sábado, 16 de outubro de 2010

Em cenário estável, Dilma mantém vantagem de oito pontos sobre Serra, diz Datafolha

A segunda pesquisa Datafolha no segundo turno da eleição presidencial apresenta um cenário de estabilidade. Dilma Rousseff (PT) tem 54% dos votos válidos (excluem brancos, nulos e indecisos), contra 46% de seu oponente, José Serra (PSDB).

Os dados são exatamente os mesmos registrados em levantamento realizado na semana passada. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A taxa de indecisos, porém, oscilou para cima e agora está em 8% (era 7% na pesquisa anterior). Os que pretendem anular o voto ou votar em branco, 4%, eram em número idêntico na semana anterior.

Em votos totais, a petista registrou uma leve oscilação para baixo, passando de 48% para 47%, enquanto o tucano se manteve com 41%.

Para o Datafolha, essa oscilação se explica por uma queda de 3 pontos percentuais entre o eleitorado de menor escolaridade, que representa 47% do total de eleitores no Brasil.

RELIGIÃO

Os temas religiosos que dominaram esta etapa da campanha, como aborto e casamento homossexual, parecem não ter influenciado o eleitorado.

Entre os católicos, por exemplo, que são maioria na população brasileira, a ex-ministra tem 51% contra 38% do ex-governador de São Paulo, números semelhantes aos registrados na semana passada (o tucano oscilou um ponto para cima).

No grupo de evangélicos não pentecostais a candidata petista cai quatro pontos, enquanto Serra oscila positivamente dois pontos. Essa faixa representa 6% do eleitorado.

Curiosamente, a maior movimentação ocorre justamente no grupo dos que se declaram sem religião, em que Dilma caiu cinco pontos percentuais, e Serra cresceu cinco (a petista ainda vence por 45% a 40%). O grupo também representa 6% do eleitorado.

MARINA

O apoio de Marina Silva poderia influenciar no voto de 25% dos entrevistados, segundo o Datafolha. Entre os que votaram na candidata verde no primeiro turno, 51% dizem optar por Serra agora, contra 23% que declaram o voto em Dilma (oscilação positiva de um ponto com relação à pesquisa anterior --o tucano manteve o patamar). Pretendem votar em branco ou anular o voto 11%, enquanto 15% dos eleitores de Marina estão indecisos.

REJEIÇÃO

Cresceu o número de eleitores que dizem não votar no candidato tucano --sua rejeição passou de 63% para 66%. No caso de Dilma, a rejeição oscilou um ponto para baixo, caindo de 68% para 67%.

A pesquisa foi feita nos dias 14 e 15 de outubro com 3.281 eleitores de 202 municípios brasileiros e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Os contratantes do levantamento, registrado no TSE sob o número 35.746, são a Folha e a Rede Globo.



Fonte: Folha.com

Campanha de Dilma movimenta RM no final de semana

A campanha presidencial da petista Dilma Rousseff terá vários eventos na Região Metropolitana, neste final de semana. A agenda foi fechada na última quarta-feira (13), durante jantar da coordenação estadual da campanha, o governador Eduardo Campos (PSB), o senador eleito Humberto Costa (PT), além de prefeitos e vices da RM.

A arrancada começará hoje (16), às 18h, quando acontecerá uma caminhada em Itamaracá, saindo de Jaguaribe até a Praça do Pilar. Depois, a militância se reunirá em Itapissuma, às 19h, para uma caminhada que sairá da frente da Igreja de Nossa Senhora do Carmo em direção à Rua Siqueira Campos.

No domingo (17), a partir das 9h, é a vez da militância de Paulista fazer uma grande caminhada para Dilma, com concentração na Praça de Jardim Paulista e encerramento na feira de Paratibe. Em Olinda, a movimentação será na praia, começando às 10h, em frente ao antigo Quartel da PE, no Bairro Novo. De acordo com o coordenador da Campanha no Estado, o deputado federal eleito João Paulo (PT), essas mobilizações tem o objetivo de garantir maior visibilidade à campanha, apresentar as propostas da candidata, consolidar os votos do primeiro turno e conquistar os indecisos.

A agenda de eventos da RM prossegue o resto da semana. Na segunda (18), a movimentação será em Araçoiba, Igarassu e Abreu e Lima. Na terça (19) será a vez de Jaboatão e Moreno. Na quarta (20) a campanha chega às ruas de Camaragibe e São Lourenço da Mata. Na quinta (21) no Cabo e em Ipojuca. E na sexta (22), haverá uma grande caminhada pelo Centro do Recife, saindo da Praça Osvaldo Cruz, às 17h, em direção à Praça do Carmo, onde acontecerá um comício.

Fonte: Kalinne Medeiros
Assessoria de Comunicação
81.92936862

PF apreende em Garanhuns 15 quilos de maconha

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (18), em Garanhuns, Agreste Meridional, um homem por tráfico de drogas. Edson Rodrigues de Souza, 25 anos, estava com 15 quilos de maconha.

Ele foi preso em flagrante em frente ao Terminal Rodoviário da cidade, no momento em que se preparava para embarcar em um veículo lotação. A droga estava acondicionada em 15 tijolos em duas bolsas de viagem. Edson Rodrigues disse aos agentes que iria comercializar o entorpecente na cidade de Canhotinho.


Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

Horário de Verão começa no próximo domingo

Começa à zero hora do próximo domingo (17), o Horário de Verão no Brasil. Os relógios devem ser adiantados em uma hora nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

A medida não se aplica aos estados do Norte e Nordeste, mas vai mudar a rotina de muita gente. É que o horário bancário será antecipado. Em Caruaru, as agências abrirão no horário das 9h às 14h.

O Horário de Verão terá duração de 126 dias, com o término à meia-noite do dia 20 de fevereiro 2011.


Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

Shareaholic