domingo, 25 de agosto de 2013

A PE 160 IGUAL TÁBUA DE PIRULITO

RETA PRÓXIMO A PISTA CANELA
SAÍDA DE SANTA CRUZ PRÓXIMO AO MODA CENTER
CHEGADA DE JATAÚBA ONDE A PE FOI ROMPIDA PELAS ÁGUAS
E PASSOU MAIS DE UM ANO PARA SER CONCERTADA EM 2009
IMEDIAÇÕES DO SÍTIO POÇO DA LAMA
PONTE DO RIACHO ARAPUÁ 
FONTE:BLOG DO GERALDO SILVA

Homem suspeito de roubar motos confessa ter colocado fogo em ônibus

Um homem identificado como Felipe Pereira, de 20 anos, foi preso pela Delegacia do Cordeiro acusado de roubar motos de 50 cilindradas. Ao prestar depoimento, o homem usou como álibi para outro assalto o fato de estar participando dos protestos da última quarta-feira (21). Felipe Pereira disse que recebeu R$ 150 para depredar prédios e incendiar um ônibus.

SÉRIE B

Sport sofre domínio do Paraná, perde e vê rival se aproximar na tabela

Nesta Série B, o Sport vem se mostrando uma equipe irregular. Pressionado desde o início da partida, o Leão foi derrotado pelo Paraná Clube por 1 a 0, gol de Wellington. Apesar do revés, o rubro-negro se mantém no 3º lugar com 30 pontos, mas agora tem a mesma pontuação que o time curitibano.
O tento do Paraná no segundo tempo coroou a ótima atuação dos comandados do técnico Dado Cavalcanti. Houve um domínio absoluto do time da casa. Se não fosse o goleiro Magrão, o resultado poderia ser ainda pior.

Em circulação!

Nova edição da Revista Moda Center está em circulação



Foi dada a largada para o período de vendas da temporada Verão 2013/2014. Nesta edição, preparamos uma cobertura especial no desfile de moda promovido pela empresa Malhas Wilson, que desenvolveu sua coleção com base em pesquisas feitas em várias partes do mundo, sobre o que é tendência para esta estação.

A matéria traz um resumo da apresentação da estilista Ana Cláudia, que aponta as referências para as cores e estampas que serão usadas na moda brasileira durante este verão.

Visitamos também a 16ª edição da Rodada de Negócios da Moda Pernambucana, que aconteceu em Caruaru-PE, onde foram movimentados mais de R$ 19 milhões em negócios.

E por falar em volume de negócios, o Moda Center Santa Cruz tende a superar o volume de vendas em relação ao mesmo período de 2012. A expectativa é que, com a alta do dólar, as vendas de produtos do vestuário sejam impulsionadas.

Aproveite esta edição da Revista Moda Center para identificar, por meio das lojas anunciantes, grandes oportunidades de negócios. Afinal, as melhores marcas estão aqui!

Expediente
Diretor: Ney Lima
Editor: Elinaldo Ventura – Jornalista DRT/PE 4770
Diagramação e Arte: Helloiza Marcela e Wilker Silva
Reportagens: Ney Lima, Thonny Hill, Elinaldo Ventura, Elivaldo Silva e Monicky Araújo
Colunistas: Edna Ilário e Mari França
Artigos: Carlos Alberto e Adilson Silva
Depto. Comercial: Ney Lima, Maurício Sobrinho, Leo Farias e Wilker Silva
Logística e Distribuição: Elivaldo Araújo
Distribuição no Moda Center: Samara Campos
Diretoria Administrativa e Telemarketing: Helloiza Marcela
Distribuição local: Cristóvão Ramos
Foto da Capa: Ney Lima
Modelo da Capa: Erica Vieira
Agradecimentos: Malhas Wilson e Flávio Pontes
Redação: Rua Presidente Castelo Branco, 22 – Nova Santa Cruz
.
Anúncios para a próxima edição: 81 3731 5643

A Revista Moda Center é mais um produto com a qualidade:

(81) 3731-5643

Em menos de 24 horas, dois corpos são encontrados em São Domingos

A primeira vítima de homicídio foi localizada na sexta-feira (23), por volta das 17h30 na estrada que dá acesso ao Sitio Camarinhas, no distrito de São Domingos.

Segundo informações de nossa equipe e do policiamento, o corpo foi localizado por populares que passavam próximo e acionaram a Policia Militar que esteve no local e informou a Policia Civil que fizeram o levantamento cadavérico.

Ao chegar no local, foi constatado que se tratava de um homem, com marcas de torturas, além de três perfurações causadas por arma de fogo, sendo uma na coxa esquerda e duas no tórax.

A vítima não foi identificada, pois a mesma não possuía documentos.

O corpo aparenta ter entre 40 e 45 anos de idade, de cor morena, com aproximadamente 1,75cm de altura, uma estatura física forte, sem camisa e várias tatuagens.

O mesmo foi levado na manhã deste sábado (24) para o Instituto de Criminalística no Recife, aonde aguardará reconhecimento.

Ao chegar ao local, foi constatada a veracidade da informação, o corpo de um homem aparentando 40 anos de idade encontrava-se já em estado de decomposição e apresentava pelo menos cinco perfurações, provavelmente provocadas por disparos de arma de fogo, já que foi encontrado no local também, um projétil, possivelmente de revolver calibre 38.

Na mão esquerda da vítima, estava uma mochila de caçador com um martelo, uma lanterna, uma palma de bananas, um cortador de unhas, uma baladeira e aproximadamente R$ 20,00 (vinte reais em espécie).

O fato que chamou a atenção da polícia foi que na tarde de ontem (23) outro corpo havia sido encontrado a mais ou menos 400 m. do local onde esse se encontrava. O que leva a crer que os dois eram conhecidos e estavam juntos no momento em que receberam os primeiros disparos.

O corpo foi encaminhado ao IML na cidade de caruaru.

Por Fernandes Emílio.

Estudante de direito acusa policiais civis de sequestro e tortura

 989da62826c7867ed2c565560b583ec3.jpg

Suspeita é que o sequestro tenha relação com uma denúncia de esquema de furto feita pela vítima

Fotos: Divulgação / Facebook


Do NE10
Com informações da repórter Roberta Soares / Jornal do Commercio
Uma estudante de direito acusa dois agentes da Polícia Civil de Pernambuco de a terem sequestrado e torturado brutalmente na manhã da última quinta-feira (22), dentro de um carro não identificado, no Centro do Recife. Vatsyani Marques Ferrão, 43 anos, relatou todo o caso em sua página pessoal no Facebook. A universitária também postou as fotos das agressões, que vão desde hematomas nos braços até marcas de socos no rosto. A mãe de Vatsyani, Zelane Marques, 65 anos, também teria sido agredida pelos dois suspeitos. A suspeita é que o sequestro tenha relação com uma denúncia de esquema de furto feita por Vatsyani e por sua mãe recentemente. 

Segundo relata a estudante no Facebook, o crime teria acontecido no bairro da Boa Vista, às 10h40. Vatsyani afirma que sua mãe desceu ao térreo do prédio em que mora para colocar objetos dentro do carro da universitária para seguir viagem juntas, em carros separados. Ao entrar no carro, a estudante conta que viu pelo retrovisor a mãe sendo agredida por dois homens. "Eu fiquei desesperada, deixei o carro no meio da rua e sai gritando por socorro. Quando fui ao encontro desses dois elementos para salvar minha mãe pois os mesmos queria colocar ela no carro quando eu cheguei eles começaram a me bater e puxar meus cabelos", relata.

http://produtos.ne10.uol.com.br/saojoao/wp-content/uploads/2013/08/montagem_estudante_470.jpg

Os dois homens teriam arrastado Vatsyani para o carro não identificado e as agressões continuaram pelo caminho. Segundo conta na rede social, a tortura só parou quando uma viatura da CTTU percebeu o tumulto dentro do veículo, no cruzamento da Avenida Conde da Boa Vista com a Rua José de Alencar. "Eles me viram gritando e pedindo ajuda quando os dois elementos falou eu sou da polícia e ela está drogada com cocaína foi ai que percebi que eles eram policiais a paisano quando eles perceberam que a viatura da CTTU seguia o carro eles me falaram sua sorte é essa por que senão você ia morrer agora". 

A estudante foi levada para a delegacia do Idoso, na Rua da Glória, também no Centro da capital pernambucana, e levada até a sala do delegado, que não se encontrava no momento. Vatsyani continuou a ser agredida no local, com vários chutes na cabeça e agressões verbais. No relato, ressalta ainda que uma comissária da polícia civil afirmou que iria filmar a ocorrência para alegar que a estudante estaria se debatendo. 

Quando o delegado chegou, a estudante conta que ele a mandou ir embora e que trouxe o celular da vítima - dentro do carro dos policiais - a pedido da mesma, que só assim pôde fazer as ligações necessários. Segundo o advogado da vítima, André Henrique Fonseca, o delegado é Eronildo Farias, titular da Delegacia do Idoso - informação confirmada pelo chefe da Polícia Civil, Osvaldo Moraes. 

Fonseca afirmou ter registrado o suposto sequestro na Delegacia de Santo Amaro, após realização de exame de corpo de delito. A família deve levar ainda nesta segunda-feira (26) o caso ao conhecimento da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS). “Quando eu cheguei à delegacia fiquei horrorizado com o estado da minha cliente. O que está no Facebook é pouco. Ela estava completamente desfigurada e transtornada. Indaguei quais as razões daquilo tudo e o delegado apenas me disse que ela era acusada de desacato à autoridade e responderia a um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência)”, declarou em entrevista ao Jornal do Commercio.  

Questionado sobre o motivo das agressões, o advogado acredita na linha sobre a denúncia feita pela estudante. Já sobre a possibilidade da tortura ter sido resultado da participação da estudante no protesto ocorrido na última quarta (21), no Centro da Cidade, já que muitos estudantes vem afirmando nas redes sociais serem vítimas de perseguições, torturas e sequestros, Fonseca nem confirmou nem negou. Não quis nem informar se a cliente havia participado dos atos. 

POSICIONAMENTO - A SDS informou que a Corregedoria da Polícia já teria instaurado uma sindicância. O chefe da Polícia Civil, Osvaldo Moraes, garantiu que tudo será investigado e que a corporação não compactua com este tipo de atitude.

Servidores públicos e consumidores estão entre maiores demandas do STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) tem recebido cada vez mais processos de servidores públicos e de consumidores, como mostra o Segundo Relatório Supremo em Números, da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgado na quarta-feira (21). De 2006 a 2012, as questões que tratam de direito do consumidor aumentaram 298%.

O relatório também aponta um tribunal "a serviço dos servidores públicos". As causas relacionadas a servidores públicos, como aposentadoria e concursos, foram as que mais deram entrada no STF em 2012. “Diante da concepção tradicional do Supremo como uma corte que resolve matérias constitucionais básicas, relacionadas aos direitos fundamentais do cidadão, esse dado é surpreendente”, conclui o estudo.

Os especialistas da FGV também concluíram que houve o fim no monopólio do Poder Público na tramitação de ações no STF. De acordo com a pesquisa, a participação da União em processos diminuiu a partir de 2007, com a implementação de filtros para acelerar os julgamentos, como as súmulas vinculantes e a repercussão geral, ferramenta que possibilita ao STF selecionar os recursos extraordinários que irá analisar, de acordo com critérios de relevância jurídica, política, social ou econômica.

“Os casos mais claros dessa redução são os do INSS, cuja representatividade recuou em mais de 90%, e os da Caixa Econômica Federal, cujo percentual de redução de representação ultrapassou os 80%”, analisou a FGV.

O diretor da FGV Joaquim Falcão avalia que os dados são importantes para servir de base no diálogo entre o Tribunal, os magistrados e a sociedade para melhorar os serviços prestados pelo Judiciário. “ O nosso objetivo é trazer pela primeira vez alguns dados que possam ajudar a compreender e a melhorar a importância do Supremo na vida nacional”, disse.
Fonte: Agência Brasil

Major Wellington desmente os boatos da oposição em Brejo, e diz que “aumentou a segurança no Distrito São Domingos colocando mais policiais nas Ruas”

O Programa Nossa Manhã entrevistou na quarta-feira Dia (21) o Major Wellington, comandante do 24º Batalhão de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe e responsável pelo 2º Pelotão de Polícia que foi desativado no distrito São Domingos no início deste mês.

Para o comandante, lugar de trabalho da Polícia Militar é nas ruas dando total segurança ao cidadão.

“Não sei por que algumas pessoas pensam que a Polícia Militar tem que ficar dentro de uma casa, nada disso. Lugar de trabalho do Policial Militar é na rua, fazendo o patrulhamento e oferecendo segurança ao cidadão”.

A nossa reportagem o Capitão Sena disse que o 24º Batalhão em Santa Cruz do Capibaribe dispõe de toda estrutura para descanso dos policiais.

“O policial tem duas horas de descanso para almoço e mais duas para a janta, aqui no Batalhão temos toda estrutura necessária”, afirmou o Capitão.

Clique no Play e ouça a entrevista:


CONFIRA A ENTREVISTA:
Atahanderson Mesquita – Existem pessoas de um grupo de oposição em Brejo da Madre de Deus que estão se aproveitando do momento, e andam afirmando em programa de rádio, que o Prefeito Roberto Asfora retirou o 2º Pelotão de Polícia lá de São Domingos, e com isso, a violência no Distrito aumentou. Isso é verdade Major?

Major Wellington - Isso não é verdade, ainda não tive a oportunidade de ter um contato com o Prefeito Roberto Asfora. Isso foi uma decisão do comando do Batalhão por aumentar o efetivo nosso nas ruas, já que a gente tinha dois policiais que ficavam tomando conta daquela casa. E também aquele policiamento que às vezes descansavam lá, tinham horário de descanso naquela casa, eles não trabalhavam em São Domingos. Eles usavam a casa de São Domingos, mas eles não trabalhavam efetivamente em São Domingos. E após o fechamento da casa e a entrega a prefeitura, o policiamento que utilizava aquela casa para guardar pertences particulares, ou às vezes descansavam lá agora estão efetivamente trabalhando em São Domingos, logo nos aumentamos o efetivo de lá.

Atahanderson Mesquita – Um blogueiro de Santa Cruz do Capibaribe disse que o novo comando da Polícia Militar de Santa Cruz, nesse caso o Major Wellington, tomou uma atitude equivocada ao retirar o 2º Pelotão de Polícia de São Domingos, mostrando que desconhece a realidade do que é o distrito São Domingos. O que o Sr. tem a dizer sobre isso?

Major Wellington – Tenho a dizer que nos temos conhecimento do que se passa em São Domingos, nos estamos trabalhando para diminuir a violência naquele distrito. Aumentamos o efetivo lá, contamos hoje com uma Patrulha do Bairro, uma Guarnição Tática, uma Guarnição do GATE, estamos empenhando também a Operação Volante que nos está sendo proporcionado pela diretoria 1, é um reforço na área e estamos designando ela para fazer rondas lá, além da CIOSAC que também tem feito rondas lá em São Domingos. A tendência é melhorar o policiamento e a prestação de serviço para a comunidade.

Atahanderson Mesquita – Já um cidadão de São Domingos afirmou que até o mês passado enquanto estava funcionando o 2º Pelotão de Polícia em São Domingos, o distrito tinha o menor índice de homicídios nos últimos 11 anos, e também os assaltos teriam diminuído. Agora com a ausência do 2º Pelotão a violência teria aumentado, já que elementos estariam aproveitando a situação e deixando a população em apuros. Estas informações são verdadeiras Major?

Major Wellington – Olha, isso não é verdade, esse cidadão não tem conhecimento da estatística, essa estatística dele, ele criou, não existe isso. A estatística que nos utilizamos não somos nos que fazemos, nos recebemos a estatística da Secretaria de Defesa Social feita por um determinado setor de estatística, e elas não retrata esses números. Foram 19 homicídios no ano de 2012, e esse ano nos temos 8 em São Domingos. Proporcionalmente diminuiu, e a nossa intenção é diminuir ainda mais, para isso, estamos empregando esse efetivo que eu acabei de lhe dizer.

Atahanderson Mesquita – O que a população brejense pode esperar da Policia Militar em relação aos constantes assaltos que vem acontecendo na sede do município em Brejo da Madre de Deus.

Major Wellington – Além da Guarnição Tática que nos temos lá na sede do município de Brejo, nos estamos também fazendo um rodízio e também blitz em conjunto com a Guarnição de Fazenda Nova. Ela tem ido lá pra fazer blitz naquele município. E contamos com o apoio da Prefeitura para conseguimos uma casa, ou uma sala para ficar como ponto de apoio para o policiamento fazer as refeições ali no centro comercial. Por que aquela casa que hoje a Guarnição Tática utiliza para apoio é muito distante do centro e de difícil acesso. Então, ali no centro comercial seria muito importante para aumentar essa sensação de segurança, e o policiamento ficar efetivo dentro da área comercial.

Do Estação Notícias

Shareaholic