sábado, 15 de dezembro de 2012

Prefeito eleito do Recife, Geraldo Júlio, divulga nomes de novo secretariado

Há 2 semanas de assumir a administração do Recife,o prefeito eleito Geraldo Júlio reuniu a imprensa nesta sexta-feira em um hotel de Boa Viagem, na Zona Sul, para divulgar o nome dos secretários que vão compor a nova gestão.
22 secretarias vão fazer parte do primeiro escalão do governo socialista. Entre as novidades está a criação da Secretaria de Mobilidade Urbana, além  de Segurança Pública, inédito em uma prefeitura de Pernambuco.
O prefeito eleito ainda apresentou o novo organograma da prefeitura. Vão ser criadas 3 áreas de atuação: prestação de serviço urbano que engloba educação e saúde, área de manutenção e infraestrutura que tem pastas como desenvolvimento e planejamento, além de inovação e sustentabilidade que engloba turismo, esportes, e areas afins.
O prefeito eleito do Recife, Geraldo Julio,  anunciou os nomes do seu secretariado. Confira:
- Administração: Marconi Muzzi
- Assuntos Jurídicos: Ricardo Corrêa
- Casa Civil: Sileno Guedes
- Cultura: Leda Alves
- Desenvolvimento Econômico e Planejamento Urbano: Antônio Alexandre
- Educação: Walmar Correia de Andrade
- Esportes e Copa do Mundo: George Braga
- Finanças: Roberto Pandolfi
- Habitação: Eduardo Granja
- Imprensa: Carlos Percol
- Infraestrutura e Serviços Públicos: Nilton Mota
- Juventude e Qualificação: Marília Arraes
- Meio Ambiente e Sustentabilidade: Cida Pedrosa
- Mobilidade e Controle Urbano: João Braga
- Mulher: Silvia Cordeiro
- Planejamento e Gestão: Alexandre Rebelo
- Relações Institucionais: Fred Oliveira
- Saneamento: João Batista
- Saúde: Jailson Correia
- Segurança Urbana: Murilo Cavalcanti
- Turismo e Lazer: Felipe Carreiras
Ouça a reportagem de Marcelo Barreto,

Operação Serrana é realizada em Gravatá, Agreste, para combater crimes ambientais


Essa quinta-feira (13) as polícias de algumas cidades do interior de Pernambuco, fizeram diversas apreensões de drogas. Durante as ações, também foram realizadas prisões. Em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, a ação ficou conhecida como operação Serrana. O objetivo da ação era combater a formação de quadrilha e crimes ambientais.
Sete pessoas foram detidas. 25 viaturas da Polícia Militar, 80 policiais e dez delegados, comandados pela delegada Danúbia Fabiana, participaram da operação.
Saiba mais sobre a Operação Serrana, na cidade de Gravatá, na reportagem de Giovani Gomes

Shareaholic