sexta-feira, 11 de março de 2011

Médicos legistas rejeitam proposta do Governo e retomam operação padrão

Os médicos legistas retomam nesta sexta-feira (11) a operação padrão, diminuindo perícias, análises e laudos no IML. Eles rejeitaram a proposta do Governo do Estado de reduzir a jornada de trabalho, o que acarretaria diminuição dos salários.

O Sindicato dos Médicos disse que a proposta é “imoral” e a categoria vai “partir para o embate”. Atualmente, 60 médicos legistas trabalham nos IMLs do Recife, Paulista, Caruaru e Petrolina.


Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

PM erradica quase 3 mil pés de maconha no Sertão

A Polícia Militar erradicou quase 3 mil pés de maconha no município de Orocó, no Sertão pernambucano. Os policiais faziam rondas na área ribeirinha quando localizaram o plantio. A droga já estava em ponto de colheita. Não houve prisão.


Budega Nordestina
Marcos Araujo

Ministério da Educação vai fazer provão com professores da rede pública

Os docentes que desejarem ingressar no serviço de educação pública, tanto dos estados quanto dos municípios, a partir do próximo ano, terão que prestar prova nacional de concurso para o ingresso na carreira docente. Segundo o Ministério da Educação, a prova será realizada anualmente, em todos os estados e está prevista para ter sua primeira edição em 2012.

Com a prova, os estados e municípios ficam desobrigados a realizar concursos públicos para a carreira de magistério, ficando toda a responsabilidade para o MEC.


Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

Tremor mata 32 no Japão e gera Tsunami

Um terremoto de magnitude 8,9 atingiu nesta sexta-feira (11) a costa nordeste do Japão, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), matando ao menos 32 pessoas no país e gerando um tsunami (ondas gigantes com potencial destrutivo) que ameaça países da costa do Oceano Pacífico.
O tremor foi o 7º pior da história, segundo a agência americana.

Imagens de TVs locais mostram que o abalo gerou um tsunami (onda gigante) , que alcançou áreas da cidade de Sendai. Carros e barcos foram arrastados.
Logo após o tremor, um alerta para ondas de até seis metros de altura foi emitido no país. O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, agência americana, também emitiu um alerta para toda a costa pacífica, exceto EUA e Canadá continentais, de onda de até dez metros.

A agência de gerenciamento de desastres do Japão afirmou que pelo menos 32 pessoas morreram. Ainda não havia informações sobre vítimas brasileiras, segundo o embaixador do Brasil no país.
O tremor teve epicentro no Oceano Pacífico a 130 km da península de Ojika, a uma profundidade de 24 km, considerada baixa.

Ele ocorreu às 14h46 (hora local, 2h46 de Brasília) e foi seguido até o momento por pelo menos outros 38 fortes tremores de magnitude superior a 5, segundo o USGS, agência americana que monitora e estuda tremores pelo mundo. O governo japonês emitiu um alerta sobre o risco de fortes réplicas.

O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, qualificou como "grandes" os danos causados pelo abalo. Kan pediu "calma" à população. Ele estava no Parlamento na hora do tremor.

O terremoto sacudiu com força os edifícios de Tóquio. Alarmes foram disparados nos prédios, houve correria, e as linhas telefônicas ficaram bloqueadas.
O Shinkansen, o trem-bala da capital japonesa, e os dois principais aeroportos ficaram temporariamente fechados.
As autoridades japonesas pediram aos moradores da capital que fiquem no centro da cidade e não tentem chegar a suas casas se vivem nos arredores.

A rede TBS mostrou um prédio em chamas na ilha futurística de Odaiba, na capital japonesa.
Um navio com 100 pessoas a bordo foi virado pelo tsunami na costa, segundo a agência Kyodo.
Alertas
Um aviso de ondas gigantes foi emitido pelo Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico após o terremoto.
As Filipinas ordenaram a retirada de milhares de cidadãos na costa oriental do terço norte do país pelo risco de um tsunami gerado no Japão atingir a região.

Segundo o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Philvolcs), a onda gigante chegará ao litoral leste da ilha de Luzon entre 17h e 19h do horário local (6h e 8h de Brasília).
Nova Zelândia, Taiwan, Indonésia e a ilha de Guam também emitiram alertas.

Polícia Rodoviária Federal de Garanhuns.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Garanhuns apreenderam às 9h30 de onte, dia 10/03/2011, no Km 92 da BR423 em Garanhuns, o autopasseio importado Mercedes-Benz C200 Kompressor de placa MOV5046/PB, que seguia para Caruaru, pela falta do documento veicular e por haver uma restrição judicial e de circulação. Foi detido ainda o seu condutor, Sr. José Alfredo Santos, 60 anos, em cumprimento a 01 Mandado de Prisão em aberto da justiça do Estado do Mato Grosso, datado de 17/11/2004.

Ambos, condutor e veículo, foram entregues à polícia judiciária em Garanhuns.


Budega Nordestina
Marcos Araujo

Shareaholic