quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Em nota, Afrânio classifica atitude dos vereadores da oposição com “hipocrisia”


O vereador Professor Afrânio (PDT) enviou nota à imprensa onde questionou o posicionamento de vereadores da bancada de oposição, sobre o atraso no salário de professores. Afrânio classificou como “hipocrisia” a atitude dos oponentes.

 Confira a nota:

Diante dos vários acontecimentos negativos que cercam a saída pífia (e o governo medíocre) do ex-prefeito Toinho do Pará da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, principalmente no que diz respeito ao atraso no pagamento de professores, venho a público informar que a nova administração Municipal, na pessoa de Edson Vieira e sua equipe de secretários, bem como o vereador PROFESSOR AFRÂNIO e a nova bancada de vereadores da situação, estão trabalhando intensamente para resolver esta e outras situações encontradas em nosso município.

É de conhecimento de todos que a cidade foi entregue totalmente SUCATEADA, COM DÍVIDAS E PRATICAMENTE SEM DINHEIRO onde, para se ter uma ideia, fez-se necessário decretar “Estado de Emergência” no município diante do caos administrativo encontrado.

Assim, o prefeito Edson Vieira decidiu, contando com a compreensão do sindicato dos professores, SINDUPRON, suspender os pagamentos de empenhos e contratos firmados em exercícios anteriores até que seja finalizada a auditoria que dará uma maior certeza a cerca de tais pagamentos.

Com relação aos professores, como não tinha dinheiro em caixa para efetuar o pagamento de dezembro, fará tudo para adiantar o mês de janeiro até ter um posicionamento concreto sobre a situação de dezembro, assumindo o compromisso de realizar o pagamento assim que possível, pois a gestão anterior deixou um valor de R$ 264.833,17 para pagar um débito de quase R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

Mas, algo que chamou a atenção neste caso foi, sem dúvidas, a HIPOCRISIA DOS VEREADORES DE OPOSIÇÃOliderados pelo vereador Ernesto Maia (filho da ex-secretaria de Educação e sobrinho do dep. José Augusto Maia que responde a processos penais por vários crimes, inclusive relacionados à educação) que numa atitude lamentável, não tendo nada para mostrar, querem pegar carona na situação professores, se mostraram solidários, mas, na verdade, querem TENTAR ESCONDER QUE FORAM ELES PRÓPRIOS E SEUS GOVERNOS QUE DEIXARAM ESTA LAMENTÁVEL SITUAÇÃO, não só na educação, mas em toda a cidade.

Estamos atentos e vamos buscar a real situação deixada no município, buscando saber onde foram parar os mais de DOIS MILHÕES DE REAIS depositados na conta do FUNDEB no mês de dezembro e dos outros casos assombrosos que estão começando a aparecer, como o ESCANDALO DOS KITS MUSICAIS (teclados musicais, passaportes, baterias musicais e capacitação) que totalizam um valor de R$ 1.586.430,00 que mostram fortes indícios que foram pagos e não disponibilizados aos alunos da rede pública municipal.


ESTE É O NOSSO PAPEL E É O QUE SEMPRE FIZEMOS E CONTINUAREMOS FAZENDO!


PROFESSOR AFRÂNIO
Vereador

Ex-presidiário é morto com vários tiros no José Liberato


O ex-presidiário Vanderlei Rodrigo da Silva, 26 anos, foi alvejado com vários tiros, na manhã desta quarta-feira (16), no loteamento José Antonio Liberato. A vítima foi socorrida e levada para a emergência do Hospital Regional do Agreste (HRA), mas não resistiu e veio a falecer em seguida.
O crime é área da 3ª Delegacia de Polícia e a autoria ainda é desconhecida. Informações iniciais afirmam que dois indivíduos, em cima de uma moto, se aproximaram da vítima e efetuaram os disparos. Vanderlei era popularmente conhecido como “careca” e residia no bairro onde foi assassinado.

Santa Cruz poderá integrar Programa Nacional de Incentivo a Cultura


Na segunda-feira dia (14), de janeiro A Secretaria de Educação realizou uma reunião com representantes do Ministério da Cultura e do Governo do estado. Na pauta, a possibilidade de Santa Cruz entrar em um dos mais importantes programas de incentivo a cultura do Governo Federal: o Sistema Nacional de Cultura – SNC.

Estiveram presentes a consultora da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) da Região Nordeste Vânia Brayner, a gestora do Sistema Estadual de Cultura, Teca Carlos, o Diretor de Cultura do município, Gilberto Geraldo e da Coordenadora de Juventude Clarissa Carvalho.

Para Vânia Brayner, o encontro teve o intuito de fazer com que Santa Cruz possa participar desse programa, podendo assim receber recursos do governo federal que dará andamentos a convênios e projetos relacionados à cultura no município.

Para a gestora Teca Carlos, há uma necessidade de agilizar a adesão dos 184 municípios de Pernambuco nos projetos de acesso à cultura e o mesma relatou sua pretensão de ter Santa Cruz como um dos principais expoentes em cultura do agreste.

Para Gilberto Geraldo, esse contato com a equipe do Ministério da Cultura dará andamento a projetos de incentivo à cultura e auxílio na elaboração de Planos de Cultura para o município.

Shareaholic