio às dificuldades, o mesmo frisou as compras dos primeiros instrumentos.

“Os primeiros instrumentos conseguimos através de TCO, por intermédio do juiz da nossa comarca Dr. Tito Lívio, e em seguida tivemos apoio da prefeitura”, pontuou.


Foto: Eliton Araújo.

Além da aquisição dos primeiros instrumentos, o grupo conseguiu uma grande parceira com o COMDECA (Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente).

“Temos um grande aliado que é o COMDECA, lançamos um edital e atualmente o projeto recebe R$ 2.000,00 mensais, além da contrapartida de R$ 200,00 da entidade (Associação dos Moradores do bairro São Jorge) e com isso adquirimos novos instrumentos, câmera, filmadora, data-show, caixa de som, além de outros equipamentos”.

Foto: Thonny Hill (Arquivo).

O músico ressaltou o crescimento e o desenvolvimento dos alunos no projeto, além da aquisição de novos equipamentos para auxiliar nos trabalhos.

“Hoje estamos comemorando cinco anos de existência do grupo, ao longo desses anos realizamos mais de 200 apresentações na cidade e região. A nossa exigência é que o aluno esteja matriculado e frequentando regularmente a escola, são crianças de 8 a 14 anos de idade, realizamos os ensaios todos os sábado das 9h às 12h. Dentro desse período eles têm aula de capoeira, maracatu, prática e teórica de música, aula de cidadania, meio ambiente, também focamos os cuidados envolvendo as questões das drogas e a prostituição infantil”.



Ao longo dos anos comandando o Maracatu, Alencar se mostrou satisfeito com os resultados obtidos para comunidade do bairro São Jorge. 

“Durante esses cinco anos demos um “empurrão” muito grande, pois sei que a semente foi plantada e essa semente está rendendo muitos frutos e percebemos o quanto essa ideia tem avançado e influenciado as pessoas, e raramente nós ouvimos em programas policiais algum ato de vandalismo na comunidade do São Jorge, e isso tem sido muito bom para a sociedade”, finalizou.

Homem é detido com cinco pedras de crack e um papelote de maconha

.
Policiais em rondas pelo bairro Santo Agostinho detiveram no último final de semana, José Adeilson Nascimento (19 anos) na favela do papelão portando cinco pedras de crack e um papelote de maconha.

Adeilson foi encaminhado à delegacia de Santa Cruz. O mesmo já foi detido portando drogas e realizando rinha de galos.

De acordo com a polícia, o local é tido como ponto de venda de drogas

Shareaholic