quarta-feira, 23 de março de 2011

Balanço da PRF registra 22 acidentes com uma morte

Vinte e dois acidentes, 36 veículos envolvidos, um morto e 11 feridos. Este é o balanço da Polícia Rodoviária Federal, nas últimas 24 horas. Foram realizados 136 testes de alcoolemia, quatro pessoas foram detidas, houve três autuações e foram recolhidas quatro carteiras de motorista, além de 4 animais recolhidos e 8 veículos retidos.

O 2º grupamento do Corpo de Bombeiros atendeu a 12 chamados de ontem pra hoje. Uma das ocorrências foi para combate a incêndio, em Cachoeirinha. O fogo destruiu alguns objetos de uma residência. Ninguém se feriu.

Polícia apreende 10 mil CDs e DVDs piratas em feira livre no Recife

A Polícia Civil apreendeu 10 mil CDs e DVDs piratas na feira livre de Casa Amarela, no Recife. Dez pessoas foram presas na operação que envolveu 20 agentes e dois delegados.

Foram desmanchados 10 pontos de venda de mercadoria falsificada. Na residência de uma das pessoas presas, os policiais encontraram computadores e uma impressora usada para fazer as cópias.

Correios abrem concurso para 8,3 mil vagas de nível médio

Os Correios lançaram edital de concurso para 8.346 vagas e formação de cadastro de reserva para cargos de nível médio. O salário base é de R$ 807,29. Do total de vagas, 20% são destinadas a portadores de deficiência

Os cargos são de atendente comercial (2.272 vagas), carteiro (5.060) e operador de triagem e transbordo (1.014).

Além do salário, haverá benefícios como vale-alimentação/refeição, vale-transporte, auxílio creche ou auxílio babá, auxílio para filhos dependentes portadores de deficiência física, assistência médica e odontológica e plano de previdência complementar, além de plano de cargos, carreiras e salários estruturado e possibilidade de desenvolvimento profissional.

As inscrições podem ser feitas das 10h de 23 de março às 23h59 de 5 de abril através do sitewww.cespe.unb.br/concursos/correiosagente2011. A taxa de inscrição é de R$ 32,00. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 13 de abril.

A seleção terá prova objetiva para todos os cargos e avaliação da capacidade física laboral (teste de barra fixa, teste de corrida de 12 minutos e testes de dinamometria) para carteiro e operador de triagem e transbordo. A prova objetiva será realizada nas cidades que constam no anexo I , de acordo com a opção do candidato no momento da inscrição.

A avaliação de capacidade laboral dos candidatos que se classificarem na prova objetiva será realizada em local a ser divulgado posteriormente em edital específico no site www.correios.com.br.

A prova objetiva, com duração de 3h30, será na data provável de 15 de maio, em 345 municípios de todas as regiões do país. Para atendente comercial e operador de triagem e transbordo será no período da manhã e para carteiro, no período da tarde.

A prova objetiva será composta de 60 questões de múltipla escolha, com 5 opções de respostas para cada uma, havendo somente uma opção correta. As provas são de língua portuguesa, matemática e informática.

Os locais e o horário de realização da prova objetiva estarão disponíveis no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/correiosagente2011, a partir da data provável de 9 de maio.

O prazo de validade do concurso é de um ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Novo presidente do TRE de Pernambuco será escolhido nesta quarta-feira

Novo presidente do TRE de Pernambuco será escolhido nesta quarta-feira
O novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) será escolhido nesta quarta-feira (23), em sessão marcada para 17 horas. A eleição ocorrerá logo depois da posse do desembargador Ricardo Paes Barreto como novo integrante do TRE. Ele ocupa a vaga do desembargador Roberto Lins, que deixou o cargo ao concluir o mandato de dois anos.


Podem concorrer ao cargo de presidente do TRE os desembargadores Ricardo Paes Barreto e Sílvio Beltrão.

STF deve dar veredicto hoje sobre Lei da Ficha Limpa

A decisão de hoje pode ou não ser aplicada para todos os casos de políticos barrados pela Lei da Ficha Limpa que aguardam definição do STF

A definição sobre a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010 deve sair hoje (22), após quase um ano de incertezas vividas desde a edição da norma, em junho do ano passado. À tarde, o Supremo Tribunal Federal (STF) volta a analisar o assunto com o voto do ministro Luiz Fux. Ele será decisivo para desempatar o placar de 5 votos a 5 obtido em julgamento realizado no fim do ano passado.

O STF julgará o caso de Leonídio Bouças (PMDB), candidato a deputado estadual em Minas Gerais. Ele teve o registro negado pela Justiça Eleitoral por ter uma condenação por improbidade administrativa no Tribunal de Justiça de Minas em 2005. O relator do caso é o ministro Gilmar Mendes, um dos que mais defenderam que a norma deveria esperar um ano para entrar em vigor e que ela não poderia retroagir para prejudicar situações anteriores à edição da lei.

No ano passado, a Lei da Ficha Limpa foi analisada em duas ocasiões. Primeiro, no caso do candidato ao governo do Distrito Federal, Joaquim Roriz, que acabou desistindo da candidatura e invalidou o julgamento. O outro foi o de Jader Barbalho, que concorria ao Senado no Pará. Uma norma interna do STF foi usada em caráter emergencial para desempatar a votação e tornar Barbalho inelegível. Desde então, os ministros aguardavam a chegada do 11º integrante da Corte para resolver a questão.

A decisão de hoje pode ou não ser aplicada para todos os casos de políticos barrados pela Lei da Ficha Limpa que aguardam definição do STF, tudo depende do que for resolvido em plenário. Alguns ministros acreditam que a Corte precisará se posicionar sobre cada alínea da lei, outros defendem que a partir da primeira decisão do grupo, o despacho pode ser individual.

“Uma decisão de plenário será aplicada a todos os casos. Se o STF decidir que o Artigo 16 [da Constituição] se aplica, os ministros poderão julgar monocraticamente [outros recursos semelhantes]”, afirma o ministro Ricardo Lewandowski, que é também presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A ansiedade pelo voto que decidirá a questão deve durar pouco, pois Fux é o primeiro a votar após o relator Gilmar Mendes. Dois motivos ainda podem adiar a definição sobre a Lei da Ficha Limpa: o excesso de duração do julgamento e um pedido de vista para melhor análise dos fatos. Em conversa com jornalistas no dia em que assumiu o cargo, no último dia 3 de março, Luiz Fux sinalizou que não pretende usar esse recurso.

Operação-padrão é encerrada no Instituto de Medicina Legal

Médicos legistas aceitaram o reajuste salarial proposto pelo Governo, que varia entre 13% e 32% serviço de necropsia continua sendo feito no SVO até o fim da reforma

Depois de onze dias, foi encerrada a operação-padrão no Instituto de Medicina Legal (IML). Durante uma assembléia na noite de terça-feira (22), os médicos legistas aceitaram a proposta salarial do Governo do Estado. O reajuste salarial acordado varia entre 13% e 32%. Enquanto o IML está em reforma, o serviço de necropsia continua sendo feito no Serviço de Verificação de Óbito (SVO), na Cidade Universitária. A demora na liberação dos corpos pelo SVO motivou um protesto em frente ao IML e ao Palácio do Governo na tarde de ontem (22). Uma comissão de seis pessoas foi recebida pelo secretário chefe da Casa Civil, Tadeu Alencar.
Um caminhão frigorífico maior é esperado no SVO para facilitar o trabalho dos legistas. Desde a última sexta-feira (18), 43 corpos chegaram ao SVO e vinte foram liberados. Uma nova vistoria deve ser realizada, segundo o Conselho Regional de Medicina (Cremepe), na próxima segunda-feira (28) para verificar o andamento da reforma do IML.

Shareaholic