sábado, 28 de janeiro de 2012

VEREADOR JUNIOR GOMES PARTICIPA DE DEBATE PROMOVIDO PELA COMUNIDADE FM

Aconteceu na última sexta-feira dia (20/01), nos estúdios da Comunidade FM, o debate entre o vereador Junior Gomes e o vereador Ernesto Maia. Sem MASSACRE e sem IRONIA, o vereador Junior Gomes demonstrou firmeza e conhecimento ao discutir as questões relacionadas à Santa Cruz do Capibaribe. Confira alguns trechos do debate ditos pelo vereador Junior Gomes:


12 ANOS DE ATRASO I – “Estamos vivendo uma época de praticamente 12 anos de um grupo que vem administrando Santa Cruz e que na realidade alimenta uma paixão política que só prejudica a população. Quantas policlínicas foram construídas nesse período? Quantas escolas de tempo integral foram implantadas? O que é que foi feito para salvar os jovens que estão aí no mundo das drogas e da marginalidade?”


12 ANOS DE ATRASO II – “São 12 anos que o seu grupo está no Poder e não fez absolutamente nada, a não ser enganar a população, porque recursos tiveram, não fizeram porque não quiseram. Foram 08 anos que o seu tio ficou a frente da Prefeitura. Logo ele que se diz um grande administrador e se acha acima de Deus, tendo recursos suficientes, por exemplo, para construir uma ou mais Policlínicas e não fez. Foi alugada uma residência, foi instalada a Policlínica, inclusive prá Prefeitura desocupar o prédio foi preciso a proprietária entrar na justiça, e por conta disse é que acarretou o aluguel do hospital do vereador Nanau por R$ 30.000,00 por mês que o município paga atualmente. O que a gente não pode admitir é essa forma de governar.”


12 ANOS DE ATRASO III – “É muito fácil dizer que vai fazer isso ou aquilo. E por que não fez há 12 anos? Tá aí a mãe do vereador Ernesto há praticamente 12 anos a frente da secretaria de educação e nada fez até agora. Será que o povo vai acreditar nessa mensagem que o vereador Ernesto ta tentando passar na véspera das eleições? Eu acredito que não.”


REJEIÇÃO – “É importante que a população comece a refletir e perceba que o vereador Ernesto faz parte desse governo que tem 85% de rejeição.”


COMPROMISSO COM A POPULAÇÃO – “O nosso grupo a cada dia amadurece e vem com uma proposta de elaborar e discutir com a população um projeto de desenvolvimento para Santa Cruz, que não seja da forma que vem sendo implantada aí há 12 anos.”


ÁREAS PÚBLICAS – “No loteamento Santa Filomena, quando nós fizemos a visita lá para detectar a área pública que foi doada irregularmente, que inclusive só tinha adesivos do vereador Ernesto e do tio dele, ele ficou dentro de um carro com os vidros escuros, com medo das pessoas saberem que ele estava lá investigando essa questão através da CPI dos Terrenos.”


NOVO HOSPITAL I – “O vereador Ernesto já mudou o discurso, antes era prá vender a área do Hospital Municipal, agora ele diz que pode ser outra área prá construir um novo Hospital. É importante que a gente esclareça algumas questões:


1. Oito anos se passou do governo José Augusto e não foi construída sequer 01 Policlínica, o que tínhamos era um imóvel alugado por R$ 7.500,00 e o município passou a pagar R$ 30.000,00 pelo aluguel do hospital do vereador Nanau;


2. Desde o ano de 2000, quando teve a primeira campanha para prefeito do tio do vereador que se fala na construção desse hospital. Em 2008, foi encaminhado um projeto de lei para a Câmara de Vereadores que dizia que era prá vender o Hospital Municipal e com os recursos da venda construir um hospital novo. DETALHE: não tinham na época recursos suficientes para manter o novo hospital;


3. O que é que se diz agora? Vamos construir um novo hospital porque temos recursos federais para serem investidos na manutenção do novo hospital. E em 2008, se tivessem vendido o Hospital Municipal, como é que iria ser mantido o novo hospital? Então são coisas ditas e repetidas somente às vésperas das eleições.


4. Agora, se for um processo bem elaborado, com a participação do Ministério Público, do Tribunal de Contas e principalmente com a condução do prefeito, tenha certeza que não só eu, mais todos os vereadores votam a favor nessa questão, porque é uma ação importante para Santa Cruz.”


NOVO HOSPITAL II – “Eu discordo quando o vereador Ernesto fala que eu sou o primeiro vereador a me manifestar a favor dessa questão, ISSO É MENTIRA, ISSO É LOROTA, nunca fomos contra, nós sempre dissemos que precisa ser um processo bem elaborado, precisa se formar uma comissão que tenha a frente o prefeito, o Ministério Público, o Tribunal de Contas e a Secretaria Estadual de Saúde, para a partir daí se pensar em mandar um projeto para a Câmara de Vereadores.”


NOVO HOSPITAL III – “Até porque a construção do novo hospital será feita se Deus quiser no nosso governo, e mais ainda, a gente não pode simplificar uma questão quando ela é muito complicada, só a questão do voto na câmara não basta, é preciso discutir essa questão mais a fundo.”


DESVIOS DE VERBAS I – “O seu tio teve disponíveis recursos da MERENDA, recursos do LIXO e da LIMPEZA PÚBLICA (varrição), mais preferiu desviar esses recursos, mais de R$ 500.000,00, segundo aponta o Tribunal de Contas e por isso as contas foram rejeitadas, ao invés de se investir na saúde ou em outra área.”


DESVIOS DE VERBAS II – “O seu tio teve quase R$ 500.000,00 de um FALSO RECADASTRAMENTO dos imóveis aqui de Santa Cruz, que somados aos recursos desviados da MERENDA e do LIXO somam R$ 1.000.000,00. Então ele teve recursos suficientes para trabalhar, mais preferiu desviar esses recursos a servir a população.”


DESVIOS DE VERBAS III – “O vereador Ernesto disse que se sentiu envergonhado quando eu falei na questão da MERENDA e do LIXO, imagine eu como é que me sinto: ENVERGONHADO em saber que teve um prefeito que administrou Santa Cruz por 08 anos e desviou R$ 1.000.000,00, onde esse dinheiro ao invés de ter ido para o bolso de poucos, deveria ter sido utilizado para melhorar a saúde, construir policlínicas e melhorar a vida do povo.”


CORTINA DE FUMAÇA – “O que o vereador Ernesto está tentando é colocar uma cortina de fumaça nos problemas de Santa Cruz. Eu fui convidado para discutir os problemas da minha cidade, e é com esse propósito que aqui estou. Se quiserem colocar cortina de fumaça coloquem, mais o povo é sábio e esse tempo é o tempo do povo pensar.”


GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS – “Na política você não pode ficar em cima do muro, ou o senhor vereador é a favor do Governador Eduardo Campos ou não é.”


VERGONHA I – Ao questionar o vereador Ernesto sobre a arrecadação do município, ele disse simplesmente que não sabia de nada.


VERGONHA II – “Ele é um vereador igual a mim, e não sabe sequer o valor da arrecadação de IPTU de Santa Cruz no ano de 2011, e mais ainda, se diz um pré-candidato a prefeito. Como é que você vem para um debate que é para discutir Santa Cruz se você não conhece nada?”


VERGONHA III – “Eu fiquei ENVERGONHADO em saber que o vereador Ernesto já ta no seu 2º mandato de vereador, talvez vá tentar o 3º mandato se não tiver chance de sair na majoritária, e não sabe sequer quanto foi arrecadado de IPTU.”


DESPREPARO I – Pior ainda foi quando o vereador Ernesto foi questionado sobre o valor de IPVA arrecadado pelo município.


DESPREPARO II – “Mais uma vez mostra o DESPREPARO e a FALTA DE CONHECIMENTO do vereador Ernesto sobre Santa Cruz, e mais uma vez eu me ENVERGONHO porque o senhor não veio preparado para discutir Santa Cruz do Capibaribe. Eu até espero que o vereador se prepare melhor para outros debates para discutir os reais problemas do povo de Santa Cruz.”


DESPREPARO III – “Quando a gente fala em IPTU e IPVA são recursos que a prefeitura recebe e que tem que voltar para a população em forma de obras. Por exemplo, o valor arrecadado de IPVA em 2011 foi de R$ 1.888.000,00, e o que que foi investido no trânsito da cidade?”


DESPREPARO IV – “O estilo e a forma do vereador Ernesto trabalhar, ou deixar de trabalhar é esse, jogar prá platéia, sem saber nem conhecer nada, principalmente os problemas de Santa Cruz.”


SERIEDADE – “Eu ouvi o vereador Fernando Aragão falando em outra emissora que é preciso incrementar a arrecadação do município. E como é a forma que a gente vai encontrar? Será que é fazendo esses RECADASTRAMENTOS FICTÍCIOS prá embolsar o dinheiro da população e não fazerem absolutamente nada ou a gente precisa tratar isso de forma séria?”


TEM QUE RIR I – “Ouvi o vereador Ernesto usar o seu tempo prá falar, falar e não dizer nada é até ENGRAÇADO.”


TEM QUE RIR II – “Ouvi o vereador Ernesto criticando quem fala dos outros e depois muda de idéia é uma piada, imagina quantas vezes na câmara e até nas ruas o quanto ele falava mal do Deputado Diogo Moraes, e aí depois da eleição em alguns discursos ele elogiava mesmo deputado Diogo dizendo “O NOSSO DEPUTADO”, e agora o critica novamente, então é aquela coisa: Ernesto vai por conveniência, se for bom prá ele ganha elogio, se não for recebe crítica.”


JUNÇÃO EDSON/DIOGO – “Eu acho que política séria não se faz dessa forma, e com certeza essa junção do Deputado Diogo e do Deputado Edson está dando muita dor de cabeça aos pretensos candidatos a prefeito e vice do grupo do vereador Ernesto.”


CONSIDERAÇÕES FINAIS – “Nós perguntamos por que não foram construídas Policlínicas no governo do tio do vereador e ele não respondeu. Perguntamos sobre a arrecadação do município e ele não soube responder. É totalmente despreparado, totalmente desconhecedor da realidade de Santa Cruz, mais é bom que foi dada a oportunidade do povo analisar e espero que tenhamos outros encontros para o povo conhecer o pensamento de cada um e perceber quem é que de fato está preocupado em defender e discutir Santa Cruz do Capibaribe.”

Assessoria de Imprensa do Vereador

CURSOS GRATUITOS DO SENAI SANTA CRUZ.

Shareaholic