quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Último programa eleitoral de Armando Monteiro

Grupos internacionais vão acompanhar eleição brasileira

Mais de 150 autoridades governamentais e não-governamentais, representando 36 países e organizações estrangeiras, estarão no Brasil como observadores internacionais das próximas eleições, que ocorrem no próximo domingo. As maiores delegações são da Argentina e do México, segundo o portal R7.

Segundo o TSE, a missão é a mais numerosa e representativa de observadores internacionais que o Brasil já recebeu em apenas uma eleição. Nos quatro últimos pleitos (de 2002 a 2008) houve uma média de vinte observadores em cada eleição e 35 países nas quatro oportunidades, em conjunto.

TRE proíbe propaganda que faça menção a Roriz

O TRE do Distrito Federal proibiu nesta quarta-feira a veiculação de propaganda ou programa eleitoral que faça menção a Joaquim Roriz (PSC), ex-candidato ao governo do DF. O tribunal entendeu que, como Roriz renunciou à candidatura para lançar em seu lugar a mulher, Weslian Roriz (PSC), não podem ser veiculadas propagandas que façam alusão ao nome do ex-candidato, segundo a Folha de S. Paulo.

PT faz ofensiva para diluir onda de boatos contra Dilma

A campanha da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, deflagrou hoje uma ofensiva para diluir a onda de boatos contra a petista que se disseminou, principalmente na internet, e que alarmou lideranças religiosas que apoiam sua candidatura, segundo o Estadão.

O principal trunfo dessa ofensiva são as inserções gravadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já começaram a ser veiculadas, em que ele defende sua candidata dos boatos. A gravação já está sendo veiculada pelas rádios e vai ao ar na televisão hoje.

MAIS UM HOMICÍDIO EM TORITAMA



Desta vez o crime aconteceu as 7:30 da manhã de hoje dia 29/09 na Rua Surubim enfrente a garagem de nº 100 na Cohab. As primeiras informações é que o jovem Luiz Carlos de Melo Mendonça de 27 anos natural de Limoeiro -PE foi alvejado por mais de 07 disparos de arma de fogo, O SAMU ainda foi chamado mais chegando ao local a vítima já estava sem vida. A polícia Militar isolou o local até a chegada da polícia civil que fez o levantamento do corpo e o encaminhou em seguida para o IML onde será liberado para o velório. A policia civil vai investigar esse que é o 3º homicídio do mês de Setembro.


Fotos e Matéria: Márcio Romero ( Jornal Folha da Cidade)

Pesquisa Ibope aponta Dilma com 50% e Serra com 27%

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (29) em Brasília mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, com 50% das intenções de voto e o candidato do PSDB, José Serra, com 27% na corrida eleitoral pela Presidência da República. Marina Silva (PV) tem 13%, segundo o levantamento, encomendado ao instituto pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Brancos ou nulos são 4%. Não souberam ou não responderam, 4%. Os demais candidatos juntos somaram 1% das intenções de voto.

No cálculo de votos válidos, no qual a taxa de votos brancos, nulos e indecisos é excluída, Dilma tem 55% contra 30% de Serra e 14% de Marina. “Nesse cenário, a eleição se resolve no primeiro turno”, diz o diretor operacional da CNI, Rafael Lucchesi.

Espontânea
O cenário divulgado pelo Ibope diz respeito à resposta estimulada, quando os entrevistados são confrontados com uma lista de candidatos. Já na pesquisa espontânea, quando os entrevistados respondem sem a ajuda da relação de candidatos, Dilma tem 44%, Serra 21% e Marina, 10%. Votos brancos ou nulos somam 5% e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não disputa a eleição ainda aparece com 1% das intenções de voto.

Cenário reduzido
No cenário reduzido, quando os entrevistados são confrontados com a relação dos três candidatos mais bem posicionados nas pesquisas, Dilma tem 51%, Serra aparece com 27% e Marina soma 13%. Brancos e nulos são 4% e os que não responderam ou não sabem em quem votar, 5%.


Fonte: G1

Caminhões começam a ser carregados com urnas eletrônicas

Os caminhões que vão transportar as urnas eletrônicas das eleições de domingo começaram a ser carregados nesta quarta-feira (29). Até sexta-feira elas vão ficar dentro de 300 veículos, que vão ser lacrados e ficarão estacionados em áreas que pertencem ao TRE. Depois elas irão seguir para as seções eleitorais.

Este ano, mais de seis milhões de eleitores vão votar em Pernambuco. Os mais de três mil locais de votação estão sendo preparados e as urnas já foram programadas e estão guardadas em 17 depósitos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Nestas eleições vão ser usadas mais de 19 mil urnas em todo o Estado. Em um dos depósitos estão mais de cinco mil que vão ser enviadas às cidades da Mata Sul, inclusive aquelas que foram destruídas pelas enchentes.

“As urnas serão encaminhas na próxima sexta, de forma que haja tempo suficiente para chegarem nas seções, passarem por um último teste e serem instaladas devidamente pelos mesários”, disse o secretário de Tecnologia e Informática do TRE, Acácio Leite.

Se algum equipamento apresentar problemas durante a votação, vai ser substituído.


Fonte: pe360graus.com

STF suspende análise de exigência de dois documentos para votar

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento de ação sobre a obrigatoriedade de apresentação de dois documentos para votar no dia da eleição devido a um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes. Ele disse que pretende levar o processo novamente ao plenário nesta quinta-feira (30).

A obrigatoriedade era contestada pelo PT. A suspensão do julgamento aconteceu quando já havia maioria pela derrubada da exigência. O placar era de 7 a 0.

Já haviam votado pela derruba da exigência os ministros Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa, Marco Aurélio e Ayres Britto, além da relatora do processo, Ellen Gracie.

É uma lei que está em vigor desde 2009 e o pedido foi colocado agora. A que tipo de manipulação a gente está sujeito nesse tipo de provocação? Veja que se teve tempo para discutir isso no âmbito do Congresso Nacional , do TSE, que alçou uma propaganda, e agora se discute isso"
Ministro Gilmar Mendes, ao fazer o pedido de vista
A determinação de apresentar os dois documentos na hora de votar foi fixada pela minirreforma eleitoral, aprovada pelo Congresso Nacional no ano passado. A obrigação foi questionada em Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) pelo PT.

Apesar da maioria formada para flexibilizar a norma, o pedido de vista de Mendes provocou discussão entre os ministros, que consideraram a proximidade das eleições.

“É uma lei que está em vigor desde 2009 e o pedido foi colocado agora. A que tipo de manipulação a gente está sujeito nesse tipo de provocação? Veja que se teve tempo para discutir isso no âmbito do Congresso Nacional , do TSE, que alçou uma propaganda, e agora se discute isso”, afirmou Mendes.

Para o ministro Marco Aurélio, o pedido de vista pode ser entendido como um novo impasse, que desgastaria a imagem do Supremo. “Estamos vindo de um impasse desgastante. Um pedido de vista a essa altura prejudicará o pleito de concessão da medida de acauteladora”, afirmou.

Contestação
Em sua contestação sobre a obrigatoriedade de apresentação de dois documentos para votar, o partido alega que a dupla identificação seria uma redundância porque, uma vez cadastrado pela Justiça Eleitoral, o cidadão já é eleitor e só precisaria comprovar a própria identidade.

Segundo a legenda, “a exigência de portar o título de eleitor no ato de votação não é inspirada por nenhuma grande razão prática ou jurídica, redundando em mero formalismo. Esse tipo de rigorismo não é estritamente indispensável para a segurança do sistema de votação, ao passo que certamente afastará do protagonismo político muitos eleitores que não conhecem as minúcias da burocracia eleitoral”, afirmou o partido na ação.

Um dos objetivos da adoção da regra era promover maior segurança na identificação do eleitor e evitar episódios em que pessoas votam por outras, valendo-se do fato de o título de eleitor não conter foto.

Os documentos oficiais previstos na norma para comprovação de identidade, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), são carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidades funcionais), certificado de reservista, carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação, com foto.

Certidão de nascimento e de casamento não são aceitas. Outras possibilidades, como a apresentação de cópias autenticadas de documentos, serão resolvidas caso a caso pelo mesário ou pelo juiz eleitoral.


Fonte: G1

Polícia Federal deflagra Operação Eleições

Como em qualquer eleição, além da Justiça Eleitoral, a Polícia também estará de olho para evitar crimes eleitorais no pleito do próximo domingo. Crimes como, compra de voto, boca de urna e transporte irregular serão atribuições da Polícia Federal.

De acordo com o delegado Humberto Freire, titular da PF em Caruaru, a Operação Eleições mobilizará este ano 60% de todo o seu efetivo da Superintendência na Região Metropolitana do Recife,, bem como nas unidades situadas em Salgueiro, no Sertão, e em Caruaru, no Agreste.

A pena de detenção para quem cometer crime eleitoral varia de acordo com o delito praticado, podendo a polícia lavrar flagrante. Crimes eleitorais podem ser denunciados através dos telefones (81) 3721.1485 / 3722.01.33.


Central de Jornalismo Liberdade

Faltam quatro dias para as eleições: eleitor tem até amanhã (30) para pedir reimpressão de título

Termina nesta quinta-feira (30), o prazo para o eleitor que perdeu ou teve o título extraviado pedir a reimpressão do documento. O pedido pode ser feito em qualquer cartório eleitoral do país. A prorrogação no prazo, que inicialmente se encerraria no último dia 23, foi aprovada pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para garantir o direito do voto de todos os cidadãos brasileiros que estejam com a situação eleitoral regularizada.

Só pode pedir a reimpressão o eleitor que já tinha ou que solicitou seu título até 5 de maio deste ano, data em que foi fechado o cadastro eleitoral de 2010. Para solicitar o título, o eleitor deve se dirigir a qualquer cartório eleitoral portando um documento oficial com foto.

Balanço parcial

De acordo com balanço parcial do TSE divulgado nesta terça-feira (28), a Justiça Eleitoral já reimprimiu mais de 2,5 milhões de títulos até aquela data.

Dois documentos

O TSE lembra que a Lei 12.034/2009 determinou a obrigatoriedade da apresentação do título e de um documento oficial com foto para votar nas próximas eleições.

Como documento oficial serão aceitos a carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidade funcional), carteira de trabalho ou de habilitação com foto e certificado de reservista ou ainda o passaporte. Já as certidões de nascimento ou casamento não serão admitidas como prova de identidade.

MB/GA

Vereador bate em repórter e tem mandato cassado


Decisão foi tomada pela Câmara de Vereadores de Pontes e Lacerda (MT).
Imagens da agressão foram divulgadas no site de vídeos YouTube.
A Câmara de Vereadores de Pontes e Lacerda (MT) cassou o mandato do vereador Lourivaldo Rodrigues de Moraes (DEM), conhecido como "Kirrarinha", por quebra de decoro parlamentar.
Em junho, ele agrediu uma repórter com um tapa no rosto durante uma entrevista. A agressão foi filmada e as imagens foram divulgadas no site de vídeos YouTube. O vídeo já teve mais de 192 mil acessos.
A decisão foi tomada na sexta-feira (24) por seis votos a favor, um contra e uma abstenção. Segundo o presidente da câmara, Claudinei Sella (PMN), não há mais possibilidade de recurso no órgão.
O julgamento na câmara é político. Se nós formos coniventes, nós vamos estar dizendo que todo mundo pode bater na cara dos outros”, disse. Um novo vereador deverá ser empossado nos próximos 15 dias.
Nesta segunda (27), o G1 deixou recado no celular de Kirrarinha. Em entrevista em junho, ele se disse arrependido. "Eu perdi a cabeça, foi errado de minha parte. Eu pedi desculpas para ela [repórter], para a imprensa, para as mulheres e para a sociedade. Isso não é do meu feitio”, afirmou, à época.
Kirrarinha é candidato a deputado estadual e teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), por ter tido rejeitadas suas contas da campanha de 2008. Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, ele recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fogo Cruzado

Nada de novo no debate da Globo, salvo o desabafo de Jarbas Vasconcelos

1) Terminou por volta da meia noite e meia desta quarta-feira o debate com os principais candidatos a governador de Pernambuco promovido pela Globo Nordeste.

2) Rigorosamente falando, nada de novo chamou a atenção daquele eleitor que ficou acordado até tarde da noite para ouvir as propostas administrativas de Eduardo Campos (PSB), Jarbas Vasconcelos (PMDB), Edilson Silva (PSOL) e Sérgio Xavier (PV).

3) O debate foi ruim, burocratizado, sem emoção porque girou em torno dos mesmos temas que já haviam sido exaustivamente discutidos em debates anteriores: educação, saúde, segurança, etc. Faltou “molho” para prender a atenção do telespectador.

4) O governador Eduardo Campos, que será reeleito neste domingo com mais de 2 milhões de votos de diferença sobre o senador Jarbas Vasconcelos, evitou de todas as formas entrar em bola dividida. Centrou sua fala no “futuro” de Pernambuco e na “unidade” dos pernambucanos para poder fazer mais pelo Estado.

5) Jarbas Vasconcelos negou que tivesse sido responsável pela privatização da Celpe – como foi dito na campanha de 2006 – afirmando que quem mandou a mensagem à Assembleia Legislativa pedindo autorização para aliená-la foi Miguel Arraes. “Eu apenas a levei a leilão”, disse ele.

6) Quando Eduardo pediu a Jarbas sugestões para aperfeiçoar o “Pacto pela Vida”, o senador respondeu que enquanto não houver uma “diretriz nacional” sobre a questão da segurança, o problema não será resolvido. E deu apoio a promessa de Serra de criar o Ministério da Segurança Pública.

7) Como a eleição de Pernambuco já está resolvida, o debate ficou enfadonho, insosso, repetitivo, desinteressante.

8) Nada obstante, Jarbas aproveitou suas “considerações finais” para fazer uma espécie de desabafo. Disse que já disputou muitas eleições, mas esta foi a pior de todas.

9) Queixou-se do volume de campanha de Eduardo Campos em relação ao volume da campanha dele e ainda acusou o governador de querer “esmagar” a oposição. O governador tirou de letra as acusações e se despediu elegantemente dos telespectadores.

10) Edilson Silva provou mais uma vez que é um bom expositor mas não está preparado para ser governador e Sérgio Xavier mostrou-se confuso mesmo quando era instado a discorrer sobre questões ambientalistas.

É isso aí.

Jarbas move ação contra o prefeito de Caruaru

A coligação Pernambuco Pode Mais, do candidato ao governo Jarbas Vasconcelos (PMDB), entrou no TRE com dois pedidos de investigação judicial contra o prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), por suposto abuso de poder político,segundo a Rádio Liberdade de Caruaru.

As ações pedem que o prefeito seja declarado inelegível por 8 anos e que os registros das candidaturas de Raquel Lyra (PSB) e Wolney Queiroz (PDT) sejam cassados por, em tese, terem sido beneficiados.

A coligação alega que, no último dia 18, num evento de Raquel, filha do vice-governador João Lyra Neto (PDT) e candidata a deputada estadual, e de Wolney, candidato à reeleição para a Câmara Federal e filho do prefeito, um carro pertencente à prefeitura foi flagrado sendo usado por um funcionário.

No segundo pedido de investigação, a coligação de Jarbas argumenta que José Queiroz alterou o horário de expediente da prefeitura e da rede municipal de ensino. O objetivo era reunir o maior número possível de moradores numa inauguração que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 27 de agosto.

Fichas limpas e sujas têm destino avaliado hoje no Supremo

O julgamento sobre a aplicação da Lei da Ficha Limpa para as eleições deste ano, suspenso em razão do empate na votação, pode voltar à estaca zero hoje, informa a Agência Estado. Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidirão se o recurso que estavam julgando na semana passada será arquivado em função da renúncia de Joaquim Roriz à candidatura ao governo do Distrito Federal.
Novamente o tribunal deve se dividir: uma parcela dos ministros defenderá o recomeço do julgamento em outro recurso que chegar ao STF contra a aplicação da lei; outra parte argumentará que, independentemente da renúncia de Roriz, o tribunal pode decidir neste caso se a Lei da Ficha Limpa vale para estas eleições.

O recurso de Roriz teve a repercussão geral reconhecida pelos ministros. Portanto, sua decisão provocaria efeitos sobre outros casos similares. Ministros que defendem a continuidade do julgamento afirmam que exatamente por ter repercussão geral reconhecida, a renúncia não deveria interferir no andamento do processo.

CNT/Sensus: Dilma tem 47,5% dos votos e Serra, 25,6%

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 47,5% da preferência do eleitorado, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta manhã. O candidato do PSDB, José Serra, aparece em segundo lugar, com 25,6%, e Marina Silva, do PV, tem 11,6%, segundo o Estadão.

Dilma perdeu 3 pontos porcentuais em relação à pesquisa anterior, quando aparecia com 50,5%, enquanto Serra caiu 0,8 ponto, ante os 26,4% do levantamento anterior, feito entre os dias 10 e 12 deste mês. Marina Silva subiu 2,7 pontos porcentuais, passando de 8,9% para os atuais 11,6%. Com isso a diferença entre Dilma e Serra caiu 2,2 pontos porcentuais entre a pesquisa anterior e a anunciada hoje.

Considerando apenas os votos válidos (ou seja, excluindo brancos e nulos e distribuindo os indecisos proporcionalmente), Dilma teria hoje 54,7% da preferência e venceria a disputa no primeiro turno, que será disputado no próximo domingo. Serra tem 29,5% dos votos válidos. Marina Silva tem 13,3% dos votos válidos.

Em um eventual segundo turno, Dilma venceria com 53,9% da preferência, ante 34,5% de Serra. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 55,5% e Serra 32,9% na simulação. A pesquisa da CNT/Sensus foi feita entre os dias 26 e 28 de setembro e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 33.103/2010. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos porcentuais. Foram entrevistadas 2 mil pessoas em 136 municípios.

CNT/Sensus: aprovação a governo Lula sobe para 79,4%

Mesmo em meio a denúncias de irregularidades na Casa Civil e em outros órgãos da administração federal, a aprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu para 79,4% e atingiu novo recorde na série histórica da pesquisa CNT/Sensus, divulgada esta manhã, segundo o Estadão.

Essa foi a taxa somada de avaliação positiva verificada pelo levantamento entre os dias 26 e 28 deste mês. Na pesquisa anterior, feita entre 10 e 12 de setembro, a aprovação ao governo era de 78,4%. A aprovação pessoal de Lula, porém, recuou dos 81,4% verificados no início do mês para 80,7%.

José Augusto envia nota explicando ausência de Cecílio em santinhos

O candidato a deputado federal José Augusto Mauá (PTB) enviou ao Diário da Sulanca uma nota de esclarecimento onde trata do post onde mostramos que os santinhos distribuídos no Moda Center nesta terça-feira (28) não traziam o nome de Cecílio Galvão (PSB) candidato a deputado estadual e aliado de José Augusto.

Confira a nota na integra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Foi com surpresa que recebi a notícia de uma matéria publicada no Blog Diário da Sulanca, informando a população que a nossa militância estaria entregando material político, no calçadão do Moda Center, sem o meu candidato a Deputado Estadual Cecílio Galvão.

Mais importante que o sensacionalismo da matéria, foi o não registro que também havia o material com Cecílio. Tínhamos duas frentes de ação estrategicamente planejadas para aquele local, porque no Moda Center, como todos sabem, se encontram pessoas de todas as regiões do estado. As ações são as seguintes:

A distribuição de material com a chapa completa para os eleitores da nossa região (não informado pelo nobre jornalista);

A distribuição de material para as pessoas de outras regiões, que já tinham um candidato a Deputado Estadual nas suas cidades.

Restabelecida a verdade dos fatos, reafirmo categoricamente que Cecílio Galvão é o meu candidato a Deputado Estadual e não abro mão disso.

Tenho a certeza de que a nossa campanha é vitoriosa, porque o povo de Santa Cruz e Belo Jardim entendeu a nossa mensagem, aceitou as nossas propostas e estará conosco na festa da vitória desta dupla que já é vencedora.

José Augusto Maia
Candidato a Deputado Federal

Oséas aposta que Diogo será majoritário

O ex-deputado Oséas Moraes afirmou nos bastidores da Rádio Vale que Diogo Moraes será majoritário na região (Santa Cruz, Toritama, Jataúba, Brejo e Taquaritinga), superando os candidatos a deputado estaduais e federais que concorrem na região.

“Podem escrever o que estou falando. Diogo terá mais votos da região do que qualquer outro candidato a estadual ou federal com apoios locais” desafiou Oséas.

Nota de Zé Augusto repercute em Pernambuco

Deu no blog do Inaldo Sampaio: José Augusto Maia desmente notícia de que teria abandonado Cecílio Galvão


Em nota divulgada nesta terça-feira em Santa Cruz do Capibaribe, o ex-prefeito e candidato a deputado federal, José Augusto Maia (PTB) negou versões que circulam na cidade segundo as quais teria abandonado o seu estadual Cecílio Galvão (PSB).
As versões se originaram do fato de partidários do ex-prefeito terem distribuído propaganda eleitoral no Moda Center sem o nome de Cecílio, que é ex-prefeito de Belo Jardim.
Zé Augusto explicou que trabalha com vários tipos de propaganda e um deles tem um espaço em branco para deputado estadual visando aos eleitores que votam em outras cidades e têm outras preferências para a Assembleia Legislativa.


Reafirmou que está com Cecílio e não abre, que a dobradinha está funcionando muito bem em Santa Cruz e em Belo Jardim (onde Cecílio foi prefeito) e que ambos irão se eleger.

Uma noite de romantismo na festa de São Miguel

José Augusto fez um show inesquecível em Santa Cruz

O show de José Augusto do cantor José Augusto na madrugada de hoje, fez o público santa-cruzense viver momentos de puro romantismo. Uma atração que agradou na primeira noite da tradicional festa de São Miguel, e lotou o pátio de eventos da cidade. A galera vibrou com os sucessos do cantor romântico, que ficou impressionado com o carinho e o acolhimento do público. Cantor e público, juntos, cantaram sucessos como Chuvas de Verão, Fantasias, Sábado, Fui Eu, Aguenta Coração e Sonho por Sonho e tantos outros sucessos. Homens e mulheres ficaram eufóricos, e cerca de 20 pessoas chegaram a invadir o palco, dando trabalho a segurança, mas deixando o artista feliz da vida. Hoje será a vez da banda Mastruz com Leite relembrar velhos sucessos.

Prováveis eleitos para deputado federal em Pernambuco

O levantamento feito pela assessoria parlamentar do Departamento identifica os candidatos com chance de vitória na eleição de 3 de outubro para as 513 cadeiras disponíveis na Câmara dos Deputados. A pesquisa abrange as 26 unidades da Federação e também o Distrito Federal.

O DIAP acaba de concluir seu prognóstico com o nome dos candidatos com chance de eleição para as 513 cadeiras da Câmara dos Deputados. O levantamento abrange todos os 26 estados e o Distrito Federal.Em todo o Brasil, os 27 partidos que disputam as eleições lançaram 5.965 candidatos para as 513 vagas de deputado federal.Em Pernambuco são 25 vagas disponíveis é o DIAP identificou os prováveis eleitos no Estado.PERNAMBUCO - 25 VAGAS

ANA ARRAES - PSB - REELEIÇÃO
ANDRÉ DE PAULA - DEM - REELEIÇÃO
ANTONIO SPECK - PTB - NOVO
AUGUSTO COUTINHO - DEM - NOVO
BRUNO ARAÚJO - PSDB - REELEIÇÃO
BRUNO RODRIGUES - PSDB - REELEIÇÃO
CARLOS EDUARDO CADOCA - PSC - REELEIÇÃO
CHARLES LUCENA - PTB - REELEIÇÃO
DANILO CABRAL - PSB - NOVO
EDGAR MOURY - PMDB - REELEIÇÃO
EDMAR DE OLIVEIRA - PHS - NOVO
EDUARDO DA FONTE - PP - REELEIÇÃO
FERNANDO COELHO FILHO - PSB - REELEIÇÃO
FERNANDO FERRO - PT - REELEIÇÃO
FERNANDO NASCIMENTO - PT - REELEIÇÃO
GONZAGA PATRIOTA - PSB - REELEIÇÃO
INOCÊNCIO OLIVEIRA - PR - REELEIÇÃO
JOÃO PAULO - PT - NOVO
JORGE CORTE REAL - PTB - NOVO
JOSÉ CHAVES - PTB - REELEIÇÃO
JOSENILDO - PT - NOVO
LUCIANA SANTOS - PCdoB - NOVA
MARCOS ANTONIO - PRB - REELEIÇÃO
MAURÍCIO RANDS - PT - REELEIÇÃO
MENDONÇA - DEM - NOVO
NELSON - PCdoB - NOVO
NINHO - PSB - NOVO
OSVALDO COELHO - DEM - NOVO
PAULO RUBEM SANTIAGO - PDT - REELEIÇÃO
PEDRO EUGÊNIO - PT - REELEIÇÃO
PEREIRA DE PAUDALHO - PHS - NOVO
RAUL HENRY - PMDB - REELEIÇÃO
ROBERTO TEIXEIRA - PP - NOVO
SERGIO GUERRA - PSDB - NOVO
SILVIO COSTA - PTB - REELEIÇÃO
WOLNEY QUEIROZ - PDT - REELEIÇÃO
ZÉ AUGUSTO - PTB – NOVO.

Fonte DIAP

Música em espaços históricos

O projeto “Duas Cantorias” chega às 20h de hoje, (29), ao Museu da Fábrica da Caroá, com os cantores Almério e Valdir Santos, que prometem apresentar um repertório diversificado, desde o tradicional forró até a bossa nova.

O projeto é uma parceria de artistas da cidade com a Fundação de Cultura e tem o objetivo de atrair o público aos museus no período noturno, turno ideal para as pessoas que não dispõem de tempo durante o dia por estarem no trabalho.

O público contará com o atendimento gratuito de especialistas, enquanto curte a boa música. A programação segue na próxima terça-feira (05), no Memorial Mestre Galdino, no Alto do Moura.

debate da Globo Nordeste com candidatos ao Governo

Foi positiva a avaliação dos candidatos ao Governo de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), Edílson Silva (Psol), Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Sérgio Xavier (PV), que participaram, na noite desta terça-feira (28) do debate promovido pela Rede Globo no Chevrolet Hall. Eles foram os convidados porque seus partidos possuem representação na Câmara Federal.

A discussão contou com o jornalista Francisco José como mediador. Em dois dos cinco blocos, os temas eram livres; em outros dois, o assunto foi sorteado pelo mediador. O quinto e último bloco foi reservado para as considerações finais, onde cada um dos participantes pôde realizar uma avaliação do debate.

Para assistir à integra do debate, é só clicar nos links de vídeo ao lado, à esquerda.

Todos os candidatos perguntaram e responderam em todos os blocos. Em vários momentos, a questão da privatização da Celpe veio à tona, com Jarbas Vasconcelos explicando que não autorizou a privatização em si – fato que ele atribuiu ao governador Eduardo Campos, na época secretário do avô, Miguel Arraes. No entanto o Senador do PMDB admitiu que aprovou a medida: “Não estou me eximindo. Assumo, acho que foi correto”, disse.

O candidato do PMDB reforçou seu apoio à proposta de criação do Ministério da Segurança Pública, defendida por José Serra. “Enquanto não tivermos um Ministério da Segurança Pública, vamos criar pactos diversos em cada Estado. É preciso uma diretriz, um cadastro único, cuidar das fronteiras, do tráfico de drogas e de armas, tudo isso é coisa demais para um governador, ele não pode fazer sozinho”. E aproveitou para criticar a política pernambucana do setor. “A segurança pública em Pernambuco vai mal, não há transparência. Se tecem loas porque os homicídios têm sido reduzidos, mas isso acontece no Brasil inteiro, a campanha do desarmamento também colaborou. Dos outros crimes, não se tem conhecimento, por parte do Governo, roubo, assalto, sequestro, porque não há transparência".

Sérgio Xavier, candidato do PV, destacou suas propostas para a área da saúde pública. "A saúde continua com péssimos indicadores. São óbitos por falta de leitos, há problemas de falta de UTIs em vários lugares, a situação é muito crítica e exige ação imediata. A nossa proposta é investir em questões básicas, pensando de modo estratégico. A gente tem que reduzir as fontes de doenças e fazer prevenção. A falta de saneamento continua absurda, dengue crescendo a 500%, oito acidentes de moto por dia, acidentes com bicicletas, com cidades sem ciclovias. O problema é que isso se repete há 50 anos, os mesmos grupos pedindo mais quatro anos para consertar a saúde e a gente vê que a coisa não anda, porque não há mudança na lógica, temos que buscar formação e plano de carreira para os servidores da Saúde, garantir orçamento adequado e melhorar a gestão, ser mais eficiente, inovar, para melhorar esses processos”, defendeu.

Num dos momentos do debate, Eduardo Campos rebateu as críticas do candidato do PSol, Edilson Silva, que afirmou que o Hospital da Restauração funcionaria “em modo de desastre, há 20 anos, dando prioridade a quem tem mais chance de viver, escolhendo quem vai morrer”. O governador, que tenta a reeleição pelo PSB, explicou que a nova emergência do HR funciona com o sistema de classificação de risco e elencou algumas realizações de sua gestão.

"Estamos implantando em todos os hospitais públicos a classificação de risco, para atender primeiro quem mais precisa, porque é assim em vários hospitais do mundo. Investimos muito no HR, no setor de neurologia, com novos equipamentos que nem todos os hospitais privados têm. Investimos em unidades do interior, como as de Arcoverde e de Salgueiro, assumimos hospitais que eram de prefeituras, fora as 11 UPAs construídas, que vamos levar para o interior. Esse esforço nos fez multiplicar por dois os números de UTIs. Mas o debate é o financiamento da saúde pública, que onera estados e municípios. Isso precisa ir para o Congresso", disse o governador.

Entre vários outros pontos, o candidato Edilson Silva, do PSol, explicou a proposta de seu partido para a reforma tributária, reforçando a necessidade de resgate do pacto federativo. “Nós somos, na região Nordeste, cerca de 28% da população do País e a Constituição Brasileira garante que o orçamento público federal seja proporcional à população mas, apesar disso, nós recebemos menos de 15% do bolo orçamentário. O problema do imposto que se paga na origem ou no destino é um ponto que precisa ser discutido também. No atual modelo, existe uma tendência para que a região Nordeste continue sendo segregada e nós, como chefe do Executivo, vamos unir esforços para reverter esse quadro. A reabertura da Sudene, de fato, é um caminho para reequilibrar esse pacto federativo”, acredita o socialista.

Antes de responder à pergunta, Edilson parabenizou o governador por ter comparecido ao debate: "Eduardo, gostaria de dizer primeiro que é muito bom ter você aqui entre nós, porque sentimos a sua falta no último debate. É importante que o chefe do Executivo esteja presente para debater as questões do Estado”.

No último bloco da conversa, os quatro candidatos mandaram mensagens para o público e fizeram suas considerações finais. Por ordem de sorteio, o primeiro a falar foi Jarbas Vasconcelos. “Esta foi a pior das eleições que disputei. O País passa por um bom momento e as pessoas, em lugar de ter grandeza no plano federal e estadual, às vezes se tornam figuras menores, perseguindo. Isso não leva a democracia nenhuma. Estou disputando essa eleição porque tenho histórico, currículo, vida pública. Carreguei a bandeira da anistia, das diretas, da liberdade de imprensa, mas a mais importante foi a bandeira do meu Estado, que eu amo de coração”.

Eduardo Campos falou em seguida. “Procurei honrar a confiança dos eleitores sem alimentar velhas brigas do passado, e sim cuidando de trabalhar e de unir Pernambuco. Com certeza você tem consciência que esse é um tempo bom que estamos vivendo. Há muitos anos que queríamos esse ciclo de crescimento. Pernambuco lidera os investimentos e cresce mais que o Brasil, mais do que o Nordeste. É hora de unir todos os pernambucanos, de ouvir, receber sugestões e aproveitar ao máximo esse ciclo de crescimento para que seja o crescimento da economia e também das pessoas”, afirmou.

Sérgio Xavier, do PV, deu sequência ao encerramento do debate. "Queria que você, eleitor, raciocinasse e percebesse que o modelo de desenvolvimento que temos hoje em Pernambuco e no Brasil está esgotado. As referências desse modelo demonstram que não aponta para um futuro positivo. Os outros discursos só falam de investimento e não falam de inclusão, em trazer as pessoas para esses investimentos. A idéia e a saída é votar no PV no primeiro turno, para que a gente possa debater mais e levar para mais discussão no segundo turno”, disse.

Por fim, falou o candidato do PSol, Edilson Silva. “Quem prestou atenção ao debate percebeu que temos confronto do passado com o futuro, grupos políticos que se revezam no poder. Nós demonstramos aqui com números e com dados que eles não têm diferença na educação, na saúde, na segurança e na forma de construir política. Queremos construir uma alternativa a tudo isso. Não é fácil. Queremos construir um socialismo com participação popular, que tenha coragem de respeitar os contratos que são lícitos e também tenha coragem de enfrentar com rigor e perseverança a corrupção”, finalizou.


Fonte: pe360graus.com

Bancários entram em greve nesta quarta por tempo indeterminado

Os bancários decidiram entrar em greve a partir desta quarta-feira (29) por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada noite desta terça-feira.

Eles rejeitaram a proposta da Federação dos Bancos (Fenaban), que oferecia reposição da inflação de 4,29%, sem aumento real de salários. A categoria pede aumento de 11%, vale-refeição, auxílio-creche, auxílio-educação para todos, segurança contra assaltos e seqüestros e melhores condições de saúde, entre outros pontos.

Em Caruaru, o Sindicato dos Bancários realiza mobilização de adesão nesta quarta-feira nas 15 agências bancárias.



Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

Coligação Pernambuco Pode Mais move ação contra o prefeito de Caruaru

A coligação Pernambuco Pode Mais, do candidato ao governo Jarbas Vasconcelos (PMDB), entrou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com dois pedidos de investigação judicial contra o prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), por suposto abuso de poder político. As ações pedem que o prefeito seja declarado inelegível por 8 anos e que os registros das candidaturas de Raquel Lyra (PSB) e Wolney Queiroz (PDT) sejam cassados por, em tese, terem sido beneficiados.

A coligação alega que, no último dia 18, num evento de Raquel, filha do vice-governador João Lyra Neto (PDT) e candidata a deputada estadual, e de Wolney, candidato à reeleição para a Câmara Federal e filho do prefeito, um carro pertencente à prefeitura foi flagrado sendo usado por um funcionário. À ação, foram anexadas fotografias de um automóvel modelo Santana e de José Queiroz presente ao ato.

No segundo pedido de investigação, a coligação de Jarbas argumenta que José Queiroz alterou o horário de expediente da prefeitura e da rede municipal de ensino. O objetivo era reunir o maior número possível de moradores numa inauguração que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 27 de agosto.

Agora, as ações vão para a mesa do corregedor do TRE, desembargador Saulo Fabianne. Ele pode ordenar o início da apuração ou, se entender que as provas são insuficientes, arquivar os pedidos.


Fonte: Justiça Eleitoral

Termina nesta quinta prazo para pedir segunda via do título de eleitor

Termina nesta quinta-feira (30) o prazo para requerer a segunda via do título eleitoral. A partir desta eleição, é obrigatório apresentar dois documentos para votar. Além do título, o eleitor deve portar documento oficial com foto.

A exigência está prevista na lei 12.034/2009, conhecida como a minirreforma eleitoral. Antes da mudança, era possível votar ou somente com o título ou somente com o documento de identificação. O objetivo foi reduzir irregularidades como um eleitor votando no lugar de outro.

Para obtenção da segunda via é preciso comparecer a qualquer cartório eleitoral munido de documento oficial com foto. Só pode obter a segunda via quem já era eleitor ou fez o pedido do título até 5 de maio, quando foi finalizado o cadastro eleitoral de 2010.

Os documentos oficiais aceitos pela Justiça Eleitoral, tanto para retirar a segunda via do título como para votar, são: documento de identidade, identidade funcional, carteira profissional, carteira de motorista, certificado de reservista ou passaporte. A Justiça Eleitoral destaca que certidões de nascimento ou de casamento não são aceitas.

O prazo para retirar a segunda via já foi prorrogado - inicialmente era 23 de setembro - e a previsão é de que não haja nova prorrogação.

Na maioria das situações, a reimpressão é feita na hora. Por lei, os cartórios têm até o sábado, dia 2, para entregar a segunda via para quem fez a requisição dentro do prazo.

No dia da eleição
Além da exigência de dois documentos para votar, a minirreforma também proíbe dentro da cabine de votação o uso de telefones celulares, máquinas fotográficas e filmadoras.

A eleição será no dia 3 de outubro, das 8h às 17h, respeitando o horário local. O eleitor escolherá seis candidatos - clique aqui para imprimir a cola eleitoral.

Feiras livres serão antecipadas em Caruaru por causa das eleições

Devido às eleições de domingo, as feiras livres dos bairros São João da Escócia e Rendeiras, em Caruaru, serão antecipadas para o sábado. As feiras dos bairros Salgado e Boa Vista serão realizadas na sexta-feira e no sábado. A feira do São Francisco acontecerá normalmente na sexta. Já as feiras dos bairros Rosanópolis e Agamenon não irão acontecer no fim de semana.


Central de Jornalismo
Helenivaldo Pereira

CPRH amplia capacitação para técnicos

A Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH, aplicou um programa de capacitação para 41 técnicos, que vão atuar na fiscalização de sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis e licenciamento ambiental em fontes de poluição.

De acordo com os agentes ambientais do órgão, os danos mais comuns provocados pelos postos são a contaminação do solo e dos lençóis freáticos, descarte de embalagens de maneira inadequada, além de instalações desobedientes às normas ambientais.

Local e horário de votação de Armando Monteiro

O candidato ao Senado pela Frente Popular de Pernambuco, Armando Monteiro (PTB), vota no próximo domingo (03), às 8h. O local de votação é o edifício do Serviço Social da Indústria (SESI) de Ribeirão, Zona 28, Seção 0083. O endereço é Rua Maria Beatriz Martins Pontes, 1343, centro de Ribeirão.

Informações para a imprensa:
César Rocha – 8604.4453
Aquiles Lopes – 8115.4953
Paulo Viana -- 9428.8603

Shareaholic