domingo, 30 de janeiro de 2011

Clássico das emoções: confiança disfarçada no respeito

Líder do Pernambucano, o Santa Cruz chega ao Clássico das Emoções ostentando ainda um aproveitamento de 100% dos pontos disputados. Tal marca fez o Tricolor tornar-se o time a se bater neste Estadual. Amanhã, a missão de por um fim a isso é do Náutico. Jogando nos Aflitos, frente à sua torcida, que deve lotar o estádio para incentivar a equipe, o Timbu tem a obrigação da vitória.
No Arruda, em meio a um clima de aparente tranquilidade, os tricolores acreditam terem boas chances de permanecerem com a marca após o clássico. Pelo lado alvirrubro, há a confiança num bom resultado, mas o discurso segue a linha do politicamente correto. ´O campeonato não vai acabar domingo. Respeitamos o Santa Cruz pelo que fez até agora. Temos que mostrar trabalho dentro de campo para vencer`, disse o meia Eduardo Ramos.
E é justamente a trajetória alcançada até aqui no Estadual que fornece argumentos suficientes para que a torcida do Santa Cruz passasse a sonhar com o título. Antes, encarados somente como coadjuvantes na briga entre alvirrubros e rubro-negros pelo hexa, os tricolores tornaram-se a sensação da competição. ´Nada foi construído por acaso. Temos trabalhado muito forte e a consequência disto são os resultados que vocês podem ver`, destacou o lateral-direito Jackson.
Nos Aflitos, ninguém encara o Santa Cruz como uma surpresa. ´Desde o início do campeonato eu já havia dito, podem pegar a gravação: esse estadual não ia ficar restrito a Náutico e Sport. O Santa Cruz largou na frente, está em um melhor momento, é claro, ninguém é líder por acaso`, disse Roberto Fernandes.
Em sua segunda passagem pelo Arruda, Thiago Matias conhece bem a dimensão da rivalidade entre os três maiores clubes do Estado. E, apesar de acreditar que os clássicos devam ser encarados de maneira diferente pelos que o disputam, ressalta que um tropeço não abalaria o bom ambiente da equipe. ´Vamos entrar pra ganhar. Estamos vivendo um momento especial e precisamos aproveitar para somar o máximo de pontos que pudermos. Se por acaso sairmos de campo derrotados, não é motivo para desespero.`

FONTE: Diário de Pernambuco

Clássico Mestre Vitalino - Porto x Central Hoje

Caruaru promete parar hoje. Não se trata de uma prévia de São João antecipada, mas sim do confronto entre Porto x Central. O 40º duelo entre os arquirrivais caruaruenses promete mobilizar a população da cidade.

Mais do que um simples clássico, o jogo vai colocar as duas equipes, em ótimo momento no campeonato, frente à frente.

No entanto, apenas cerca de 7.000 torcedores poderão assistir a esse duelo de perto. O Porto, mandante do jogo no estádio Luiz Lacerda (de posse do Central), disponibilizou essa quantidade de ingressos para essa partida. “O Todos com a Nota (3.900 ingressos) vai para o Porto, que é o mandante do jogo. Os outros 3.100 vão para o Central, que, historicamente, tem cerca de 3.100 pagantes por jogo quando o time está bem”, explicou Borges Carvalho, diretor do Gavião.

Vale salientar que em seus três primeiros jogos como mandante, o Central teve uma média de público de 8.400 pessoas.

Os treinadores Laelson Lima do Porto e Maurício Simões do Central só divulgarão as equipes momentos antes da partida.

O Central é o 2º colocado no certame estadual e o Porto vem logo atraz na 3ª posição com 15 pontos

FONTE: Folha de Pernambuco/Central de Jornalismo Liberdade/FOTO: Arquivo Liberdade http://www.budeganordestina.com/

Shareaholic