segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Inauguração do Posto policial de Poço Fundo




Na última sexta-feira (11), a população de Poço Fundo realizou um antigo sonho com a inauguração do Posto Policial, que será um importante aliado da comunidade no combate à criminalidade. Um problema antigo, não solucionado pelas administrações anteriores, mas encarado como desafio pela gestão do prefeito Toinho do Pará.


A iniciativa da criação do posto partiu da Prefeitura Municipal, que propôs uma parceria à Secretaria de Defesa Social do Estado, solicitação atendida durante a visita do prefeito Toinho do Pará ao secretário Wilson Damázio. Na ocasião, o secretário determinou o início imediato das obras.


O prefeito Toinho do Pará afirmou que aquela não era apenas mais uma obra a ser inaugurada.“Já sonhava com esse dia muito antes de ser prefeito do município, a integração da polícia militar e da nossa guarda municipal irá melhorar a vida das pessoas daqui” frisou Toinho do Pará.


Poço Fundo vive novos tempos, estamos trabalhando para resolver todos os problemas da comunidade. Construímos a passagem molhada, izemos praças, trouxemos a água tratada da Compesa, entre outras ações. Em breve estaremos aqui novamente para inaugurar a creche escola.

A 3ª CIPM foi representada pelos capitães Washington, Josivaldo e pelo tenente Lemone. O delegado Júlio Porto, da 17ª Delegacia Seccional de Brejo da Madre de Deus, representou a Polícia Civil. O capitão Washington destacou a importância do posto policial, mas ressaltou que a população deve ser parceira das autoridades, denunciando os infratores da lei.


Estiveram presentes também o vice-prefeito José Elias, o sub-prefeito de Poço Fundo, Givanildo Souza, o coronel Aristóteles, da Defesa Social do município, os vereadores Fernando Aragão, Deomedes Brito, Ernesto Maia e Dr. Nanau, além dos secretários municipais Rui Medeiros, Jozimar Clemente e Fabiano Glicério.






Comunidade festeja chegada do posto policial


A doméstica Alvanea Santos, que sempre morou na comunidade, disse que a sensação é de insegurança com os constantes assaltos. Já o seu esposo Alexandre Barbosa, que trabalha como cortador de tecidos, acredita que a grande quantidade de fabricos no local atrai os bandidos, mas agora, com a presença da Poliícia Militar e da Guarda Municipal, o problema será resolvido.

O senhor José Olímpio tem 77 anos e sua esposa Corina Gore moram há 30 anos na vila. “Estou muito feliz com a chegada da polícia aqui, pois a situação está complicada. O prefeito fez uma grande ação pela comunidade, agora podemos ter esperança de ter a nossa tranqüilidade de volta”, afirmou.

A cabeleireira Jaqueline Lima nunca foi assaltada, mas conhece muitas histórias de violência no bairro. “Acho que a partir de agora as coisas vão melhorar com a presença da polícia em tempo integral. A prefeitura está de parabéns, não só pelo posto policial, mas pro tudo que vem fazendo por nós”.


ASCOM - PMSCC

Estudantes protestarão na terça feira

Este feriado do dia 15 pode surpreender com um protesto de estudantes sobre o caso do abuso de poder econômico praticado pelo deputado Edson Vieira. “Não troque seu voto por um jumento” deve ser o slogan escolhido. Oficialmente não se sabe nada sobre este protesto. Ainda é conversa nas esquinas da cidade. Vamos aguardar...

O GOVERNO DO ESTADO QUER FECHAR A CENTRAL DE TRANSPLANTES DO HEMOPE E PRIVATIZAR OS LEITOS!

FECHAMENTO DA CENTRAL DE TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA DO HEMOPE(CTMO)
NOTA PÚBLICA



As entidades abaixo signatárias, integrantes da Frente Pernambucana em Defesa do SUS e Contra a Privatização na Saúde, em face da nota oficial do Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco de conteúdo assustador sobre o Centro de Transplantes de Medula Óssea do Hemope, vem a público esclarecer:

1. O HEMOPE, patrimônio material e imaterial do povo pernambucano, é uma instituição pública de reconhecimento internacional, tendo sido um dos dois hemocentros de referência nacional. É serviço público de excelência que, nos últimos anos, veio sofrendo um processo de esvaziamento, com subcusteio, carência constante de materiais e medicamentos e falta de profissionais que não são repostos por concurso sendo contratados precariamente. Apesar das denúncias constantes, tanto de servidores quanto de pacientes usuários, as condições inadequadas persistem.

2. Os profissionais do Hemope sempre foram exemplo de dedicação, formação profissional e bons resultados. Nesse contexto, o CTMO constitui-se em grupo à parte, altamente especializado, singularmente sensibilizado, diferente do que o secretário de saúde procura mostrar através de nota no jornal, onde o mesmo desqualifica a aquipe do CTMO e por tabela o Hemope. A equipe do CTMO mantém com seus pacientes um serviço cujos pacientes SUS tem acesso ao telefone celular de seus médicos. Onde o apoio humano caminha holisticamente junto ao tratamento material. O secretário só pensa no vil metal, o CTMO pensa na saúde física,mental e social do paciente e isso incomoda o secretário.

3. O CTMO possui apenas três leitos planejados para realizar 22 transplantes por ano, além de também internar as intercorrências desses pacientes. Historicamente, não vem atingindo o número máximo de transplantes porque os gestores não têm proporcionado as condições adequadas. Tanto é, que no ano em que foram dadas condições menos ruins, de 22 realizou 17 transplantes. E como o objetivo público não é o lucro, mas a vida, os pacientes não são abandonados quando complicam, sendo atendidos e/ou internados no próprio serviço sempre que necessário. A mesma equipe os acolhe e trata. Por outro lado, esta mesma equipe de 43 trabalhadores, trabalha com um déficit de 8 profissionais. Mas se desdobra em três setores: o internamento, o hospital-dia e os ambulatórios de pré e pós transplante, o que demonstra o compromisso total desses profissionais.

4. Por outro lado, a logística da UTI para o transplante é outra, diferente da UTI geral: o CTMO funciona com filtro HEPA, que filtra 99.9% das partículas suspensas no ar, conferindo maior segurança aos pacientes. Esta mesma UTI específica funciona em regime de isolamento, isto é, um leito por ambiente. Os hospitais privados não querem ter este custo.

5. A afirmação de que o custo de um transplante no Hospital Português custa 33 mil reais e o mesmo procedimento no Hemope custaria 700 mil reais NÃO se sustenta nem para um leigo na área! Provaria, tão-somente, a incompetência da gestão e o seu “descuido” com o erário público, posto que a direção do Hemope é indicada politicamente, e o controle, acompanhamento e fiscalização são atribuições do governo. Ou o governo não quer bem administrar, ou deseja desmoralizar o serviço público com o intuito de privatizá-lo.

6. Os servidores do CTMO, apesar do serviço nunca ter assegurado um centro de custos, negam os tais custos astronômicos com os transplantes, e indagam do presidente do Hemope, surdo-mudo até o momento, e do secretário de saúde Antonio Carlos Figueira onde foram gastos tais recursos. E pedem auditoria do TCE, do Ministério Público, do Ministério da Saúde. Acrescentamos até da Polícia Federal.

7. E qual a alternativa que o secretário oferece aos mais de 70 pacientes da longa fila de espera? A construção do novo setor, no Hospital do Câncer – instituição privada que a qualquer momento poderia suspender o atendimento pois não tem a obrigação precípua – para funcionar em 2013. Será porque as doenças destes cidadãos irão deixar de progredir e lhe ceifar a vida, esperando o tempo do secretário?

8. Se o espaço físico do CTMO é insuficiente para ampliar a oferta deste serviço essencial, que o mesmo seja ofertado como referência estadual em hospital público, e executado pela mesma equipe de profissionais abnegados do Hemope. A política pública tem que ser organizada, estruturada e referenciada a partir do setor público.

9. Por fim, o comunicado trás informações falsas e tem um propósito: aniquilar o serviço público. Estamos diante de um projeto de privatização no estado, cujo protagonista é empresário da saúde do IMIP, que desrespeita a constituição federal e as leis do SUS. O dinheiro do SUS está indo para o IMIP e a Igreja. O fechamento do CTMO representa apenas mais uma investida. Este projeto se materializa pela montagem de um império chamado IMIP – que começa na Ilha do Leite, ocupando uma área quadrada maior do que a de qualquer outro hospital privado – e se espalha nos quatro hospitais recém-construídos, mais de 10 UPAs na capital e no interior, Centro de Nefrologia em Salgueiro, Hospital Dom Malan em Petrolina e, na agulha também está, o Hospital Regional de Ouricuri atualmente sob condução da organização social Santa Casa. Além, é claro, do CTMO – pois o IMIP está com vários leitos quase prontos. Tinha até data marcada para inauguração (29.11.11). Para receber a parte de maior remuneração desta assistência; a parte pior remunerada seria encaminhada, é claro, para o setor público. É a lógica privada. Em toda sua plenitude, sob a batuta de quem é diretamente interessado, aloca recursos, autoriza despesas e é fiscalizador de si mesmo.

10. O IMIP, além do estado, chega ainda aos importantes hospitais regionais de Paulo Afonso e Juazeiro, na Bahia. Aqui, novamente, fala-se até no controle do Hospital dos Servidores do Estado/PE.

11.Vemos, nesse projeto, a vontade atuante de controlar o setor público de saúde independente dos governos. Além de ilegal, desmonta o aparelho de estado, atingindo, em cheio, o interesse e o patrimônio público, além de desconstruir direitos sociais.

12. A FrentePE exige que o conselho estadual se posicione, sob pena de cumplicidade, principalmente depois que um dos seus membros declarou durante a conferência estadual de saúde apoio ao projeto privatizante cujo objetivo é a busca pelo vil metal ao custo da saúde e vida humanas.
PS: Pedimos desculpas pela omissão, no último comunicado, da mencionar a presença dos valorosos companheiros do sindicato dos farmacêuticos e dos enfermeiros, no ato do Dia 25.10, no HR.


Junte-se ao Grito dos que dizem não, a esse processo escancarado de privatização da saúde pública no Estado de Pernambuco!


“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons".
Martin Luther King

Ministro do Trabalho ainda na linha de tiro...

As revistas de informação que chegaram as bancas neste final de semana não pouparam Carlos Luppi...
Já falam que PT e PDT disputam o ministério...
O receio do PDT é que as deúncias que todo dia se repetem não terminem minando o partido...

Feras encaram primeiros desafios com Vestibular Seriado da UPE

Desde o último domingo (13), cerca de 37 mil feras começaram a encarar uma das fases mais importantes e angustiantes da vida: o vestibular. O "momento da decisão" e da escolha do futuro profissional é encarado pela 1ª vez para quem participa da primeira etapa do Vestibular Seriado da Universidade de Pernambuco (UPE), que reúne os aulnos do 1º ano do Ensino Médio.


A equipe de reportagem da Rádio Jornal AM acompanha a maratona dos feras desde o domingo. Nas fotos abaixo, a movimentação na Faculdade Politécnica, no Benfica, e o fechamento do portão nas fotos e vídeo do repórter Rafael Souza. E você confere também as infromações do 2º dia de provas, nesta segunda (14), com a repórter Karoline Fernandes.



Muita gente na porta da Poli, um dos principais locais de prova da UPE



Muitos feras chegarma em cima da hora



Disputa na calçada entre barraquinahs de lanche, cursinhos e pais de alunos



Pais esperam na porta da Poli o retorno dos filhos dos locais de prova




codebase="http://fpdownload.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=9,0,0,0"
width="330" height="50" align="middle">

Acidente deixa dois mortos e 13 feridos no Agreste do Estado

Um grave acidente de trânsito aconteceu no início da noite deste domingo (13), na BR-232, em Sanharó, Agreste pernambucano. Duas pessoas morreram e 13 ficaram feridas na colisão frontal entre a Parati placa: KHR-2570 e o Fiat Ducato placa: LSZ-0502.

O motorista da Parati, Manoel Marques Batista, de 50 anos, e a passageira Maria das Graças Moreira, 46, morreram no local do acidente, que ocorreu por volta das 19h.

De acordo com o policial rodoviário Antônio Silva, os feridos foram socorridos por equipes do Samu e Corpo de Bombeiros para hospitais de Sanharó e Belo Jardim e transferidos para os hospitais Dom Moura, em Garanhuns, e Regional do Agreste, em Caruaru.

Os corpos de Manoel Marques e Maria das Graças foram encaminhados ao IML da Capital do Agreste.

No total, a Polícia Rodoviária Federal contabilizou 16 acidentes, no plantão das últimas 24 horas, com 24 veículos envolvidos, dois mortos e 23 feridos.

MPF protocola novo recurso contra decisão da Justiça sobre Enem

O Ministério Público Federal (MPF) protocolou na noite de sexta-feira (11) um novo recurso para reverter a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) que anulou 14 questões da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para alunos do Colégio Christus, de Fortaleza (CE). O recurso foi encaminhado por meio da Procuradoria Regional da República da 5ª Região.

Os alunos do colégio cearense tiveram acesso antecipado a 14 questões do Enem por meio de uma apostila distribuída pela escola semanas antes da aplicação do exame. Os itens vazaram na fase de pré-testes da prova, da qual estudantes do Christus participaram em outubro do ano passado.

De acordo com o TRF-5, o recurso protocolado pela procuradoria deverá ser julgado na sessão de quarta-feira (16). O MPF quer que essas questões sejam anuladas para todos os 4 milhões de candidatos que participaram do Enem. O órgão havia conseguido uma liminar na Justiça Federal para garantir essa situação, mas ela foi cassada no dia 4 de novembro por decisão do presidente do TRF-5 que decidiu pela anulação das questões apenas para os alunos do Christus, opção também defendida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para o MEC, a decisão do TRF “fez justiça a um episódio circunscrito aos alunos do colégio de Fortaleza”. De acordo com a assessoria da pasta, o ministério mantém o entendimento de que a extensão das medidas aos alunos do resto do país é “desnecessária e exagerada”.

“Eu faço a diferença, sou empresa inovadora”

O título acima remete ao Projeto Empresa Inovadora, que será desenvolvido pela Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap). Um dos principais objetivos do projeto é promover qualificação profissional para todos os fabricantes de confecções, a fim de desenvolver uma movimentação do mercado local, e, consequentemente, promover uma visibilidade das empresas optantes pelo projeto Empresa Inovadora e ao Polo de Confecções.

As empresas participantes do projeto receberão um kit com camisa, placa de sinalização e adesivo. Em outra campanha do projeto, as empresas aderentes receberão cem bandeirolas, dois adesivos, um móbile, duas camisas e uma placa.

Todo projeto será composto por palestraas e treinamentos de qualificação profissional por entidades especializadas como SEBRAE, SENAI, SESI. Portanto, seja uma empresa inovadora, faça a diferença. Para participar basta você ligar para a ASCAP (81) 3731-2818, e solicitar a visita de uma das consultoras de vendas da Associação.

Feira da Sulanca de Caruaru em novo horário a partir de hoje

A feira da Sulanca de Caruaru começa hoje a fase das chamadas “Grandes feiras de fim de ano”. Com isso, o movimento de deve começar a partir das três horas da tarde para atender o grande número de compradores que visitará a cidade todas as semanas, ao logo dos meses de novembro e dezembro.

Mas, antes mesmo da mudança, já existe a possibilidade da feira começar mais cedo, segundo informações do vice-presidente da Associação dos Sulanqueiros de Caruaru, Pedro Moura. “ Os comerciantes podem entrar a partir do meio dia para colocar sua mercadoria mas, se por acaso, chegar cliente mais cedo, ele pode liberar sua mercadoria para comercializar mais cedo. Essa notícia foi repassada pelo secretario de Feira de Mercados de Caruaru”, informou.

Paralelo ao acréscimo do fluxo de pessoas cresce o número de furtos no entorno do parque 18 de maio, bem como no comércio central. Para impedir a ação de marginais, foi montado um esquema de segurança. “Nós teremos uma equipe motorizada realizando a segurança no e o reforço de policiais no posto que fica dentro da Feira”, ressaltou o Tenente-Coronel, Gilmar de Araújo, do 4º BPM.

Shareaholic